Azul vai cortar vôos e deve demitir até 700 funcionários

Segundo o jornal Folha de São Paulo a Azul vai cortar vôos para 11 cidades brasileiras e com isto deve demitir até 700 funcionários para reduzir custos operacionais.

“Nos primeiros meses deste ano, o fluxo de passageiros que viajam a negócios teve queda de até 30%, de acordo com David Neeleman, fundador da companhia aérea. A variação do dólar no período também impacta a Azul, já que o combustível dos aviões é negociado na moeda americana.

Neeleman e Antonoaldo Neves, presidente da Azul, estiveram na terça (31) em Brasília com o ministro Eliseu Padilha (PMDB-RS), da Aviação Civil, para comunicar o enxugamento em curso.

E para pressionar o governo para que libere R$ 1,8 bilhão do FNAC, o Fundo Nacional de Aviação Civil, presos no cofre por causa do ajuste fiscal.”

É, não tá fácil pra ninguém!