Classe Executiva da Delta no A330 – Atlanta para São Paulo

Depois de 8 dias de muita “farra” em Vegas, era hora de infelizmente voltar! Meu itinerário de retorno ficou o seguinte Las Vegas – Atlanta – São Paulo – Uberlândia. (vou comentar como emiti no próximo post).

Meu primeiro trecho de LAS p/ ATL foi de classe econômica pois quando fui emitir não aparecia disponibilidade na First doméstica. Como o vôo não foi muito grande – não chegou nem a 3 horas – não deu nem p/ sofrer muito, rs.

De qualquer forma não deixei de brincar nas redes sociais sobre este fato e usei alguns temos engraçados como “A Queda de um Mito”, “A Crise Chegou”, etc, etc – até mesmo para descontrair, afinal vocês já me conhecem que sou super brincalhão e não era um vôo em econômica que iria estragar minha viagem, né non? E por causa disto, nos meus posts o pessoal começou a marcar a Delta pedindo upgrade pra mim neste vôo, que não poderiam me deixar voar lá atrás, enfim – virou uma surra de comentários e foi bastante engraçado por sinal! E eu claro, entrei no jogo e estava me divertindo – vide foto abaixo, rs.

No final das contas não teve upgrade – lógico, afinal meu bilhete era de econômica e eu embarquei feliz da vida, afinal o tanto que eu me diverti em Vegas nos últimos dias já valeu a viagem inteira.

Bom, mas aí que vem a surpresa – chegando em Atlanta tinha um Personal Assistant da Delta na ponte de embarque me esperando com meu nome e disse que iria me levar até o lounge de carro. Saímos então pela escada lateral do finger e fomos nada mais, nada menos que de Cayenne pro lounge. Humrum, a Delta mitou e lacrou ou não?!

Ele então atravessou os diversos terminais pela pista comigo, até chegarmos no F de onde meu voo estava programado para sair. Entramos por uma garagem privativa e subimos por um elevador exclusivo que já dava quase no saguão de frente ao lounge. O personal assistant então me disse que voltaria para me pegar na hora de embarcar.

 

Novamente volto a tocar em um ponto que sempre vira tema de discussão (no bom sentido) seja aqui ou nas redes sociais e vou repetir a mesma mensagem que já coloquei aqui há um tempo atrás. Recebo diversos comentários dizendo “Mas este tratamento não é para todo mundo”. “Ah Fábio, mas só fizeram porque era você”, etc. E eu só tenho uma coisa pra dizer – Pessoal, eu concordo plenamente! Não posso ser hipócrita de falar que todo passageiro recebe as regalias, mimos e preferências que eu tenho só por estar em uma classe superior, seja na Delta ou qualquer outra empresa. Eu sei o que represento para as cias e do poder de influência que exerço neste ramo.

O que eu noto é o seguinte: eu estou fazendo “publicidade” de graça pra empresa (já que quem está pagando minhas passagens sou eu), então já que o produto/serviço deles vão estar expostos p/ todos verem e o site tem uma grande visibilidade, eles querem impressionar – isto é ÓBVIO!

Então o lance que eu percebi é que fica uma batalha (no bom sentido) de “agrados”, e claro que quem sai ganhando sou eu, e confesso (mais uma vez) que eu gosto sim, não sou mentiroso de falar que não. Por um outro lado, gosto de deixar claro também que com mais de 6 anos de site, eu sei muito bem separar e identificar um atendimento cortês, gentil e natural, de um outro falso, mecânico e forçado somente feito p/ agradar e receber um bom review no site.

Eu tive mais de 3h30 de conexão em Atlanta então aproveitei para ficar no lounge do Terminal F  (leia mais sobre ele aqui) até dar o horário do meu vôo quando o Personal Assisant veio me buscar. O avião estava estacionado praticamente há uns 4 portões da sala e mesmo assim ele me levou de carro até lá e fui o primeiro a embarcar – antes de todos os demais passageiros. E sabe o que é curioso da Delta? Que mesmo eu com todo este esquema “VIP”, não sou tratado diferente pelos comissários – não vi nenhum querendo me paparicar ou fazer um serviço extraordinário só para impressionar – ponto positivo!

