Classe executiva da TAP no A340 – São Paulo para Lisboa

Cias Aéreas Classe Executiva 79

Por Fábio Vilela

Chegando no aeroporto de Guarulhos fui direto pro guichê de prioridades da TAP pra fazer pegar meu cartão de embarque e despachar minha mala. O atendimento foi super apático, a menina que me atendeu sequer falou um “Boa tarde” – incrível como o pessoal anda amargo ultimamente né? Custa ser um pouco gentil?

Eu já havia feito o check-in online então era só pegar meu BP – quando ela me entregou, eu notei que estava na 5E, mas eu já tinha feito check-in na noite anterior e eu estava na 6E – o assento que eu queria. Perguntei pra ela quem trocou meu lugar – ela me respondeu (sem muita simpatia) que não sabia explicar o motivo, mas que o 6E estava bloqueado, que se eu quisesse mais informações poderia me dirigir até a loja da TAP.

Como eu estava com muito tempo e com paciência, lá fui eu pra loja da TAP. Aí uma funcionária também não sabia o motivo e foi lá dentro perguntar para uma supervisora – já que eu estava com o cartão de embarque no Passbook na 6E. Aí eu ouvi a supervisora falando que foi ela quem bloqueou, pois aquele assento seria de descanso da tripulação. Bom, menos mal que o motivo foi esse, se não ficaria possuído, brinks! Ainda bem que o 5E era logo na fileira da frente e também no meio – que era o que eu estava priorizando pois assim teria liberdade para sair da poltrona sem incomodar ninguém. Aliás, vocês já me conhecem né? Se tem algo quem me tira do sério é alguém pedir pra trocar de lugar ou meu assento “preferido” não estar disponível no vôo.

A TAP usa o lounge da Star Alliance no aeroporto de São Paulo que fica no Terminal 3 – como eu já tenho diversos relatos (leia um deles aqui) não vou escrever de novo.

Meu vôo neste dia foi operado por um A340-300 que se não me engano tem 26 anos de idade, então eu já estava mais do que ciente do que iria encontrar à bordo, já que o avião não foi reformado.

IMG_5912

Vôo TAP TP 082 – 01/04/2016
São Paulo (GRU) ✈ Lisboa (LIS)
Assento: 5E – Classe Executiva
Partida: 15:45 / Chegada: 05:35 +1 / Duração: 9h50
Aeronave: A340-300

Bom, o embarque respeitou o horário normal e também as prioridades e logo eu já estava à bordo deste avião “vintage”. Quando entrei achei por um momento que tinha voltado no tempo. Poltronas antigas, layout ultrapassado e uma cabine pra lá de cansada.

DCIM101GOPROGOPR4681.

Como vocês podem ver o layout é 2-2-2 dividido em 6 fileiras.

DCIM101GOPROGOPR4708.

Quem senta no meio não tem bin (compartimento acima para bagagem de mãos) então se o avião estiver cheio vai ter uma disputa pelos bins laterais.

IMG_5937

O couro que reveste a poltrona da frente em conjunto com este modelo antigo de business class fazem desta cabine uma marmota! O espaço não é nada satisfatório e a privacidade entre um assento e outro é praticamente zero.

DCIM101GOPROGOPR4675.

Nesta foto vocês conseguem ver mais de perto o “acabamento” das cadeiras. Eu fiquei no 5E até fecharem as portas – assim que eles anunciaram que o embarque estava encerrado eu mudei para 6A (janela) que estava vazia.

DCIM101GOPROGOPR4710.

Mais detalhes do estado de conservação da poltrona.

IMG_5946

O “buraco” onde você coloca os pés não tem apoio nenhum – somente uma curvatura – além de ser apertado.

IMG_5942

Há 2 compartimentos para você guardar os sapatos – entre um assento e outro.

IMG_5943

Não há divisória entre os assentos – já as tomadas ficam em lugares estratégicos – pelo menos isso né?

DCIM101GOPROGOPR4712.

Prefiro deixar que as próximas imagens falem por si só – grandes sinais de uso das cadeiras.

IMG_5948

O encosto do meu braço esquerdo estava completamente bambo – se eu apertava esta travinha pra ele descer, ele quase desmontava.

IMG_5930

O controle de posição do assento também era super vintage – talvez de 2 décadas passadas. Para deitar a poltrona somente neste botão azul em LED.

IMG_5917

O controle do IFE ficava também no descanso de braço.

IMG_5918

O fone de ouvido era de ótima qualidade e noise cancelling.

IMG_5961

O entretenimento de bordo era uma piada – além de ser super lento – acho que rodava MS-DOS, a variedade de programação era limitada.

IMG_5950 IMG_5953 IMG_5955

A TV se move de uma forma que você consegue incliná-la para baixo – ideal para quando você estiver deitado.

