Classe Executiva da Korean Air no B747-8 – Seoul (ICN) p/ São Francisco (SFO)

Penúltima “perna” da viagem e ansioso por voar nesta máquina que é o B747-8. Acho que já falei pra vocês aqui que meu avião preferido é o B747 e sempre será – acredito que ele marcou uma era na aviação e tem um papel crucial na história.

Os B747-8’s da Korean são os mais novos aviões long-haul da frota da cia, portanto sabia que teria uma cabine atual.

Vôo Korean Air KE023 – 11/05/2017
Seoul (ICN) ✈ São Francisco (SFO)
Assento: 20A – Classe Executiva (upper deck)
Partida: 17:30 / Chegada: 11:40 / Duração: 10h50
Aeronave: B747-8

Em ICN também tem 2 pontes de embarque – uma para First e Business e outra para os passageiros de econômica – mas todas somente no primeiro andar – não tinha finger pro upper deck.

As ordens de prioridade foram respeitadas e as portas também foram fechadas pontualmente – o vôo estava LOTADO – nenhum lugar vazio na executiva.

A business class no B747-8 é dividia em 2 partes – a primeira no upper deck (andar de cima) e a segunda na parte de baixo.

Como todos os assentos são iguais e garantem acesso ao corredor à todos os passageiros (inclusive p/ quem senta na janela) eu optei por sentar em cima, afinal a sensação é sempre melhor de voar no upper deck.

O layout é 2-2 em cima e 2-2-2 em baixo, e as poltronas são as famosas Apex Suites – que mesmo sendo no layout 2-2 garante individualidade para cada cliente.

Eu optei por sentar na 20A – a última poltrona do lado direito da aeronave. Assim que entrei a comissária me deu as boas vindas e me mostrou o meu assento. Eu comecei a tirar fotos e ela inclusive perguntou se eu queria que ela tirasse minha, super gentil.

Como vocês já sabem, pelo fato das cadeiras serem desalinhadas você consegue sair da sua poltrona sem incomodar o passageiro ao lado – ponto positivo!

Será que só eu acho que este estofado verde da KE lembra hospital?

O espaço para entrar para a poltrona da janela é bem apertado – mas não faz diferença afinal você não vai levar nem 1 segundo pra fazer a “travessia”, rs.

Não vou ficar focando muito nos detalhes pois é exatamente a mesma cadeira do meu vôo anterior que vocês leram aqui ontem.

Footrest e porta trecos.

O descanso dos pés não afunila e tem um ótimo tamanho, inclusive para você se mexer quando estiver deitado.

Nele também tem um buraco que você pode guardar pertences pessoais.

A tomada ficava do lado direito e de fácil acesso. Ponto negativo é que o avião não conta com wifi.

Falando em porta trecos – para quem senta na janela no upper deck – espaço é o que não falta. Veja que há 3 compartimentos enormes para você guardar o que quiser.

O controle da posição e o joystick (que era touchscreen) do IFE ficavam ao lado direito.

Havia uma porta USB debaixo do descanso de braço, perto da saída de áudio.

Luz de leitura individual com regulagem de intensidade.

No assento já tinha um cobertor, travesseiro e pantufas. Eu particularmente DETESTO cobertor de lã/pêlo – prefiro edredon de algodão.

O Amenity Kit era bem simples.

Alguns produtos da marca DAVI mas nada de luxo – nem no material nem na diversidade dos componentes. Não é oferecido nem meia.

O fone de ouvido era uma lástima – totalmente de plástico e zero noise-cancelling.

O IFE estava disponível em 4 idiomas e era bem variado.

Grande opção de filmes, séries, músicas – informações sobre a rota, jogos, etc.

Ainda em solo foi servido champagne e castanhas em uma embalagem de plástico.

Logo mais foi entregue o cardápio.

Um detalhe do voo – Comissárias trabalhando metodicamente e super profissionais que até parecem robôs. Me surpreendeu o serviço e opções do menu deste voo (10hrs) serem as mesmas do meu voo anterior – que teve somente 3hrs de duração.

Para começar foi servido um camarão – mas que estava com um cheiro muito forte de peixe – não gostei.

Vejam um detalhe que eu adorei – cesta com os vinhos para serem servidos – aliás a carta de vinhos só conta com 4 rótulos – bem limitada por sinal.

A comida estava OK, mas nada que valha algum destaque em especial. De entrada foi servido um atum grelhado com laranja – este estava saboroso.

E antes do parto principal – sopa de côco com creme de cenoura – FANTÁSTICA!

E lógico que de main course eu pedi o BiBimBap – que já expliquei pra vocês o que é no post de ontem – muito bom por sinal.

Logo em seguida veio o prato de queijos que pedi junto com um vinho do porto.

E por fim um sorvetinho pra arrematar né?

Antes de apagarem as luzes as comissárias distribuíram garrafas d’água para todos os passageiros.

Bom, fui então dormir! A poltrona é bem confortável  tanto p/ relaxar quanto p/ dormir e a privacidade é ótima mesmo com um passageiro sentado ao seu lado já que você levantar a divisória e ficar no seu próprio cubículo. O travesseiro é uma piada de tão pequeno – praticamente do tamanho da palma da mão. Aliás, um detalhe que já notei é que em cias asiaticas a temperatura da cabine geralmente é mais quente – sempre passo calor.

Quase chegando em SFO foi servido o café da manhã completo – ovos com aspargos, brócolis, bacon e tomate – tudo ensopado em óleo – quase não comi. Fiquei só com o iogurte, pães e frutas.

Prato de frutas.

O voo pousou no horário e enfim estava em solo americano – e ufa – maratona de voos e meta cumprida!

Bom pessoal, na minha opinião, o hard product (que é o termo que usamos p/ classificar a cabine, assentos, instalações, etc) é muito bom na Korean mas o soft product (que é o termo que usamos p/ classificar atendimento, produtos oferecidos, refeições) ainda precisa melhorar.

Qual a opinião de vocês?

Clique aqui e confira o Trip Report completo
Introdução - Volta do mundo em tempo record
Classe Executiva da Delta no B767-300 - São Paulo p/ Nova York
American Airlines Flagship Check-in e Lounge - Aeroporto de Nova York (JFK)
Primeira Classe da American Airlines no A321T - Nova York p/ Los Angeles
Sala VIP Star Alliance First Class Lounge - Aeroporto de Los Angeles (LAX)
Sala VIP Swiss First Class Lounge (Primeira Classe) - Aeroporto de Zurich - Terminal E
Sala VIP British Airways Galleries Lounge - Aeroporto de Genebra (GVA)
Primeira Classe da British Airways no B787-9 - Londres p/ Abu Dhabi
Classe Executiva da LATAM no A350 - Abu Dhabi p/ Doha (operado pela Qatar Airways)
Primeira Classe da Qatar Airways no A380 - Doha para Sydney
Sala VIP Qantas International First Lounge (Primeira Classe) - Aeroporto de Sydney
Sala VIP American Express - Aeroporto de Sydney (SYD)
Primeira Classe da British Airways no B777 - Sydney p/ Cingapura
Sala VIP dnata Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Sala VIP Sats Premier Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Sala VIP Plaza Premium Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Classe Executiva da Cathay Pacific no A350 - Cingapura p/ Bangkok
Sala VIP Oman Air First and Business Class Lounge - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Sala VIP Miracle First Class Lounge - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Primeira Classe da Cathay Pacific no B773 - Bangkok p/ Hong Kong
Sala VIP de chegada Plaza Premium Lounge - Aeroporto de Hong Kong
Sala VIP Skyteam Lounge - Aeroporto de Hong Kong (HKG)
Classe Executiva da Korean Air no B77W - Hong Kong p/ Seoul
Sala VIP Sky Hub Lounge - Aeroporto de Seoul (ICN)
Sala VIP Matina Lounge - Aeroporto de Seoul (ICN)
Sala VIP KAL Lounge Prestige Class - Aeroporto de Seoul (ICN)
Classe Executiva da Korean Air no B747-8 - Seoul (ICN) p/ São Francisco (SFO)
Classe Executiva da Delta no A330 - Atlanta para São Paulo
Conclusão - Como emiti e comprei minhas passagens

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
8,3