Classe Executiva da Turkish Airlines no A340 – Barcelona para Istambul

No outro dia meu vôo com a Turkish iria sair pela manhã do aeroporto de Barcelona, então levantei cedo pois gosto de chegar com bastante antecedência.

O check-in da TK só abre com 3 horas antes do vôo, então ainda tive que esperar um pouco até poder ser atendido. Durante o processo, eu pedi pro funcionário etiquetar minha mala somente até Istambul (e não até meu destino final) já que eu dormiria uma noite lá e queria ter meus pertences comigo. Ele então etiquetou somente até IST e eu pude retirar minha bagagem lá no aeroporto.

A Turkish não tem lounge próprio e usa a sala Miró – a mesma que as outras cias da Star Alliance usam – inclusive a Singapore nos vôos para o Brasil. Como eu já tenho review dela aqui no site, não vou fazer outro pois nada mudou.

Na hora prevista fui pro portão onde tivemos que embarcar em uma posição remota, ou seja, de ônibus. Assim que nós começamos a nos aproximar do avião e eu vi 4 motores, pensei: Ihh, deu m*****! Este meu trecho era para ter sido operado por um A330-300 com a nova configuração de classe executiva, mas quando vi o A340 estacionado, já sabia o que iria encontrar pois já voei nele e sei que a business class é uma vergonha. E olha que até o dia anterior eu tinha checado no sistema (pois eu sei que a TK muda constantemente aeronaves) e ainda estava o A330, mas mesmo assim mandaram o A340.

Vôo Turkish Airlines TK1854– 09/08/2016
Barcelona (BCN) ✈ Istambul (IST)
Assento: 6A – Classe Executiva
Partida: 11:35 / Chegada: 16:05 / Duração: 3h25
Aeronave: A340-300

Bom, o layout desta classe executiva super vintage é 2-2-2 dividido em 06 fileiras.

DCIM103GOPROGOPR1683.

O design destas poltronas é bem antiquado e para vôos longos não é nada confortável. Ao entrar na aeronave ninguém veio nos receber, ou seja, cada um que se vire, rs.

IMG_4779

Para quem viaja sozinho a melhor pedida é sentar nos assentos do meio já que assim você não precisa incomodar ninguém na hora de levantar. Apesar de gostar da TK eu acho os comissários(as) muito mal humorados – poucas vezes você vê eles dando um sorriso ou sendo prestativos.

DCIM103GOPROGOPR1686.

Caso você opte por sentar na janela terá dificuldades em sair se o passageiro do lado estiver com a poltrona na posição deitada.

DCIM103GOPROGOPR1676.

O espaço entre a cadeira de trás e da frente é até satisfatório.

DCIM103GOPROGOPR1679.

O controle de posição era bem antiquado assim como todo o avião.

IMG_4788

Tomada universal e entrada de áudio ficavam na lateral.

IMG_4789

A cadeira deitada é uma vergonha – na verdade é pior que o tobogã, esta eu apelidaria de gangorra.

DCIM103GOPROGOPR1689.

Além de não ser total flatbed, o descanso dos pés é “bambo”, ou seja, assim o peso das suas pernas faz com que ele caia toda hora.

DCIM103GOPROGOPR1691.

Já imaginaram enfrentar 14 horas nesta cadeira?

DCIM103GOPROGOPR1694.

Tirei foto de todos os ângulos pra vocês verem que realmente deixa a desejar.

DCIM103GOPROGOPR1699.

O fone de ouvido já estava gasto, mas apesar disto era noise cancelling e de boa qualidade.

IMG_4792

O controle do IFE era o padrão encontrado em outras cias aéreas.

IMG_4791

A tela da TV era grande porém com qualidade baixa de imagem.

IMG_4773

Apesar de ter uma programação até variada, o IFE era lento e antiquado.

IMG_4803

E acreditem se quiser, ele funcionou somente durante a decolagem, depois disto ele travou e ninguém (em nenhuma poltrona) conseguiu assistir algo.

IMG_4804

IMG_4805

A Turkish tem chef à bordo (da empresa de catering DO&CO) em alguns vôos, e pra minha sorte neste meu trajeto tinha uma. O serviço começou com essas bebidas sem alcool. Optei pela de limão que é minha favorita.

IMG_4784

Depois foi entregue o cardápio junto com a “carta de vinhos”.

IMG_4801

Para um vôo “intra-Europa” digamos que a TK tem um ótimo serviço de refeição.

IMG_4800

Aliás, confesso que não entendi a participação da chef no meu vôo. As entradas já vieram todas prontas – ela não preparou nenhum. E os pratos quentes ela apenas desembrulhava na frente do passageiro e colocava na mesa. Oi?!

IMG_4826

Em relação à comida não tenho o que reclamar – sempre muito bem servida e boa qualidade, afinal conforme falei, é tudo da DO&CO. Um fato engraçado aconteceu – perguntei ao comissário quais os vinhos que tinha disponível – ele falou “Vinhos turcos”. Rs – paciência nota 1000!

IMG_4814

De prato principal optei pela carne com legumes e arroz – poucas vezes comi uma carne tão boa e realmente com gosto de churrasco – nota 10!

IMG_4823

Apesar do assento não era 1001 maravilhas, tenho que confessar que é melhor que muita executiva que as cias européias oferecem, tanto no conforto quanto no quesito refeições. Quanto à isto a TK é infinitamente superior as concorrentes e merece todo o destaque. Agora se formos analisar o avião e a qualidade da cabine para um vôo longo, ele deixa muito a desejar, não concordam?

Aliás, não tem nada que mais me tira do sério que mudança de aeronave de última hora. Vocês já passaram por isto?

Hotel de trânsito gratuito pela Turkish

Como eu iria pernoitar em Istambul, aproveitei o benefício da Turkish Airlines que oferece hospedagem grátis ou tour pela cidade aos passageiros em trânsito. Como eu já conhecia a cidade, optei pelo hotel (já que você tem que escolher um OU outro).  Aliás para quem não sabe vou explicar como funciona e as regras de utilização desta oferta:

  • Você precisa estar viajando entre 2 destinos internacionais da Turkish.
  • Conexão mínima de 10 horas entre os vôos para os passageiros da Classe Econômica e 7 horas entre os passageiros da Classe Executiva. Não pode haver nenhum vôo para o seu destino neste intervalo, mesmo que na hora da compra da sua passagem não houvesse lugar disponível.
  • Tanto o vôo de chegada e partida de Istambul devem ser puramente operados pela Turkish.
  • Não é possível reservar o hotel ou tour, você retira o voucher no Hotel Desk no aeroporto de Istambul.
  • A estadia cortesia máxima no hotel é de 2 noites.

Para pegar o voucher da hospedagem você deve se dirigir ao balcão da Turkish chamado de Hotel Desk (que fica em frente ao Arrival Lounge, do lado do Starbucks) e apresentar sua reserva e seus cartões de embarque. Da última vez que estive lá eles me oferecem duas opções uma perto do aeroporto e outra perto da cidade – desta vez não pude escolher e eles me mandaram para um hotel chamado Euro Park SPA & Wellness – que era PÉSSIMO!

OBS:  Independente se você ficar no centro ou perto do aeroporto a Turkish vai organizar uma van para te levar e buscar. O hotel que me ofereceram da outra vez foi Renaissance Polat, pertinho do aeroporto e muito bom. 

Ao fazer o check-in no hotel o funcionário pede seu passaporte que fica RETIDO na recepção até o seu check-out. Nunca vi esta política, mas não tinha nada para ser feito, então tive que aceitar.

 

DCIM103GOPROGOPR1711.

Este hotel que me colocaram era longe do aeroporto (45 minutos) e longe da cidade, ou seja, fiquei praticamente ilhado. Para chegar a cidade era no mínimo 1h45 minutos de carro, ou seja, nada prático!

O quarto apesar de parecer OK, estava com o ar condicionado quebrado e o wifi era praticamente uma conexão dial-up. Pedi para trocar mas não fui atendido, afinal era “cortesia” da cia aérea – o que achei um absurdo.

DCIM103GOPROGOPR1712.

Pelo menos o banheiro era limpo e adequado.

DCIM103GOPROGOPR1714.

DCIM103GOPROGOPR1716.

No outro dia de manhã no horário estabelecido a VAN veio me buscar para me levar de volta pro aeroporto. Apesar do benefício ser uma vantagem e cortesia ao cliente, a TK precisava estabelecer melhor as parcerias com os hotéis afinal o passageiro em trânsito já está cansado e quer praticidade entre um vôo e outro, e não stress.

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
7,3