Classe Executiva da Royal Air Maroc no B767-300ER

Depois das 2 horas de atraso e esperando em GRU, e eu caindo em pé de sono, finalmente chegou a hora de embarcar e conhecer a executiva da Royal Air Maroc.

Vôo Royal Air Maroc  AT0214– 13/05/2014
São Paulo (GRU) ✈ Casablanca (CMN)
Assento: 2D – Classe Executiva
Partida: 03:50 / Chegada: 17:00 / Duração: 08h30 
Aeronave: Boeing 767-300ER

A classe executiva só possui 2 fileiras e o layout é no modelo 2-2-2.  À primeira vista a cabine parece ser nova e os assentos confortáveis, aliás o assento se assemelha muito ao B767 da US Airways.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

A tripulação que estava atendendo a Business era somente de homens, e achei o serviço muito fraco. Os comissários mal falaram “oi” na entrada do avião.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

A cabine é bem privativa pelo fato de ter somente 2 fileiras na classe executiva, totalizando 12 lugares.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Suco de maçã foi oferecido de welcome drink logo que embarquei.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

O espaço entre a poltrona e a TV é razoável, e mesmo se você tiver sentado na janela, consegue sair com facilidade caso precise. (acredito eu!)

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

O controle do entretenimento de bordo ficava ao lado do console. Ele funciona como uma forma de mouse, este segundo botão quadrado preto tem um sensor e você vai deslizando o dedo e o ponteiro vai mexendo na tela.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

A qualidade da TV é MUITO BOA, porém a quantidade de filmes e áudio deixa a desejar. Se não me engano tinham apenas 6.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Continuando com as fotos de praxe, fui conhecer melhor o assento, começando com a luz de leitura individual.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Caso você esteja viajando com alguém que não conheça, há esta divisória retrátil para você levantar e poder ter um pouco mais de privacidade.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Mini mesa de apoio e os comandos de posição do assento ficavam no console que divide você do passageiro ao lado.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

No encosto para os pés é possível notar o desgaste do estofamento da cadeira.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

O amenity kit que foi oferecido com produtos AIGNER.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

O fone de ouvido era uma piada e era melhor nem terem distribuído. Pelo fato de não ser noise-cancelling, escutar o aúdio dos filmes, era praticamente impossível por causa do barulho do avião.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Ao lado direito do assento tinha um porta trecos que estava extremamente sujo e mal cuidado.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

E um pouco mais em baixo a tomada universal.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Um fato que achei curioso, é que este foi o primeiro vôo de executiva que não foi oferecido cardápio. Os comissários super mal educados por sinal, apenas serviram o café da manhã logo que decolamos, e ficou por isto mesmo.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Logo depois fui ao banheiro para me trocar. Encontrei estas rosas que acredito serviam de decoração, mas que já estavam mortas havia pelo menos 1 semana.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Voltei e coloquei a poltrona na posição vertical, que na verdade é angled lie-flat, ou seja, famoso tobogã. O travesseiro super pequeno e esta manta fina eram simplesmente da pior qualidade possível, tornando impossível descansar com conforto.

Royal Air Maroc Classe Executiva B767-300 Business Class

Quase chegando em Casablanca os comissários perguntaram se eu queria comer algo, perguntei qual era a opção, e eles me disseram “The only one we have sir.” Eu já estava cansado, sem ter dormido e um pouco nervoso, que preferi não aceitar.

Outro ponto que quero registrar aqui no PP é a restrita alfândega de chegada em Casablanca. Primeiro logo ao desembarcar toda seus pertences de mão são checados em um raio-x antes de você prosseguir para imigração. Depois de pegar a mala, você segue para um segundo check-point. Aliás, acho que nunca passei por uma revista tão minunciosa em toda minha vida. Eles retiraram praticamente TUDO da minha mala, desdobraram minhas camisas, abriram minhas meias, cuecas, viraram minhas calças do avesso. O controle é tão grande que até os produtos do Amenity Kit do vôo eles abriram, cheiraram e inclusive perguntaram o que era, tem base? Tudo muito hostil e de forma nada educada. Alguém mais passou por isto?

Não tive uma experiência muito agradável voando de Royal Air Maroc, achei o serviço extremamente fraco deixando muito a desejar para uma business class. Sei que a cia cobra um preço parecido e até mais alto do que certas concorrentes européias, então se você tiver que optar, nem preciso dizer que a RAM não precisa ser sua primeira opção.

E aí pessoal que viajou de RAM? Me contem suas experiências.

 

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
5,3