IMG_5972

Ainda em solo nos serviram champagne – quente por sinal. Os comissários deste vôo foram simpáticos e educados – todos aparentemente de bom humor.

IMG_5924

Foi então entregue o amenity kit junto com o menu.

IMG_5958

Estas latas são colecionáveis e há diversos modelos nas rotas internacionais que a cia opera.

IMG_5969

Dentro você encontra produtos de higiene pessoal, meia e tapa olhos.

IMG_5971

O cardápio e a carta de vinho vieram juntos, vamos dar uma olhada:

IMG_5962

 

IMG_5963

 

IMG_5964

 

IMG_5965

 

IMG_5966

 

IMG_5967

 

IMG_5968

Primeiro vieram os canapés – apetitosos e bem apresentados por sinal.

IMG_5978

Depois veio a salada – que eles montam na hora com todos os ingredientes que você quer + a sopa. Ambos saborosos!

IMG_5990

E daí veio o prato principal e eu levei um susto – pensei “Uai, mas não foi isto que eu pedi?!” Eu optei pelo rocambole de carne com arroz de catupiry e isto estava longe de ser aquilo. Indaguei a comissária que foi lá na galley ver o que aconteceu. De repente ela veio com a resposta “Sr. nos desculpe mas embarcaram o cardápio errado – todas as opções que servimos hoje não estão no cardápio”. Fiquei chocado por duas coisas – todos os passageiros estavam comendo algo que não pediram e não vi ninguém reclamar. E segundo, como embarcam a comida errada/ou cardápio?!

Não gostei nem da carne e nem deste arroz e perguntei se poderia trocar. A comissária, super gentil por sinal, me trouxe um prato do peixe e outro da massa – ambos para eu poder ver e optar por qual eu queria.

IMG_5998

Acabei escolhendo o peixe [que estava borrachudo] com este molho de tomate que também não estava nada demais. Fui infeliz nas duas opções.

IMG_6003

Por fim serviram os queijos e sobremesa. O bolinho de chocolate era com calda de café – ODEIO!

IMG_6006

E ao terminarem o serviço nos entregaram uma pequena barra de chocolate.

IMG_6007

Bom, agora chega a hora da tortura – o sono! Esta poltrona não é flatbed, ou seja, se encaixa no pior estilo tobogã que existe.

DCIM101GOPROGOPR4701.

Vocês podem ver que além da reclinação ser horrível (ergonomicamente falando) o casulo da poltrona também vai pra trás, ou seja, você tem seu espaço comprometido ainda mais pelo passageiro da frente quando ele está com o assento deitado.

É o típico assento que você dorme de cinto e acorda de coleira (sempre falo isto aqui), pois você vai escorregando e custa a achar uma posição confortável, ainda com as pernas pra baixo. A manta que eles entregam é boa e esquenta o suficiente e o tamanho do travesseiro também é satisfatório. Eu dormi muito mal, e foi impossível conseguir pegar em um sono contínuo.

Quero contar outro fato que aconteceu comigo – fui ao banheiro e enquanto eu estava lá o piloto ligou o aviso de atar cintos. Quando eu saí um comissário (mais velho por sinal) me deu uma bronca “O Sr. não está vendo que o aviso de cintos está ligado? Não pode ficar passeando pela cabine”. Sério, eu fiquei PASMO! Primeiro pela forma que ele me abordou (levei praticamente um coice) e segundo que ele viu que eu estava andando em direção ao meu assento [já que aquele banheiro era somente para classe executiva], então era óbvio que eu não estava desfilando pela cabine. Eu nem respondi, não iria perder meu tempo – eu já tinha tomado bastante vinho e estava super tranquilo, de boa na lagoa, rs.

DCIM101GOPROGOPR4705.

Quase chegando em Lisboa foi servido o café da manhã – frios com pães, iogurte e frutas – nada de prato quente como omelete por exemplo.

IMG_6011

Bom, como vocês puderam ler meu vôo teve altos e baixos. Ponto negativo com certeza fica pra cabine antiquada com assentos velhos e que não oferece um produto à altura para quem paga uma classe executiva. E ponto positivo para tripulação que 99% foi gentil, atenciosa e educada em servir.

Como não fui eu quem pagou os vôos desta viagem , não posso julgar o custo x benefício. Mas sei que a cia cobra sim um valor alto para vôos na Europa e que não é nada compatível com o serviço disponível à bordo. Aliás a TAP já anunciou que vai começar um processo de retrofit das aeronaves instalando modernos assentos e criando uma nova experiência para o passageiro (Somente nos A330) – mas enquanto isto não ocorrer a empresa não vai ser minha opção de classe executiva para o velho continente – preciso e muito melhor com urgência!