Vôo Delta Airlines DL105 – 17/05/2017
Atlanta (ATL) ✈ São Paulo (GRU)
Assento: 9A – Classe Executiva
Partida: 21:52 / Chegada: 08:20 +1 / Duração: 9h20
Aeronave: A330-300

Bom, não vou focar demais no avião pois vocês estão cansados já de ver review da Delta aqui no site – afinal é a cia que mais viajo entre BR-EU – portanto vou ser mais sucinto. Neste modelo de aeronave as poltronas são em “espinha de peixe” na disposição 1-2-1. Optei por sentar na 9A – última do lado direito.

screen-shot-2017-03-09-at-09-55-02

Para quem viaja acompanhado seja do parceiro(a) ou filhos, os assentos do meio oferecem muito pouco contato o que pode ser um “inconveniente” caso você queira se comunicar com a pessoa ao lado ou até mesmo dar comida pro seu pequeno.

DCIM101GOPROGOPR3328.

Conforme já falei, para quem está sozinho o assento na lateral é a melhor opção já que oferece seu próprio espaço com privacidade.

DCIM101GOPROGOPR3329.

Uma desvantagem do assento 9A – que foi o que eu reservei é a falta de janela – se isto é um ponto que te incomoda, não escolha sentar aqui pois você pode se sentir claustrofobia, rs.

O assento não é dos mais novos, mas só do fato de ser 1-2-1 já me agrada – mesmo afunilando nos pés. O joystick do entretenimento também ficava na lateral do monitor (que também é touchscreen), assim como o controle da posição de assentos.

Este botão serve p/ você liberar a mesinha de refeições e ficava ao lado esquerdo.

O descanso dos pés vai afunilando – independente se você sentar na primeira ou última – são todos iguais.

O descanso de braço é retrátil e você consegue abaixá-lo para ganhar mais espaço. Mas na hora de dormir prefiro deixar levantado para me dar mais privacidade em relação ao corredor.

O fone de ouvido era novo e noise cancelling – boa qualidade. Detalhe: a entrada de fone de ouvido do meu assento não funcionou, mas como a executiva estava com diversos lugares vagos, tive a sorte de conseguir mudar p/ outro.

O entretenimento de bordo ele é super completo com uma infinidade de filmes, séries, músicas, etc. O avião também oferece wifi ao custo de U$25 para uso ilimitado durante todo o voo – funcionou corretamente pra mim com algumas áreas instáveis.

O amenity kit é da TUMI – não abri porque dei a bolsinha para um leitor. O curioso é que nos voos que partem dos EUA o estojo é durinho e nos voos que saem do BR eles são molinhos – mais feios por sinal.

Ainda em solo foi servido o drink de boas vindas e entregue o cardápio. O comissário passou pegando os pedidos, mesmo eu estando lá atrás fui o primeiro a ser atendido – vai saber o porque né? Rs.

Vamos dar uma olhada no menu disponível – que é o da Primavera 2017.

Primeiro veio o drink com castanhas aquecidas – Ahh, detalhe que a cia já está usando a nova linha de louças/taças da Alessi desde o início do mês.

A entrada com patê de salmão defumado e a salada com folhas, morango em conserva e amendoas estavam ótimos, já o prato principal deixou a desejar – um frango empanado e frito (bastante oleoso) com purê, ervilhas e tomates.

Curiosamente no cardápio não tinha a opção de prato quente com carne – somente massa, peixe ou frango.

Já de sobremesa optei pelo tradicional Sundae que dispensa comentários. Detalhe para a colher em formato de coração.

Terminei o jantar, fui pro banheiro colocar meu pijama – que sempre levo comigo e voltei pra poltrona pra dormir.

Fiz as fotos do assento reclinado ainda em solo para aproveitar a iluminação da cabine. Como vocês podem ver ele é total flatbed e se transforma em uma verdadeira cama.

