Classe Executiva da South African no A330 – São Paulo para Johannesburgo

Cheguei relativamente cedo em São Paulo da minha conexão de Uberlândia e tive que esperar o check-in abrir para poder despachar ninha malas.

Fui super bem atendido no check-in prioritário da South African e logo já estava com meu cartão de embarque. A cia usa a sala vip da Star Alliance no T3 em Guarulhos  que eu não vou postar sobre pois já tenho relatos aqui no site, então dispensa uma matéria específica.

A South African chega a operar 2 vôos diários entre São Paulo e Johannesburgo variando entre os aviões A340 (mais antigos) e os A330 (os mais novos da frota). A cia é MUITO generosa em liberar assentos em classe executiva para emissões com milhas/pontos pelos parceiros então é bem fácil conseguir até mais de 04 lugares no mesmo vôo.

Durante o check-in recebi esta surpresa/gentileza da cia – uma girafinha de pelúcia. Claro que eventualmente quando ficam sabendo que estou embarcando me tratam com uma atenção e cuidado especial que às vezes um outro passageiro comum não teria, mas por outro lado não deixa de ser um reconhecimento do meu trabalho.

Made with Repix (http://repix.it)

Fui um pouco mais cedo pro portão de embarque para garantir que conseguiria tirar as fotos. Os agentes da SAA que estavam trabalhando naquele já me conhecem e gentilmente liberaram para eu entrar no avião primeiro para conseguir imagens sem ninguém ainda a bordo.

img_9310

Vôo South African SA223 – 18/10/2016
São Paulo (GRU) ✈ Johannesburgo (JNB)
Assento: 1K – Classe Executiva
Partida: 19:00 / Chegada: 07:25 +1 / Duração: 8h25
Aeronave: A330-200

O embarque aconteceu no horário previsto e as portas da aeronave foram fechadas pontualmente na hora de sair, o vôo estava SUPER vazio – tanto na executiva quanto na econômica – então foi super rápido pra embarcar todo mundo.

A classe executiva no A330 é divida em 2 seções – a primeira com 3 fileiras e a segunda também. Para vocês terem uma idéia a segunda seção foi vazia – sem ninguém. E a primeira ainda tinha alguns lugares vagos – será a crise?

DCIM100GOPROGOPR4376.

Lógico que então aproveitei para fazer bastante foto – primeiro porque eu tinha entrado um pouco antes e segundo que mesmo após o embarque como a cabine ficou vazia, pude caprichar ainda mais nos cliques.

DCIM100GOPROGOPR4380.

Eu, pleno, reinando na cabine – sem ninguém, rs. Como vocês podem ver o layout é 2-2-2 – ideal para quem viaja de casal mas não muito adequado para quem viaja sozinho.

Caso você esteja alone sugiro sentar nas poltronas do meio pois assim você sempre terá liberdade para sair/levantar sem incomodar o colega ao lado e vice-versa.

DCIM100GOPROGOPR4461.

A poltrona tem um ótimo espaço em relação ao assento da frente, mas deixa muito a desejar no quesito privacidade – não há nem divisória retrátil que separa as duas cadeiras.

DCIM100GOPROGOPR4397.

Em compensação você tem espaço de sobra pra pular o passageiro ao lado caso esteja sentado na janela.

DCIM100GOPROGOPR4404.

Eu continuando com meu book fotográfico – quer coisa melhor que ter a cabine só pra gente durante 8hrs de voo?

DCIM100GOPROGOPR4472.

A cadeira no modo cama fica total flatbed – apesar da parte do descanso dos pés ser menos confortável por causa do suporte de metal.

DCIM100GOPROGOPR4384.

Ainda em solo foi oferecido drink de boas vindas juntamente com o amenity kit.

img_9319

img_9340

O espaço entre as poltronas é grande e como elas estão presas em “casulos” mesmo que o passageiro da frente incline não irá interferir – que é o que acontece no A340 da TAP por exemplo.

No fundo do assento da frente tem o bolsão com revistas e o safety card além de um compartimento que serve para você colocar o fone de ouvido.

img_9332

Tem esta gavetinha também que serve para você guardar seus sapatos.

img_9336

O amenity kit era simples e continha apenas o essencial.

img_9322

Ah detalhe – os comissários pediram para eu sentar na primeira seção pois ficaria mais fácil otimizar o serviço do que eu ficar lá atrás sozinho – lógico que eu aceitei – afinal tenho bom senso e não precisaria ficar lá fazendo o diferentão, rs. Acabei então mudando para 1K que era na lateral mas que não tinha ninguém ao lado.