E vocês, já viajaram com a TAP? Como foi a experiência?

Avaliação

Média
5.7
Publicidade
Publicidade

79 respostas para “Classe executiva da TAP no A340 – São Paulo para Lisboa”

  1. Alvaro disse:

    Sei que o relato é sobre classe executiva, e se atém a ela em comparação com executiva de outras companhias, mas dizer que o sono nessa poltrona é uma tortura soa como uma afronta aos passageiros da econômica desta ou de qualquer outra companhia, que viajam em condições muito piores.

  2. Victor disse:

    oi Fábio. Fui dia 26/05/2018 de GRU-Lisboa num A-340. Simplesmente horrível, exatamente como você descreveu há exatos 2 anos! Isso mesmo, tudo continua igual. Já a volta, que foi hoje, dia 09/06/18, como iria voltar de Lisboa para Fortaleza, não tinha certeza da aeronave e… para minha surpresa, a mesma, PODRE! Ambos os trechos de executiva.

  3. Ricardo disse:

    Voei neste ultimo mes de novembro ,2 vezes no A 340 classe executiva.Experiencia de gado.
    Tenho dores nas costas ate agora.Desrespeito total.Quem compra nao e avisado que vai voar em um aviasoo lixo.Poltronas apertadas,bagageiro insuficiente.
    Ultima opção. So se nao tiver outro jeito.E e muito cara tb igual as outras.
    Lixo

  4. SONIA REGINA MENEZES disse:

    Fabio, sexta feira ultima 24/11, chegamos no voo 087 TAP na classe executiva, poltrona 2A e 2B, as duas estavam com defeito mas a minha 2B ainda conseguiram reclinar manualmente por um dos comissários mas do meu marido a 2A ficou toda emperrada e ainda com um calombo nas costas … deram e ele almofadas p ele suportar…ficou p da vida. Agora gostaríamos de dicas de como proceder p ter algum ressarcimento, obrigada!!

  5. Jorge Iorio disse:

    Ao contrario das opinioes aqui postadas, nada tenho a reclamar da TAP. Os voos que fiz a partir de Confins sempre foram bem agradaveis. Os comissarios e os funcionarios de atendimento sempre muito educados e solicitos. A comida servida de boa qualidade, principalmente, o “escondidinho”. Nunca deparei-me com poltronas quebradas ou rasgadas. As aeronaves sao antigas e verdade mas, sempre causam uma boa impressao tal e o estado de boa conservacao dos modelos A 330 ou por vezes A 340. Voltarei a viajar pela TAP, com toda a certeza.

  6. Anderson Pereira disse:

    Farei a viagem em maio/17 e postarei minhas impressões. Será no A340-300, Guarulhos/Lisboa, poltrona 3H. Ao menos já sei que irei de poltrona Tobogã. Que lástima. Alguém mais já foi nesse vôo agora em 2017? Abraços a todos.

  7. Rosana disse:

    CHOCADA com as poltronas da Tap Executive !!!!!!!

  8. Antônio Nazaré disse:

    Estou rastreando os comentário para decidir minha viagem de abril 2017 , em classe Executiva

    Até agora a TAP está sendo reprovada.

  9. sergio. disse:

    Dois anos atrás, viajei de campinas a lisboa na executiva Tap, acho que tive sorte, tudo foio ótimo: poltronas modernas, aperitivos, educação dos comissários, alimentação.. etc…
    Como disse, acho que tive sorte pois a aeronave era muito nova, moderna mesmo. Não consigo dormir em viagens noturnas, mas logo após o juntar….. apaguei… e ao acordar, já estava sobre Lisboa.
    Viajei em 2014.

    Sergio W. Santos – Indaiatuba – SP.

  10. João disse:

    Olá, Fábio. Por acaso viajei poucas semanas antes num A343 idêntico à saída de Guarulhos. Só viajei duas vezes em executiva nesse avião: essa e uma há 15 anos atrás. Nada mudou desde então, haha. Mas vamos ser justos: apesar de mais recentes (alguns), os A332 podem ter uma classe executiva mais agradável à visão, mas o conforto é quase o mesmo, já que é o estilo tobogã que você falou.
    Mas tenho boas notícias: os A343 (são 4 em operação) vão ser descontinuados assim que o valor do petróleo subir; só os mantêm em operação porque o preço da commodity está suficientemente baixo para conseguir rentabilizar voos em aviões de 4 turbinas. Quando subir, passa tudo para aviões bimotores (A332 e/ou A339). E se os segundos já irão ser entregues com a versão Airspace da própria Airbus (vale a pena conferir), os primeiros vão se adaptar com poltronas lie-flat no layout 1-2-1 durante o próximo ano.
    Enfim, é esperar…

    • João disse:

      Ah, duas coisas que esqueci:
      1) Quando encontrar a bordo o Churchill’s Estates Grande Reserva, experimente-o. É o melhor vinho que servem, mas infelizmente é raro de encontrá-lo.
      2) Cuidado com as poltronas nas fileiras mais atrás: é comum você ficar sem a primeira opção de prato porque começam a perguntar pelas primeiras fileiras qual é o prato que desejam. Quando chegam às últimas, a melhor opção já foi à vida. Apesar de um colega ter dito que prefere a primeira fileira, eu prefiro a segunda. Se a primeira tem mais espaço para mexer as pernas (porque não ficam presas por baixo do assento da frente), por outro lado o monitor fica muito longe.

  11. Hugo Sousa disse:

    é verdade que os 4 A340 da TAP têm uma executiva fraca, principalmente devido às poltronas. Criticar comida não estou de acordo não. Tem sempre 4 opções, vinhos são bons, serve sopa (quase nenhuma empresa serve mais!). Em alguns A-330 também não está boa mas noutros o produto já é bom e acima da média.
    Contudo, acho que convém não esquecer que TAP é das empresas mais seguras do mundo, sempre aparece bem alto em qualquer ranking. Não é hábito não ouvir falar mal da TAP por questões de segurança. Sempre viajei Air France e KLM mas nos dois últimos que fiz (Montreal – Paris) e Amsterdam – Kuala Lumpur, a tela do meu assento em business não funcionou e no vôo KLM (747) naquela parte da cabine (este vôo foi em económica) ninguém teve entretenimento a bordo pois não funcionou em nenhuma poltrona! Não concordo com mania de sempre criticar a TAP, o que eu acho mal é Brasileiro ter que pegar companhia Portuguesa pois a TAM quase não tem vôos!!! Acho sim as poltronas do A340 velhas demais mas a TAP tem grandes níveis de segurança e isso para mim é o fundamental.

  12. Felipe França disse:

    “Quando eu saí um comissário (mais velho por sinal) me deu uma bronca “O Sr. não está vendo que o aviso de cintos está ligado? Não pode ficar passeando pela cabine””

    Ahhh, a estupidez típica portuguesa! Digo típica pois se eu resolver descrever todas as experiências parecidas que tive com esse povo, conseguiria encher um livro, sem exageros. As vezes é melhor mesmo fazer ouvido de mercador como você bem fez, do contrário, é capaz de se aborrecer ainda mais.

  13. Flavio disse:

    A executiva LIS-BSB é ainda pior. Avião também velho, tela minúscula para entretenimento, com filmes em sequencia (ou seja, você não escolhe).

  14. mkm4 disse:

    Ótimo relato Fábio! A TAP é péssima e prefiro sempre fazer um voo com conexão do que voar com ela. Já relatei aqui uma vez sobre o péssimo atendimento que tive. Estava voando de business, a champanhe de boas vindas foi servida e esqueceram de servir meu marido (que estava com o braço fraturado). Sem problemas, isso pode ocorrer. Gentilmente pedi ao comissário que servisse uma taça para ele e…. troféu coice!! Levei uma reprimenda muito grosseira pois ele poderia servir só uma!!! Os comissários são muito rudes, o assento da business é ultrapassado, o IFE é fraco.. enfim, existem outras cias muito melhores.

  15. André M disse:

    Eu curto muito a carta da TAP e, além disso, nunca tive dor de cabeça com eles. É certo que os aviões são velhos e esse tobogã é cansativo, mas a seleção portuguesa faz bonito. De todos, o favorito é o Callabriga, ainda que absurdamente jovem. Acho que para ficar redondinha, a carta poderia ter um Moscatel de Setúbal ou um Late Harvest como alternativa ao Porto.

  16. Fernando Gomes disse:

    Já tive uma situação bem semelhante do banheiro, rs. O avião tinha decolado e uns 20min depois fui ao banheiro, achando que era na frente, por ser executiva. Chegando lá, ou estava ocupado ou não tinha (não lembro direito, isso tem uns 3, 4 anos), mas a própria comissária da executiva me orientou a ir ao outro banheiro. Daí fui no banheiro que fica entre a econômica e executiva e uma outra comissária (tb mais velha) começou a gritar comigo, gritei de volta e fui bem rude tb. A outra comissária, mais novinha me pediu desculpa e pediu para eu não ligar, rs…

  17. Maria do Carmo Ducco disse:

    Fábio, gosto muito dos posts, sempre que tento
    Mandar uma msg aparece o seguinte:


    Detectado comentário repetido; parece que você já disse isso!”

    • Maria do Carmo Ducco disse:

      Agora foi kkk
      Enfim, achei que estava bloqueada. Bom saber destas informações da TAP, porque eu penso em ir para Portugal em setembro com a mesma . A Kayak tem
      Mandado preços da executiva na faixa de 9400,00 reais. Caro demais para esta qualidade de executiva.
      Quanto aos comentários de erro de português, também acho deselegante ficarem postando por aqui.
      Abs

  18. Beth disse:

    Também tive a mesma experiência, mas pra mim pelo menos o cardápio estava certo! Qual na sua opinião seria a melhor cia p Lisboa?

  19. steve disse:

    No doubt TAP has seen better days. Standards have plunged dramatically in the past several years. Long-haul fleet refurbishment does not seem to be a priority here. Those shabby-looking seats are a shame, and cabin service/catering is far from satisfactory, to say the least.

  20. Hernan Van Norden disse:

    Não fiquei surpreso do seu TR póis a TAP e uma das companhias aéreas que tento evitar SEMPRE entre a Europa e Sudamérica. Acredito que pelo mesmo preço eles poderiam ter levado você via MUC, FRA ou ZRH, ne?
    Abraço!

  21. Keyllon disse:

    Nossa Fábio…minha sogra viajou e odiou, disse que eles eram super grossos e também odiou a comida…Espero que com a compra da TAP pelo David Neeleman as coisas melhorem por que hoje só ouço reclamações. Nunca voei com eles e também não tenho vontade não…

  22. Fernando Albuquerque disse:

    Fábio, lendo todos os posts, achei muito engraçado o comentário do NOSTROMO acerca de um “TROFEU COICE”. Poderíamos aqui institucionalizar, ao fim de cada ano, uma lista das cias aéreas e afins que mais se destacaram nessa categoria. KKKK.

    • Fábio Vilela disse:

      Sabe que achei interessante também, rs.

      • Enorê Bondan Filho disse:

        Oi Fábio,

        Mesmo sendo off-topic, mas tratando de “Troféu Coice” (hehehe). Vou citar um caso curioso, isentando todas as grosserias que já ouvi em diversas cias. aéreas: Resgatei um ticket de business com milhas Lifemiles para o vôo POA-LIM, e tu acreditas que no início do vôo, a comissária se direcionou a mim em alto e bom som, falando: “Senhor, pelo fato de sua passagem ter sido emitida com milhas, NÃO lhe serviremos o serviço de bordo nesse vôo!” HÃ???? Bom, no fim acho que ela se esqueceu e me serviu café da manhã (melhor assim). Abraços e não liga para as correções…

        • Fábio Vilela disse:

          Não acredito?!
          Que absurdooooo!!

        • João disse:

          Isso é a sério? E não lhe ocorreu dizer que foi emitida com milhas porque você ganhou essas milhas… voando? Eu iria ser extremamente grosso: ia pegar a nota mais alta que tivesse e ia enfiar dentro do casaco dela, tipo stripper, perguntando se assim ela já se dignava a servir-me. No fim, processava a companhia.

    • Salvatore Carrozzo disse:

      HAuhaUHUAhUAHUAh…..acho ÓTIMA a ideia! Troféu Coice! Seria mesmo massa, ir juntando os coices e no final do ano fazer uma votação.

  23. Ana Cristina Rissotto disse:

    Fábio, bom dia. Sou nova aqui no site e gostaria de dizer que estou gostando muito da experiência de ler teus relatos, pois fazem muita diferença na hora de escolhermos cias aéreas e hotéis. Estou adorando! Gostaria de tirar uma dúvida: quando acontece algo desagradável, como a falta de educação deste comissário, tu costuma entrar em contato com a cia aérea e reclamar? E a respeito da conservação das aeronaves, faz algum tipo de reclamação? Agradeço a atenção.

    • Fábio Vilela disse:

      Olá Ana,
      Geralmente se é algo que prejudicou minha viagem – caso o assento estivesse estragado ou a TV não funcionou eu até reclamo.
      Agora falta de educação de comissário não contato a cia aérea não.

      • Daniel disse:

        Caro Fábio,

        Contribuindo com o tema indicado pela “novata” no site.

        Reclamei em uma situação recente com a AA: nosso voo JFK-GIG atrasou 3 horas e, durante tal “estadia” no interior do avião (alegaram que seria um problema no pneu, já com todos embarcados), minha esposa passou a ter considerável fome. Solicitamos à comissária de bordo, na área em que estavam (ou seja, levantamos e fomos até lá), a possibilidade de nos servir algum snack. Ouvimos, em plena classe executiva do 777-200, um sonoro NÃO. De pronto, minha esposa respondeu que estava com queda de pressão por hipoglicemia; de pronto, outro comissário ouviu e forneceu um pão seco. Cheguei ao Brasil e mandei um e-mail literalmente esculachando o tratamento conferido a passageiros de executiva PAGA. A resposta beirou o ridículo: no sentido de que o passageiro pode levar comida caso o queira. De pronto respondi dizendo estar assustado com a “sugestão” para os passageiros em business, ou seja, de que estes levem lanches. Desculpando-se pela resposta anterior, conferiram 5.000 Aadvantage para mim e 5.000 para a minha esposa.

        Não sei se ajuda o relato, mas fica o registro.

  24. CRISTIANO ANDRADE disse:

    Fiz apenas um ida-e-volta com a TAP ano passado no A330.
    O serviço e cordialidade da tripulação foi ótimo, tanto nos vôos intercontinentais quanto nos intra-europa, e foi o que se destacou, boa comida, bons vinhos, bom atendimento. E isso pesou pra mim porque estava viajando com esposa e filha de de 4 anos, e eles foram ótimos com minha filha.
    Quanto a poltrona, realmente perde de todas (ou quase todas) opções para se voar para Europa.
    Mesmo assim, ainda acho que vale a pena em algumas situações.
    Não vale a pena com passagens Business pagas, pois pelo valor que eles cobram certamente você conseguirá opções melhores (mesmo sem as promoções atuais da TAM).
    Mas pode valer a pena para emissão com milhagem pelas seguintes razões:
    – Normalmente tem boa disponibilidade de assentos no mesmo vôo (podendo emitir para família toda sem grandes dificuldades)
    – cobram apenas 50% das milhas para crianças (isso é imbatível!!)
    – você pode viajar para Europa com menos milhas (bem menos) na Saving Season (ida-e-volta por 100 mil milhas é muito mais “barato” que qualquer outra opção)
    – você tem boas opções de transferência de milhas de cartões de créditos nacionais, e se tiver sorte ou paciência, ainda pode aproveitar as ofertas de bônus nas transferências (menos frequentes que TAM, Smiles ou Azul, mas ainda assim no ano passado foram muito boas).
    Então imagina uma família de 4 pessoas (2 adultos e 2 crianças), serão necessárias apenas 300 mil milhas para ida-e-volta para Europa na Business da TAP e com grandes chances de você efetivamente conseguir os 4 lugares. Essas 300 mil milhas (se você emitir na LATAM em econômica sairiam 280 mil milhas), se você teve sorte e usou alguma transferência de cartões com bônus, acabam sendo ainda bem menos. Pode ser uma excelente opção.

  25. Maria do Carmo Ducco disse:

    Bom dia Fábio

    Bom ler este post. Planejo ir para Lisboa em Setembro e tenho recebido ofertas da Kayak para classe executiva na faixa de R$ 9.400,00. Já achei caro demais e agora com esta informação da TAP,
    Vou procurar novas opções. Qual, na sua opinião, uma boa opção para São Paulo/Lisboa na classe executiva? Tenho milhas Múltiplus.
    Grata

  26. Sergio Mena Barreto disse:

    Esse ano fui duas vezes a Lisboa, a trabalho. Me recuso a ir de TAP, então nas duas vezes fui via Madri, de Ibéria e TAM. O motivo é simples: fico dois dias doente da coluna por causa da péssima poltrona “Recaro”, que eles fazem questão de divulgar como sendo ótima. E não adianta pegar avião menos velho: a poltrona é a mesma porcaria.

    Para mim, esta poltrona é a pior de todas que já voei na vida ( perde até da antiga poltrona da Business da AA, que era uma lástima ). Então prefiro pegar uma conexão via outra cidade europeia, do que ir no voo direto. De vez em quando tenho uma recaída mental – “ah, mas já vou direto pra reunião” – mas o pensamento se esvai em menos de um minuto. Já estou até acostumado com a conexão.

    • Fábio Vilela disse:

      Sergio,
      Concordo com você – também prefiro fazer conexão e chegar mais “inteiro” no destino.

      • Maria do Carmo Ducco disse:

        Prezado Fabíola

        Após seus maravilhosos posts, sempre quero fazer um
        Comentário. Sempre na hora que dou o enter, aparece a mensagem: comentário repetido,
        Vc já disse isto (mais ou menos assim).
        Saberia me dizer porquê?
        Eu sempre elogio porquê adoro, então não deve ser bloqueio.

  27. Marcelo disse:

    Moro em João Pessoa e a opção mais cômoda,para nós,é embarcar por Recife. Sendo assim,já fui diversas vezes à Europa pela executiva da TAP. A minha maior queixa sempre foi o atendimento,pouco cordial em diversas vezes. Sempre acho que é uma verdadeira loteria você ter a sorte de pegar uma tripulação amigável e gentil,mas sempre achei que a alimentação era um ponto positivo da companhia. Ano passado, viajei pela executiva da British e também não achei a tripulação muito gentil. Agora,todas as vezes que viajei pela executiva da TAM, fui bem atendido.Claro que minha avaliação é primária,uma vez que nunca viajei nas executivas das companhias asiáticas.
    Finalizando,continue nos brindando com os seus excelentes relatos!! Coisa de um verdadeiro profissional!!

  28. Fábio Vilela disse:

    Pessoal, esta discussão não vai levar ninguém à lugar nenhum.
    Eu mesmo já falei que vocês podem corrigir e criticar à vontade, só assim pra eu melhorar. Erros de concordância, gramaticais, etc irão acontecer sim, mas por outro lado, não vejo necessidade de fazerem estas ressalvas nos comentários em todos os posts, pois acaba por desviar a atenção para o que realmente importa que é a avaliação do serviço.

    E pra quem fala que não tem canal de comunicação direta comigo está muito enganado, ali embaixo tem o formulário para contato onde vocês conseguem mandar mensagem privada.

    Agora nada justifica uns atacarem os outros por causa disto, o intuito do site não é esse. Então vamos dar este assunto por encerrado, ok?

    • Keyllon disse:

      Fábio comentei sem ler todos os posts só depois vi o que vc colocou sobre os erros de português. Como já disse em outro post, isso realmente está chato, inconveniente toda hora um professor “Pasquale” de plantão, além de ser MUITO chato tira o foco total da coisa. Aqui trocamos experiências sobre viagens, hotéis, aviões, elogios e reclamações. Se os erros incomodam tanto, parem de ler, leiam o Diário Oficial, comprem uma gramática po…Acho PERFEITO a forma dos seus textos, ricos em detalhes, com humor, vc tenta nos passar tudo poxa. NÃO trabalho no setor de viagens, mas TODOS os dias vejo seu site TODO SANTO DIA. Quando não entro sinto que falta algo, alguma informação no meu dia. NÃO deixe as críticas te desanimarem, vc tem muitos fãs, fiéis até…
      Forte abraço, vc arrebenta SEMPRE!!!

      • Salvatore Carrozzo disse:

        Oi, Keyllon, tudo bom?
        Eu realmente não entendi a lógica do: “Se os erros incomodam tanto, parem de ler, leiam o Diário Oficial, comprem uma gramática”. Poderia me explicar? Obrigado.

  29. Leonardo disse:

    “O couro que reveste a poltrona da frente em conjunto com este modelo antigo de business class fazem desta cabine uma marmota!”
    Hahahahahahahaha morri com essa frase

    O catering é embarcado depois da tripulação e antes dos passageiros. E tudo é conferido antes do embarque começar! Que erro feio ou preguiça da tripulação de passar as opções corretas de menu pra vcs.

  30. FabinhoBP disse:

    Xara, ao ver este aviao pre-historico, me recordo das recentes mudancas de aeronaves da AA, encarei algumas neste ultimo ano, o 77W pelo 777-200 de layout antigo.
    Quando a pessoa tira o bilhete com milhas acho que nao deve ser tao traumatico, mas para nos que viajamos muito e quase sempre pagando bem mais pelo conforto e necessidade de chegar ao destino mais inteiros, e realmente muito desagradavel, eu fico muito “P” da vida.

  31. Salvatore Carrozzo disse:

    Acho que os portugueses conseguem ser mais “cavalos” que os italianos.. 🙁

  32. Paulo disse:

    Fábio,
    Aproveitei a promoção da executiva da TAP do final de dezembro/2015 (acho que você postou aqui!) e voei agora em março pra Madri com um looongo stopover em Portugal na volta.
    Bom, meus voos foram tranquilos e as refeições foram embarcadas certinhas… rsrsrs
    Considerando as opções de classe executiva pra Europa no mercado, só acho que a TAP valha a pena se for uma ÓTIMA promoção. É um produto honesto, mas longe de ser encantador (os vinhos são).
    Juntando o útil ao agradável, nesta viagem consegui o status Elite Silver no KrisFlyer. 😀
    Abraço!
    Paulo.

  33. Mauricio disse:

    Fabio (ou alguém que saiba responder!) – tenho um vôo daqui a um mês, saindo de Belo Horizonte com destino a Lisboa, pela Tap (emiti a passagem na ultima promoção do Smiles). Alguém sabe se essa é sempre a aeronave utilizada? Pergunto pois há pouco tempo o Fabio postou um outro report da Tap com uma executiva melhorzinha (nada demais, mas me pareceu bem melhor do que a desse report!). Em outras palavras, há como descobrir a aeronave que será utilizada, ou terei essa informacao somente na hora do check in? Obrigado!

    • Nostromo disse:

      Tente com o numero do voo e a data através do app seatguru disponível para iOS. Você tera uma ideia da configuração que normalmente é usada nesta rota .Ja sai de Confins com A330 e A340, ambos bem melhores que este reportado pelo Fabio. Fiquei surpreso!!!

  34. Nostromo disse:

    Sinceramente é a primeira vez que vejo equipamentos melhores sendo usados em outra rota que não seja GRU. Confesso que ja peguei 3 voos da TAP saindo de CNF com aeronaves melhores que esta que vc reportou. Um inclusive era um 340. Obviamente que a executiva não era uma padrão alemão, mas que era melhor que esta ai, com certeza. Em relação ao tratamento de alguns membros da tripulação, embora sejam vários os relatos da rispidez do staff da TAP, se criassemos um TROFEU COICE, dificilmente a AA perderia. Vocês concordam???

  35. Marcio Correa disse:

    Esta executiva “meia-boca” dos A 330 e 340 da TAP, ja deveriam terem sido reformuladas ha tempos…. Vamos ver agora, com a Azul enviando seus A330 para TAP, se teremos a chance de voar num deles ja reformados. Li que esta semana que o PR-AIY foi pintado nas corres da TAP e que agora sera o CS-TOS. Não sei se este avião ja tem o interior “moderno”. Se não, acho que só com a chegada dos A350 na TAP teremos uma executiva mais digna de assim ser chamada.

  36. Luis Rocha disse:

    O peixe com molho de tomate estava no cardápio, hehe.

    É impressão minha ou agora todo mundo deu pra achar erros no texto. Se não existem erros grosseiros, que diferença faz um ou outro errinho de concordância?

    • Salvatore Carrozzo disse:

      Luis, o Passageiro de Primeira está longe de ser um blog/site amador. E se estamos todos e todas aqui é pq gostamos dele. Por isso, uma gramática correta é o exigido pelos leitores. Gramática fraca denota falta de compromisso e qualidade (e temos certeza que não é o que Fábio quer para sua “cria”).

      • Luis Rocha disse:

        Entendo, só acho um pouco inconveniente ficar fazendo essas observações aqui nesse espaço. Conforme um leitor sugeriu em um outro post, esse tipo de observação poderia ser feito no privado.

        • Salvatore Carrozzo disse:

          Concordo, seria o ideal. Mas um leitor, que justamente fazia uma observação sobre a gramática, comentou em outro post que não há um espaço para comunicação direta com o autor do site.

          • Fábio Vilela disse:

            Salvatore,
            Tem espaço sim, basta ir no campo contato do site.

          • Salvatore Carrozzo disse:

            Legal, Fábio 🙂
            Como disse, baseei minha informação no comentário de um leitor em outro post. Acabei caindo no erro de não verificar.

          • Luis Rocha disse:

            Alguém poderia se voluntariar e revisar os textos para ele, assim os textos seriam postados já corrigidos e dentro das expectativas de vcs 🙂

          • Fábio Vilela disse:

            Luis,
            Obrigado pela sugestão mas é totalmente inviável alguém revisar meus textos.
            O pessoal vai ter que se contentar com meus erros enquanto vou aprendendo.

  37. Rodolfo disse:

    Oi Fábio, viajo sempre na executiva da Tap apenas por comodidade já que é a única cia que tem voos diários para Europa. Devo concordar que os aviões precisam ser trocados urgentemente. Já voei no A-340 uma vez e vou viajar novamente em junho. Esses aviões já deveriam estar aposentados. Mas, enquanto esse dia não chega, vale uma dica: os assentos da primeira fileira são menos péssimos!!

    • Fábio Vilela disse:

      Ahhh vou anotar a dica Rodolfo, obrigado!

    • Fábio disse:

      Rodolfo, por favor, poderia me explicar porque são melhores os da primeira fileira? Estou com viagem marcada em Março e queria marcar os assentos logo. Obrigado.

      • GLAUCIA disse:

        Viajei em Agosto pela TAP e peguei os assentos da primeira fila….a TV fica tão…tão distante que quase precisava de binóculos e a luz da cabine ficava na direção da minha poltrona me atrapalhando mais ainda de ver TV e de dormir.
        Não gostei mesmo, não repetirei.
        Por sorte a volta foi de Air France….muuuitooo melhor!!!

  38. Huang disse:

    Obrigado pelo relato, seu sofrimento evitará sofrimentos futuros dos seus fãs.

  39. Roberto disse:

    TAP = Take Another Plane

    Você é um diplmata Fabio ! 99% de gentileza para a tripulação depois de levar um fora.

    Agora, para variar mais um erro de concordância do nosso blogueiro favorito:
    “Primeiro veio os canapés”.
    Que tal:
    “Primeiro vieram os canapés”

Deixe uma resposta

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis