British Airways sofre furto de dados de mais de 380.000 clientes

Notícias 1

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Pessoal, a British Airways informou que sofreu um ataque hacker em grande escala tanto em seu site quanto em seu aplicativo.

 

De acordo com a empresa, tanto informações pessoais (como nome e endereços), quanto informações financeiras (como número do cartão de crédito, data de validade e código de segurança) foram roubados.

A empresa disponibilizou uma página em seu site onde mantém atualizações sobre o ocorrido e orientando os usuários como proceder.


QUEM FOI AFETADO?

Os clientes que efetuaram reservas ou alterações às reservas no site ba.com ou através do app, entre as 22h58 do dia 21 de agosto de 2018 e as 21h45 do dia 5 de setembro de 2018, podem ter sido afetados.


O QUE FOI HACKEADO?

Foram roubados dados pessoas e financeiros de clientes que fizeram reservas ou alterações no site e no aplicativo da British. Informações de viagem e dados de passaporte não foram roubados


O QUE FAZER SE TIVER SIDO AFETADO?

Se acha que foi afetado porque efetuou uma reserva ou um pagamento para alterar a sua reserva com um cartão de crédito ou débito no site ba.com ou app, entre as 22h58 do dia de 21 de agosto de 2018 até às 21h45 do dia 5 de setembro de 2018, recomendamos que contacte o seu banco ou entidade emissora do crédito de crédito e siga as recomendações.

Em geral os bancos enviam um novo cartão por precaução.


E A BRITISH?

A empresa informou que o incidente foi reportado as autoridades e que o site já está funcionando normalmente.


Ter os dados roubados pode dar uma dor de cabeça enorme! É importante verificar se sua conta foi afetada e tomar as devidas providencias o quanto antes.

Algum leitor do Passageiro de Primeira foi afetado?

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis