Avianca Brasil lança novo programa AMIGO e já permite resgates na Avianca Internacional

O programa Amigo da Avianca Brasil recebeu uma baita reformulada, entre elas novas categorias, benefícios e regras de acúmulo e resgate. Acredito que isto se deve ao fato de cada vez mais estar perto o ingresso da cia na Star Alliance.

Categorias

Agora o programa conta com 4 categorias cada uma com sua respectiva vantagem, vejam:

Screen Shot 2015-03-30 at 15.58.40

(1) Serão considerados apenas pontos qualificáveis e trechos acumulados entre 1 de janeiro e qualquer data dentro do mesmo ano calendário.
(2) Válido apenas em voos operados pela Avianca (código aéreo O6). Não se aplica a voos com conexão com outras companhias aéreas.
(3) Disponível nos seguintes aeroportos: São Paulo (GRU e CGH), Brasilía, Salvador, Recife e Rio de Janeiro (GIG).
(4) Sujeito a disponibilidade.
* Os benefícios de categoria são válidos apenas para o títular do cartão e em voos operados pela Avianca no Brasil (código aéreo O6).

Regra de acúmulo

A quantidade de pontos vai depender da sua categoria e perfil de tarifa, vejam:

Screen Shot 2015-03-30 at 16.00.20

Agora vocês lembram que relatei para vocês semana passada o programa LifeMiles da Avianca Internacional já estava permitindo usar os pontos para resgatar vôos domésticos no Brasil com a Avianca daqui?

E agora o inverso também já é possível: Clientes da Avianca Brasil já podem resgatar e acumular viagens internacionais operadas pela Avianca. Esta emissão é feita somente pelo Call Center.

Regra de acúmulo para vôos com Avianca Internacional

Screen Shot 2015-03-30 at 16.03.12

Tabela para resgate

TABELA DE PONTOS PARA RESGATE COM AV

Se esta tabela permanecer a mesma quando a cia entrar na Star Alliance vai ser ótima pois 70k para ir e voltar para os EUA de Business é um BAITA valor! Assim como 80k para a Europa. Vamos torcer!

Aparentemente estes valores são por trecho, ou seja, retiro o que disse, rs.

Para resgatar vôos da Avianca Internacional usando os pontos do Amigo você deve entrar em contato pelos telefones: 4004-4040 (capitais e áreas metropolitanas) ou 0300-789-8160 (demais regiões).

O que acharam?