Classe executiva da TAM no B777-300ER – Frankfurt para São Paulo

Cias Aéreas Classe Executiva 31

Por Fábio Vilela

Saí mais cedo do lounge pois eu iria embarcar primeiro então precisava estar antes no portão. Assim que cheguei o agente do SS já liberou meu embarque e eu retrui pra aeronave fazer as fotos ainda com a cabine vazia.

Vôo TAM JJ8071 – 23/12/2015
Frankfurt (FRA) ✈ São Paulo (GRU)
Assento: 4C – Classe Executiva
Partida: 19:45 / Chegada: 05:00+1 / Duração: 12h10
Aeronave: B777-300ER

Meu vôo foi no mesmo avião e na mesma poltrona do meu trajeto de ida então não vou focar muito na cabine não afinal vocês já estão cansados de ver review do B777-300ER da TAM aqui né? Se não fica repetitivo e chato!

Como vocês sabem o layout da Premium Business da JJ é 2-3-2 o que não me agrada – prefiro 1-2-1 pois assim atende quem viaja sozinho quanto acompanhado.

Ao embarcar já fui apresentado pra chefe de cabine que me levou até meu assento e me desejou bom vôo. Veja que se você viaja com um desconhecido não há praticamente nenhuma privacidade.

Ahhh, vocês acreditam que encontrei um leitor do site e e ele ainda viajou do meu lado nas poltronas do meio de 3 lugares? Foi o Bruno que estava com a esposa e a Bela (sua filha pequena) que por sinal uma fofa e super boazinha! Aliás o Bruno foi tão gentil que até ofereceu me dar a necessaire do Salvatore Ferragamo pra eu poder sortear aqui no site – Valeu Brunão!

Luzes de leitura individual e com controle de intensidade estavam entre as poltronas.

IMG_7364

Nesta outra foto vocês conseguem ter uma visão melhor de como é a disposição das cadeiras.

E aqui os nossos assentos 4A e 4C (os último da primeira seção da executiva) – como eu estava acompanhado da minha mãe o fato dos assentos serem juntos não me incomodou de forma alguma – caso eu estivesse sozinho já teria viajado de mal humor, rs – pronto falei, to limpinho!

As poltronas por mais que foram “reformadas” apresentam já sinais de uso como descascados.

IMG_7361

Quem nos atendeu durante todo o vôo foi o comissário Robson – extremamente educado, solicito e de uma gentileza sem igual. O tempo todo nos abordava pelo nome e queria saber se estava tudo certo.

Ainda em solo foi oferecido espumante, suco e castanhas. Depois eles passaram com revistas e jornais – tanto internacionais quando brasileiros.

IMG_7343

A TAM – ainda não sei se é fixo em todas as rotas – agora está distribuindo amenity kit da Salvatore Ferragamo – igual à LAN – ponto super positivo! No nosso vôo tinham as cores azul marinho e vinho.

IMG_7346

O entretenimento de bordo era sempre bom com variedade boa de filmes, cd’s, jogos, etc.

IMG_7370

O fone de ouvido não é muito bom pois não “engloba” toda a orelha – mas mesmo assim atende a necessidade.

IMG_7367

A poltrona ainda conta com USB e porta ETHERNET – que eu acho que ninguém nunca usou.

IMG_7363

Logo foram distribuídos o menu junto com a carta de vinho – e pasmem – achei alguns erros.

IMG_7349 IMG_7350

O primeiro erro que achei foi na palavra hortelã que estava escrito hotelã. E o segundo foi na tradução do prato principal que em português estava escrito “filé grelhado com salsinha” mas no inglês quanto no espanhol estava “filé grelhado com beterrabas assadas.”

Lógico que os cardápios são feitos por ser humanos e todos estamos sujeitos à erros, mas será que não há uma revisão antes de mandarem imprimir centenas de cópias?! Não custava nada né?

Eu gosto do fato do menu já te sugerir qual vinho combina com qual prato – isto já facilita a vida, não acham?

IMG_7351 IMG_7352 IMG_7353 IMG_7354 IMG_7356 IMG_7355 IMG_7357 IMG_7358 IMG_7359

Para o café da manhã (conforme no meu vôo da ida) é preciso preencher este cupom e assinalar as opções que você desejar – assim quando o comissário te desperta de manhã ele já traz tudo pronto – gosto deste esquema.

IMG_7386

Eu optei pelo gnocchi que não estava bom – as bolinhas estavam extremamente massudas (parecendo dumplings). Sobre o modo que eles servem a refeição – como de padrão –  nem preciso falar muito né? Vocês já sabem! O esquema é bandejão mesmo, vem tudo de uma vez – sopa, salada e prato principal. Eu já cansei de falar aqui que não gosto de forma alguma deste modelo pois enquanto você come a salada a sopa esfriou e quando vai tomar a sopa o prato principal já está gelado. Mas isto é uma política da cia e eles já falaram que foi uma demanda do passageiro ter mais tempo pra dormir e descansar então não vou ficar batendo nesta tecla.

Outro ponto que não gosto é o fato de não ter lugar pra colocar o pão (já falei isso aqui também) – o comissário vem super educado com a cestinha com diversos tipos e não tem onde colocar o bendito. Aí ele sem graça tem que por em qualquer lugar disponível que ela ache. Ponto negativo neste vôo que os pães vieram frios.

Como o serviço não tem entrada penso que a sopa é considerada como tal.

IMG_7374

Na hora da sobremesa algo me chamou a atenção – fui servido com uma colher que realmente cabe no pote do sorvete. Pra quem me acompanha já sabe que sempre falo que não entendo a TAM oferecer uma colher de sopa que mal cabe no pequeno pote. Como fiquei curioso perguntei pro comissário se eles tinham mudado o serviço – ele me disse que não, mas que acompanhava o site e sabia que eu já havia feito esta observação e que pelo bom senso a outra colher realmente não era apropriada pra esta embalagem. Ponto positivo né? Nada como ter um colaborador pró-ativo!

IMG_7380

E por fim foram oferecidos chocolates!

IMG_7383

Como sempre fiz as fotos da poltrona deitada ainda em solo pra poder aproveitar a iluminação. Os assentos são quase flatbed e ficam ligeiramente inclinados na parte das costas.

O meu desta vez não chegou a emendar com o ottoman (o descanso dos pés), mas confesso que esta fresta não me incomodou. Ponto positivo para o tamanho do travesseiro e da manta que são de boa qualidade.

Eu consegui dormir durante boas horas mas o vôo balançou DEMAIS e acordei em diversos momentos com os saculejos.

Aqui o descanso dos pés que é revestido e com um buraco embaixo onde você pode guardar seus sapatos.

IMG_7365

Quase chegando em São Paulo foi servido o café da manhã de acordo com o que eu tinha pedido naquela ficha – escolhi o prato de frios e a aparência não estava das melhores não, mas enfim, estava gostoso apesar dos pães novamente estarem frios.

IMG_7388

Bom, meu vôo foi super agradável – eu estava bastante cansado e aproveitei pra dormir bastante. Concordo que esta poltrona não é a mais atual e nem a mais moderna do mercado mas pelo preço que paguei (vou falar no próximo post) achei mais do que satisfatório o serviço e qualidade da cabine. Com certeza voaria em outras oportunidades!

Chegando em São Paulo já tinha um agente do SS (Júlia um beijo!) me esperando na jetbrige pra me acompanhar até a esteira e esperar nossas malas chegarem inclusive nos posicionando o tempo todo onde as bagagens estavam e que horas iriam subir – quanto à isto só tenho elogios, nota 1000! Valeu Special Service 😉

E aí pessoal, o que acharam do vôo e do serviço de bordo da TAM?

Avaliação

Média
8.7

31 respostas para “Classe executiva da TAM no B777-300ER – Frankfurt para São Paulo”

  1. Christian W disse:

    Boa tarde Fábio!

    Parabéns pelo site! Visito-o quase todos os dias!

    11/06 farei esse mesmo voo Gru-Fra na bussines. Se quiser me passo de avaliador por você! Kkkkk

    Sobre refeições, onde algumas vezes somos surpreendidos com a falta do prato escolhido, será que no caso de bussines, o prato principal já não poderia ser escolhido pelo passageiro no check-in? São pelo menos 2 horas antes de se embarcar, o que daria tempo e evitaria desperdícios.

    Outra opção seria como faz a AA. Viajei bussines em dezembro último no 77W e meu prato e de toda minha família foram previamente escolhidos pelo site da cia. Funcionou perfeitamente!

    Abraços

    • Fábio Vilela disse:

      Christian,
      As cias embarcam “X” quantidades de refeições que são programadas com muita antecedência com a empresa de catering. Então o mais comum e viável (logisticamente falando) é poder escolher online conforme algumas cias oferecem – no caso da American.
      No check-in com certeza seria inviável.

  2. Daniel Stur disse:

    Excelente relato Fabio.
    Em Abril irei para Frakfurt e estava decidido ir com Iberia (até te perguntei se valeria mais IBeria ou TAP). Porém a TAM está com uma promoção saindo do Galeão (com conexão em SP) para Frankfurt com preços extremamente convidativos. A ponto de 2 passageiros (ida e volta) sair pelo preço de 1 passageiro (ida e volta) em companhia top.
    Sendo que o conforto é maior que a econômica para voos longos, já está valendo a pena.
    Ano passado fui para Dubai com a Turkish e não tem como comparar…fica uma referencia de business injusta. Mas, como dito antes, o que vale é o preço X conforto (mesmo que inferior a outras, já atende a demanda pelo preço cobrado).
    Abraços e sucesso.
    Sigo toda semana seus posts e auxiliam muito nas escolhas de business que faço.

  3. Leny disse:

    Ops!!! O cardápio é outro! Filé grelhado c molho Dijon; salmão ao molho de açafrão e arroz 7 grãos; frango ao molho de ervas e arroz negro. Lógico, todos c acompanhamentos. Parece q leram o comentário do Fábio sobre o gnocchi. Rsrsrs

  4. leny disse:

    Ok, passagem adiada, estou embarcando agora e conferindo as dicas do Fábio ( acho q vou passar o gnocchi, rsrsrs )

  5. Osvaldo disse:

    Eles dizem que o bandejão foi uma demanda dos passageiros , que eles atenderam…..Ah bom…
    As outras companhias que servem com calma não perceberam essa preferencia dos passageiros. Eles não mudam mesmo, que pressa pra descansar.
    Abs.

    • Osvaldo disse:

      Só pra completar o que escrevi acima.
      Não tem justificativa , é muita cara de pau a companhia alegar isso.
      É só voce fazer uma pequena enquete conosco que participamos das discussões aqui no forum. Quem prefere expresso ou por partes como diria Jack.
      Tem gente que nem janta no avião , janta em solo e prefere ter mais tempo de sono, assim como quem quer jantar rapido no express service e dormir.Mas também tem quem curta fazer a refeição igual a um restaurante . Um dos diferenciais das classes premium é isso.
      Eles na Tam ,fazem o serviço rapidinho, parece ponte aérea, terminam e bora descansar…

