Classe Executiva da LATAM no B787-9 – Sydney para São Paulo via Auckland e Santiago

Conforme eu adiantei para vocês, eu vou fazer um report só do trajeto inteiro da LATAM de Sydney p/ São Paulo já que todos os trechos foram operados exatamente pelo mesmo avião – um B787-9.

Então não justifica fazer review fracionado e irei focar somente nas diferentes fases do atendimento/trechos, ok?

Vôo LATAM LA0800 – 05/12/2017
Sydney (SYD) ✈ Santiago (SCL) | com escala em Auckland
Assento: 5H – Classe Executiva
Partida: 11:10 / Chegada: 13:25 / Duração: 15h45
Aeronave: B787-9

Ao chegar recebi as boas vindas da chefe de cabine, que já me chamou pelo nome e me encaminhou até o assento. O layout da executiva no B787-9 é 2-2-2 com poltronas flatbed’s.

Como eu já tenho relatos desta cabine aqui no site não vou me prolongar, mas quero salientar algo que infelizmente me chamou a atenção – o estado de conservação dos assentos.

Vi diversos descascados, arranhões, manchas, tecidos rasgados entre outros “defeitos”.

É uma pena ver uma aeronave tão “nova” estar tão mal cuidada e surrada desta forma.

A sensação que tem é que ela já não passa por uma manutenção por um bom tempo – conforme vocês conseguem ver pelas fotos.

Para alguém que paga para viajar de executiva, ou até mesmo de econômica – o mínimo que se espera é que a poltrona esteja pelo menos apresentável, concordam?

Voltando ao vôo – os fones de ouvido são noise cancelling mas daquele modelo mais leve – poderiam ser mais robustos para melhorar o som.

O entretenimento de bordo é completo, touchscreen e tem uma programação variada.

Em um voo tão longo falta muito Wifi – não acham?

Como esta primeira parte durou apenas 3h, o amenity kit distribuído é aquele mais simples – o mesmo que a LATAM oferece nas rotas intra América do Sul.

O kit é bem básico – uma sacola descartável com meia, tapa olho, tapa ouvido e caneta.

Nesta parte da viagem os passageiros receberam uma manta e um travesseiro.

Quero destacar o atendimento por parte da tripulação como um todo, que foi super agradável, cordial e simpático.  Ainda em solo foi distribuído sucos de laranja e água.

Neste primeiro trajeto foi oferecido um sanduíche com queijo – que não estava NADA bom. Pão MUITO duro com presunto um queijo industrializado.  O que salvou foi a salada que estava boa. Detalhe para os pães de acompanhamento que sempre ficam desamparados já que não há pratinhos para eles, rs.

Já no trajeto maior – Auckland p/ Santiago – mudou a tripulação – que novamente leva nota 10 pelo atendimento. OBS: Claro que eles sabiam quem eu era – se isto influenciou ou não – não posso dizer – mas que me trataram com toda simpatia e cordialidade do mundo, isto sim!

O drink de boas vindas aqui já era diferente – bebida alcoólica foi oferecida assim como o menu de refeições.

A nécessaire também veio mais completa – modelo antigo do Salvatore Ferragamo.

A apresentação dos prato não estava legal – principalmente da entrada (que também era uma salada) e a salada propriamente dita. Não entendi servirem o queijo no início – será algum costume?

Destaque para o prato principal – super saudável – peixe com salada de quinoa – uma delícia! Eu adoro quando as cias tem opções “healthy” no menu. E vocês?

De sobremesa serviram sorvete com uma barrinha de chocolate.

Antes de apagarem a luz da cabine, eles entregam um folheto para você poder selecionar o que vai querer de café da manhã – assim eles só trazem o que você pedir – gosto deste método!

A poltrona no modo é total flatbed, e oferece pouca privacidade – tanto em relação ao passageiro ao lado quanto às pessoas que passam no corredor.

Mesmo assim ela é larga e confortável e me garantiu boas horas de sono atravessando o Pacífico.

Quase chegando em Santiago foi serviço o café da manhã com as coisas que eu havia solicitado. O omelete estava mal cozido, mas o resto estava ok.

A poltrona ao meu lado estava estragada, então tive sorte que neste trajeto maior não veio ninguém ao meu lado, o que me permitiu tirar fotos da cabine sem atrapalhar/incomodar ninguém.

Outra curiosidade que eu notei é que o voo feio apenas dom 50% de ocupação.

Vôo LATAM LA0702 – 05/12/2017
Santiago (SCL) ✈ São Paulo
Assento: 5H – Classe Executiva
Partida: 15:40 / Chegada: 20:45 / Duração: 3h55
Aeronave: B787-9

Passei algumas horinhas em Santiago e logo já era hora de embarcar para São Paulo – mesmo avião, mas tripulação diferente.

Durante o embarque foi oferecido espumante e pisco sour e castanhas. Vocês gostam desta bebida? Novamente quero destacar o atendimento da crew !

Apesar do voo também ser curto foi oferecido cardápio com opções de refeições.

O amenity kit era do modelo compacto – mas do que suficiente para a duração do voo.

Pedi o gnocchi com salada e pães – estava muito bom – mas confesso que não consegui comer mais que 3 colheres pois comecei a sentir enjoos – não pela comida, mas acho que pelas inúmeras horas de voo meu estômago travou e não consegui comer mais nada.

Bom, se não fosse pelo estado de conservação da cabine e uma poltrona mais moderna/individual com certeza eu poderia dar uma nota maior para este vôo. O que salvou mesmo foi atendimento, cordialidade e simpatia dos comissários, que fizeram esta longa jornada ser mais agradável. E é o que sempre falo – mesmo não tendo um produto competitivo uma cia aérea pode compensar de outras formas – como neste caso – que foi o serviço.

E vocês já viajaram com a LATAM para Austrália? Como foi?

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
8,3