O serviço começou com toalhas umedecidas seguidas do cardápio. A tripulação como sempre – gentil, atenciosa e sempre querendo ajudar – acredito que isto deve ser padrão da cia pois todas as vezes que voei minha experiência foi sempre agradável.

img_9343

Controle do assento – há 3 posições pré-estabelecidaas além de outras personalizáveis.

img_9324

O encosto do braço do meu lado esquerdo é móvel e você consegue abaixá-lo e suspendê-lo para ter um pouco mais de espaço. Ali você também encontra tomada e o controle do IFE.

img_9327

Eu não gosto muito deste tipo de controle – já vi em outras cias também. Ele é difícil de lidar porque o touch dele é uma pequena bolinha que você precisa ficar deslizando o dedo – não me adapto muito bem.

img_9326

Diferente dos A340 da South African, neste A330 você encontra porta USB – ponto positivo!

img_9330

O fone de ouvido era noise-cancelling de boa qualidade.

img_9339

Apesar da tela pequena o entretenimento de bordo tem uma boa seleção de músicas, áudios, séries, etc.

img_9334

Infelizmente ele não é touchscreen – ou pelo menos o meu não aceitava o toque. Tudo tinha que ser feito pelo controle.

img_9351

img_9352

img_9353

Eu ando tão dependente de wifi que quando um avião não tem eu já sinto falta, acreditam?

img_9354

O cardápio é um grande ponto positivo da cia – sempre com uma boa seleção e sem mencionar claro, os bons rótulos de vinhos da emprsa.

img_9345

img_9346

img_9347

img_9348

img_9349

img_9350

Para começar – canapés – confesso que não gosto quando deixam a garrafa d’água na mesa – acho que prejudica a apresentação. Lógico que é mais cômodo até para o passageiro – pois assim consegue se servir toda hora – mas acho deselegante.

img_9358

Em seguida veio a salada – notem que tudo é muito bem apresentado. O serviço inteiro foi feito por etapas (entrada,salada,sopa,prato principal, queijos e sobremesa) o que eu considero essencial em uma classe superior – nada de bandejão igual algumas que vocês já conhecem, rs.

Senti falta de azeite/vinagre ou molho pra salada – pelo menos não me serviram.

img_9360

A sopa de tomate estava DIVINA – aliás eu não gosto de sopa mas é uma das poucas que eu tomo.

img_9364

Optei pelo frango como prato principal com legumes e purê – apesar de simples estava saboroso e por um milagre o frango não estava seco e borrachento.

img_9368

Após terminar pedi o prato de queijos – foi mais pra conhecer pois eu já estava bem satisfeito.

img_9372

E por fim a sobremesa – bolo de chocolate.

img_9376

Antes de terminarem o serviço eles oferecem estes chocolates – é no esquema self-service – você mesmo pega na caixinha.

img_9379

Conforme já falei pra vocês a poltrona é flatbed e vira cama quando reclinada. Além de travesseiro e edredon você também recebe um pad – uma espécie de colchonete – para forrar a poltrona. Não há turndown service, ou seja, você mesmo que prepara seu ninho, rs.

DCIM100GOPROGOPR4389.

Como o voo estava bem vazio eu aproveitei para pegar uma manta e um edredon extra para forrar o assento deixando ele assim mais macio, assim eu não sentiria muito a divisão entre o encosto das costas, o lugar onde você põe o bumbum e o descanso dos pés. O travesseiro é de bom tamanho e a cama é satisfatória – talvez se eu estivesse viajando com um desconhecido não teria ficado tão satisfeito mas como sempre analiso pelo contexto da viagem – neste caso ela atendeu as minhas necessidades.

DCIM100GOPROGOPR4408.

Quase chegando em JNB foi servido o café da manhã – o omelete não estava muito quente e os pães bastante amassados.  Mesmo assim a quantidade foi satisfatória – eu particularmente não comi pois ainda estava cheio do jantar.

img_9385

Antes de desembarcar a chefe de cabine veio agradecer pela preferência de ter escolhido a SAA para o voo – extremamente educada.

Bom pessoal, como vocês podem ver o meu vôo com a SAA foi super tranquilo e prazeroso. A cia representa bem o cenário onde um produto não muito atual (se comparado com as business class que temos por aí) passa a ser segundo plano quando se tem um atendimento adequado seguido de um bom cardápio e serviço profissional.

Aliás, vale a pena salientar que se tudo sair como o previsto, a partir do dia 01/JAN a cia começa a operar o novo A330 com a nova Business (layout 1-2-1) para o Brasil – e eu mal posso esperar para experimentar.

Enfim, minha conclusão é a  empresa entregue o que promete e com certeza na minha opinião é e continua sendo a melhor escolha para voar entre Brasil e África – apesar de só ter voado com a Ethiopian até hoje para este continente acredito que a LATAM (baseado nas outras rotas que já voei) não consegue entregar algo no mesmo nível. Qual a opinião de vocês?

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
8,4