Apesar das poltronas nos A330 serem mais modernas, eu ainda prefiro as do B767 na hora de dormir [Desde que você consiga sentar na primeira fileira].

O edredon e travesseiro disponibilizados são da marca de hotéis Westin – ótima qualidade.

Volto a falar que a grande desvantagem do A330 é que independente de onde você sente, o descanso dos pés vai sempre afunilar, então além de você dormir na diagonal, seus pés não ficam de certa forma alinhadas com o resto do corpo. Caso você for alto como eu (1,85) na hora de se mexer enquanto estiver deitado, o joelho acaba batendo no monitor porque o espaço é pequeno.

Aqui vocês conseguem ter uma visão melhor.

Quase chegando em SP – faltando pouco mais de 1h pro pouso em Guarulhos foi servido o café da manhã – fritada de couve e chouriço com tomate e linguiça, frutas, bagel, e café com leite. Eu só comi o bagel, o cinnamon roll e a fruta (o resto só experimentei) pois não estava com apetite suficiente para devorar tudo, afinal ainda estava cheio do jantar. Curioso que quando o vôo parte do Brasil tem pão de queijo (falso mas tem) e quando o vôo parte dos EUA tem Bagel, rs.

E pouco antes de pousamos os comissários passaram oferecendo chocolates e agradecendo por estarmos a bordo e termos escolhido a Delta.

Bom, vocês sabem que a Delta é a cia que eu mais voo de/para os Estados Unidos e eu sempre fico bastante satisfeito com o serviço que ela proporciona e entrega ao passageiro em diferentes aspectos da viagem, seja no atendimento, conforto a bordo e amenidades oferecidas.

E p/ vocês? Qual sua cia preferida p/ voar de executiva p/ os Estados Unidos?

Clique aqui e confira o Trip Report completo
Introdução - Volta do mundo em tempo record
Classe Executiva da Delta no B767-300 - São Paulo p/ Nova York
American Airlines Flagship Check-in e Lounge - Aeroporto de Nova York (JFK)
Primeira Classe da American Airlines no A321T - Nova York p/ Los Angeles
Sala VIP Star Alliance First Class Lounge - Aeroporto de Los Angeles (LAX)
Sala VIP Swiss First Class Lounge (Primeira Classe) - Aeroporto de Zurich - Terminal E
Sala VIP British Airways Galleries Lounge - Aeroporto de Genebra (GVA)
Primeira Classe da British Airways no B787-9 - Londres p/ Abu Dhabi
Classe Executiva da LATAM no A350 - Abu Dhabi p/ Doha (operado pela Qatar Airways)
Primeira Classe da Qatar Airways no A380 - Doha para Sydney
Sala VIP Qantas International First Lounge (Primeira Classe) - Aeroporto de Sydney
Sala VIP American Express - Aeroporto de Sydney (SYD)
Primeira Classe da British Airways no B777 - Sydney p/ Cingapura
Sala VIP dnata Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Sala VIP Sats Premier Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Sala VIP Plaza Premium Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Classe Executiva da Cathay Pacific no A350 - Cingapura p/ Bangkok
Sala VIP Oman Air First and Business Class Lounge - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Sala VIP Miracle First Class Lounge - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Primeira Classe da Cathay Pacific no B773 - Bangkok p/ Hong Kong
Sala VIP de chegada Plaza Premium Lounge - Aeroporto de Hong Kong
Sala VIP Skyteam Lounge - Aeroporto de Hong Kong (HKG)
Classe Executiva da Korean Air no B77W - Hong Kong p/ Seoul
Sala VIP Sky Hub Lounge - Aeroporto de Seoul (ICN)
Sala VIP Matina Lounge - Aeroporto de Seoul (ICN)
Sala VIP KAL Lounge Prestige Class - Aeroporto de Seoul (ICN)
Classe Executiva da Korean Air no B747-8 - Seoul (ICN) p/ São Francisco (SFO)
Classe Executiva da Delta no A330 - Atlanta para São Paulo
Conclusão - Como emiti e comprei minhas passagens

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
8,1