Azul Linhas Aéreas e TAP Portugal firmam acordo de codeshare

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras, a maior companhia aérea brasileira pelo número de cidades servidas, e a TAP Portugal deram início ontem a um acordo decodeshare que garante aos Clientes ainda melhores conexões nos trajetos entre o Brasil e a Europa (sobretudo Portugal). As empresas já mantinham, desde outubro, um acordo de interline, quando passaram a comercializar quase todos os destinos servidos por ambas as malhas aéreas em seus canais de vendas.

Neste novo acordo, o de compartilhamento de códigos (codeshare), as empresas passam a ofertar conexões ainda mais convenientes em algumas rotas. Inicialmente, a Azul (AD) incluiu seu código de operações em diversos voos da TAP que partem do Brasil com destino a Lisboa (hub da companhia aérea portuguesa) e Porto. A TAP, por sua vez, colocou seu código (TP) em ligações da Azul no Brasil para mais de 20 destinos. Esses números poderão ser ampliados futuramente.

O acordo comercial entre as companhias confere um serviço unificado de reservas e emissão de bilhetes, o que inclui, entre outras vantagens, cartão de embarque e despacho de bagagem até o destino final. A comercialização de passagens no âmbito da parceria teve início hoje por meio dos canais de venda de ambas as companhias, enquanto o primeiro voo em codeshare será operado em 10 de dezembro.

“Com o início do codeshare com a TAP, estamos ampliando os horizontes de nossos Clientes, que poderão utilizar os excelentes serviços da companhia aérea portuguesa para viajar principalmente para Europa e África. A TAP é a companhia europeia com mais voos para o Brasil e, sem dúvida, este é um dos aspectos que torna essa parceria ainda mais estratégica. Além disso, teremos um nível ainda melhor de serviço, com conexões combinadas entre as aéreas”, celebra Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul.

“Num mercado com a importância e dimensão continental do Brasil, em que a TAP tem apostado fortemente em termos de melhor penetração e abrangência geográfica, este acordo de codeshare com a Azul, com a qualidade de serviços e foco no Cliente que a caracterizam, aumenta consideravelmente a diversidade e atratividade das opções colocadas à disposição dos nossos Clientes, alargando e consolidando a já vasta rede de destinos da TAP no Brasil e constituindo mais um importante pilar para o estreitamento de uma parceria em construção”, sublinhou José Guedes Dias, Diretor de Alianças e Relações Externas da TAP.

Este é o segundo acordo de codeshare internacional da Azul.

Programas de fidelidade – Em breve, membros do TudoAzul poderão ganhar e resgatar milhas voando TAP, na compra de bilhetes por meio de canais de vendas da Azul. O inverso também acontece: membros do programa Victoria poderão acumular e resgatar pontos voando Azul

Interline e codeshare: a diferença – Ao reservar um voo codeshare, o bilhete exibe o código da companhia aérea pelo qual foram emitidos, embora alguns trechos da viagem sejam feitos em voos de outra companhia aérea, com um número de voo diferente daquele impresso no seu bilhete. O objetivo deste acordo entre empresas é oferecer aos Clientes maior comodidade e um padrão de serviços superior.

interline é semelhante: com reservas realizadas em uma única empresa, mas com trechos operados por companhias diferentes. A diferença, neste caso, é que cada trecho operado leva o código e número de voo da empresa operadora do voo.