  6. Luis Paulo disse:

    Discordo totalmente do Daniel ! Não quero defender a tam , mas nos últimos meses voei algumas vezes com a tam e com parceiras, e pude comparar os serviços e hard product
    Tenho 2 exemplos para citar , primeiro foi uma viagem a NY , ida com AA(77w) e volta com tam (763). O voo de ida com certeza tem um assento melhor , porem o atendimento foi péssimo . Ja o voo da tam , apesar de o assento um pouco inferior , foi muito mais satisfatório, atendimento , refeições , tudo nota 10 !
    O segundo exemplo foi de semana passada , sao paulo madri são paulo , ida com Iberia(a330) e volta Tam(77w) , seguem da mesma forma , o hard product da Ibeira e ligeiramente melhor(apesar de achar péssimo aquele apertado ottoman) , porem o atendimento , refeição e outros fatores perdem para a tam. Acredito que a tam tem seus pros e contras como toda companhia , mas que eles estão fazendo bonito estão , os lounges em gru, santiago , miami , e lounges parceiros são excelentes. Alem da troca de aeronaves , a350, 787 (silenciosos, não vejo muito comentários aqui sobre isso , mas isso me incomoda muito durante voo. Fabio , depois voce compara o sono em 787,a350 com a340,764,etc) E muito atuais .

    • Daniel disse:

      Trata-se de opiniões e experiências.

      Ano passado, viajei na Iberia tanto na nova aeronave como na antiga. Achei a Business da antiga melhor.

      Igualmente, voei GRU-JFK-GRU no 777-300 novo da AA.

      Nos 4 voos, não faltou comida, nem me ofereceram comida da econômica (isto houve na TAM, com direito a eu enviar e-mail reclamando e o “Fale com o Presidente” me responder que é “normal” o embarque de pratos variados na Business, podendo, se vários escolherem um tipo, faltar para um passageiro – o prato era carne). Nos 4 voos, não faltou atendimento excelente em solo, ao contrário do que tive na TAM em experiências sobre atrasos, nos quais os funcionários me ignoraram. Nos 4 voos o assento era 180º, ao contrário de parte dos voos da TAM em rotas internacionais. Nos 4 voos, não houve extravio de mala como ocorreu com o Fábio em Business. Tanto no programa de milha da AA como da Iberia, tenho encontrado excelentes disponibilidades em terceiros (mesmo época de Natal ou Reveilon, sem os misteriosos blogueios que ocorrem nos programas brasileiros, incluindo neste caso outra cias). Em nenhum dos 4 voos me ligaram poucos dias antes do voo forcando-me a trocar de voo na época do carnaval – saída de outra cidade – sob a exdrúxula justificativa de que poderia ser meu voo cancelado; ao final, aceitei com medo e cheguei às 05:00 hs da manhã no destino, ficando à toa até o check in no hotel e, ao pesquisar, verifiquei que meu voo original chegou normalmente no meio da manhã, o que me levou a crer que “liberaram” assentos no voo com saída em GRU para outros e me colocaram no avião velho com saída de GIG.

      Isto porque citei, tal como você, os últimos meses. Mas minhas experiências em Business da South African, Air France, British e Aeroméxico foram MUITO superiores à TAM. Concordo que a TAP foi igual, ou seja, a nivelo por baixo.

      Enfim, pode ser que, como você disse, “nos últimos meses” tenha melhorado.

      Mas não sou louco de experimentar uma cia aérea após conhecer outras melhores pelo simples fato de que, de uns meses para cá, tenha melhorado.

      Fiquei traumatizado com a TAM.

      Mas, sinceramente, fico feliz que outros não tenham passado pelos vergonhosos dissabores que passei.

    • Fábio Vilela disse:

      Luis,
      Concordo que em quesito de Salas Vip o grupo LATAM está mandando muito bem, em todas elas.
      E atendimento, realmente as brasileiras são mais simpáticas que as estrangeiras.
      Obrigado por compartilhar seus relatos – não vou ter como comprar o sono pois não vou dormir no A350 – vôo curto, mas se tiver oportunidade posto por aqui.

  7. Carlos Dantas disse:

    Boa Tarde, Fábio. Parabéns por mais um Trip Report. Você comentou que sortearia a necessaire do Salvatore Ferragamo. Vai mesmo? Abraços.

