Brasileiros passam a ter passagem rápida na imigração em Lisboa

Uma boa notícia para os brasileiros que usam o aeroporto de Lisboa como porto de entrada para Europa. A diretora nacional do SEF [Serviço de Estrangeiros e Fronteiras], Luísa Maia Gonçalves, anunciou que a partir de julho, os brasileiros vão poder utilizar o RAPID (Reconhecimento Automático de Passageiros Identificados Documentalmente).

Imagem Ilustrativa

O RAPID é um equipamento eletrônico que libera a entrada de forma automática e sem intervenção humana o ingresso do turista no país – é igual as máquinas que já existem em GRU.

Além dos brasileiros foram incluídos cidadãos de mais nove nacionalidades: EUA, Canadá, Austrália, Venezuela, Japão, Coreia do Sul, Cingapura e Nova Zelândia.

Ainda de acordo com Luísa, “São nacionalidades isentas de visto e sem risco e que, ao mesmo tempo, os respetivos certificados técnicos podem ser adaptados para o RAPID de modo a poder ser feito o cruzamento e a consulta às bases de dados necessárias a nível nacional e internacional que permite a passagem pelo RAPID”.

Vamos torcer para que isto se espalhe para outros países né? Porque imigração é sempre desgastante além de time consuming.