Air Canada vai começar a operar Premium Economy para o Brasil

Pessoal, como vocês sabem, no dia 1º de dezembro deste ano a Air Canada trará para a rota de São Paulo o novo Boeing 787 Dreamliner, uma das mais modernas da cia. Com o avião chega ao país a nova classe Premium Economy, que oferece conforto superior à classe econômica.

Premium_Economy_B787_1

Agora o passageiro poderá escolher entre as três opções de classes, configuradas da seguinte forma: são 30 assentos na International Business, 21 na Premium Economy e 247 na Economy.

Os diferenciais desta classe são:

Poltronas: Poltronas ergonômicas, com design moderno, encosto de cabeça ajustável e, em comparação com a classe econômica, mais espaço entre os assentos (96,5 cm entre uma fila e outra) e maior reclinação (17,8 cm).

Entretenimento: Renovado sistema de entretenimento, com monitores individuais com o sistema touch screen, tela de 28 cm, mais de 300 horas de filmes, jogos interativos, as melhores séries da TV, músicas de todo o mundo e informações sobre o voo, entre outros serviços.

Premium_Economy_B787_2

Facilidades: Tomada de áudio para fones de ouvido, ou fones de ouvido oferecidos gratuitamente, porta USB para laptops, a premiada revista de bordo enRoute e uma selecção de jornais, tomada em todos os assentos, iluminação ambiente e luz individual de leitura.

Serviço de bordo: Na classe Premium Economy dos voos internacionais é oferecido um coquetel de boas-vindas e toalha quente a cada refeição. O viajante recebe travesseiros confortáveis, cobertor e uma nécessaire. Há duas opções de refeições quentes, acompanhadas de salada, pão quente, sobremesa. O café da manhã inclui café, suco, doces e iogurte. Para acompanhar as refeições, o viajante recebe uma selecionada carta de vinhos tintos e brancos, cerveja, refrigerantes, suco, café e chá.

Check-in: Nos aeroportos de São Paulo e Toronto, os passageiros terão prioridade no check-in, no despacho de bagagem e no embarque.

A propósito, eu ainda não tive a chance de voar na nova executiva deste B787, mas dizem que ficou um espetáculo – não vejo a hora de testar.