  8. Augusto disse:

    O atendimento da TAM em todos os voos internacionais que eu fiz, seja em executiva ou econômica, sempre fui muito bem tratado, não tenho do que reclamar. Realmente no 777 ainda ter 2-3-2 é um pouco cruel.
    Nunca tinha reparado que a The Week disponibilizava set´s nos seus aviões 🙂

  9. Mauro disse:

    Fabio, também restrições enormes quanto a cabine datada e a disposição dos assentos no B777 da TAM. Eu considero, infelizmente, um produto inferior. Mesmo, essa ‘pequena’ inclinação me incomoda muito. Suas avaliações apenas confirmam isso, mesmo ela sabendo quem você é e a influência que exerce no mercado. Eu por exemplo, faz tampo que não uso a Business da TAM. Um abraço cara. Ah, aproveitando, seguindo suas dicas, estarei fazendo GRU-DFW no dia 07/03 e voltando JFK-GRU no dia 11/03 pela First da American …. se estiver por GRU, nos voos ou nas Salas VIPs, dê um alô….

  10. C Silvano disse:

    “…O meu desta vez não chegou a emendar com o ottoman (o descanso dos pés), mas confesso que esta freta não me incomodou…” – Freta? Não seria fresta?

    “…são feitos por ser humanos e todos estamos sujeitos à erros, mas será que não há uma revisão antes de mandarem imprimir centenas de milhas de cópias?! Não custava nada né?…” Milhares de leitores?

  11. Daniel disse:

    Caro Fabio,

    Infelizmente, considero que seus posts sobre voos TAM estão “contaminados”… Explico-me:

    Há anos o acompanho e não raras vezes, quando postava relatos sobre voos TAM, vários apresentavam fatos sobre suas respectivas insatisfações com tal cia (eu mesmo sou um que pago mais caro mas não viajo na Business da TAM nunca mais).

    E, claro, seu site foi crescendo… e ficando famoso… E aumentando o público… E as vias aéreas não deixariam de perceber tal e a possibilidade de que tal contaminasse suas imagens ou vendas para um público diferenciado…

    Assim, reparei que, de uns vários meses para cá, salvo engano é a terceira ou quarta vez que a TAM lhe presta maior assistência, inclusive em solo. E o comentário sobre a colher confirmou tal: para não serem criticamos, o diligente funcionário tratou você de forma diferente dos demais passageiros.

    Enfim, NÃO É CULPA SUA… Pelo contrário, é fruto do seu sucesso.

    Mas, para nós, leitores, passo a ler com olhar mais crítico… não em face do seu relato, mas da postura da cia, pois eventualmente o que você teve de experiência em nada será parecido conosco, pois, como disse, ao a cia perceber sua presença, pode estar alterando o tratamento para evitar relatos pesados aqui no site.

    • Fábio Vilela disse:

      Concordo 100% com você Daniel – realmente quando sabem que estou à bordo acabo por receber um tratamento diferente – mas conforme você mesmo disse – a culpa não é minha.

      Mas mesmo assim o hard product da TAM continua sendo inferior e a minha opinião é a mesma em todos os relatos.
      Cabine desatualizada em relação à concorrência, refeições pobres e serviço premium que deixa a desejar.

      • Daniel disse:

        Putz…

        Mesmo eles sabendo que é você e buscando não se queimar, ainda conseguem tal feito, seja extraviando sua mala (pelo que me lembro houve tal em um voo, correto? Caso eu esteja errado, retiro tal comentário), seja com outras falhas…

        Se para você, para o qual buscam atendimento diferenciado, ainda falham, imagine para nós??? Estamos perdidos…

        Continuo na minha opção de TAM só em voos nacionais (e pontuando AA – a partir de março IBERIA, face mudança da tabela).

      • Paulo queiroz disse:

        Caro Fábio,

        Uma dica, faça como o guia Michelin mande pessoas no seu lugar assim teremos relatos fiéis….Vc irá crescer ainda mais!

        Parabéns é mais sucesso!

        Abs.

Deixe uma resposta

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis