Classe Executiva da Turkish Airlines no B777-300ER – Buenos Aires p/ São Paulo

Cias Aéreas Classe Executiva 26

Por Fábio Vilela

Depois de 2 noites em Buenos Aires era hora de finalmente voltar pra casa. Meu trecho entre a capital argentina e São Paulo foi operado pela Turkish Airlines.

Para quem não sabe, existem 3 cias aéreas estrangeiras que voam c/ aviões widebodies (Boeing 777) em rotas transatlânticas p/ o Brasil e que estendem o trajeto até Buenos Aires, permitindo assim que os clientes comprem somente este trecho entre Brasil e Argentina. São elas: Turkish e Qatar saindo de SP e Emirates saindo do RJ. É uma ótima chance de quem tem vontade de conhecer uma cabine superior já que o valor destas passagens com milhas/pontos geralmente são bem atrativos levando em conta o custo x benefício.

O check-in tinha uma fila preferencial p/ passageiros elite e classe executiva – que por sinal estava super vazia. Prontamente fui atendido e já estava com meu cartão em mãos p/ embarcar.

Na hora do raio-x me chamou a atenção um fato curioso (pode ser sido atípico) – mas não havia bandejas para nenhum passageiro. Todo mundo colocando os objetos pessoais direto na esteira do raio-x – inclusive os sapatos. Aliás, a fila estava ENORME, muito cheia mesmo. Olhei ao redor p/ saber se as bandejas estavam em algum lugar, mas nada – não tinha mesmo.

img_1572

A Turkish Airlines usa a sala vip exclusiva da Star Alliance (que você confere o review aqui) – novamente achei o buffet SUPER fraco e o wifi quase que inoperante de tão lento. Só vale a pena mesmo pelo conforto do ambiente porque de resto ela deixa muito a desejar.

O avião saiu no horário e pouco antes da hora do embarque eu já estava no portão afinal (na maioria das vezes) preciso sair correndo p/ conseguir tirar as fotos, rs.

img_1573

Vôo Turkish Airlines TK16 – 10/04/2017
Buenos Aires (EZE) ✈ São Paulo (GRU)
Assento: 5J – Classe Executiva
Partida: 23:00 / Chegada: 01:35  / Duração: 2h35
Aeronave: B777-300ER

A classe executiva da TK no B77W é dividida em duas seções – a primeira com 4 fileiras e a segunda (que foi onde eu sentei) com 3 fileiras. O voo estava SUPER vazio, nesta segunda seção vieram somente 3 passageiros (contando comigo). Então consegui fazer umas fotos bacanas da cabine ainda vazia já que eles entraram mais pro final.

DCIM100GOPROGOPR1661.

Ao embarcar nenhum comissário(a) veio se apresentar e tão pouco acompanhar os passageiros p/ os assentos. Cada um que se virava p/ achar – o que claro, não é uma tarefa difícil – mas poderia ter um atendimento melhor.

img_1586

Este layout 2-3-2 não é nada atual/agradável p/ uma business class. Imagina se você senta no meio ? Toda hora vai precisar incomodar o passageiro ao lado se quiser se levantar, etc. Eu não aprovo!

img_1590

Fiz esta outra foto com a GoPro para vocês terem uma idéia maior da dimensão do espaço.

DCIM100GOPROGOPR1670.

Eu sentei na 5J que é no corredor da primeira fileira da segunda seção. Notem que a TV fica presa no bulkhead (parede)

DCIM100GOPROGOPR1662.

Nas poltronas estavam um suporte p/ as costas (não é travesseiro) e uma manta simbólica – pois era tão fina que mais parecia um véu.

img_1626

img_1582

img_1612

As poltronas também contam com luzes individuais de leitura.

img_1576

Controle eletrônico da posição do assento – há 2 posições pré-estabelecidas e as demais você consegue personalizar.

img_1575

A tomada era num lugar super ingrato – tanto é que pra tirar a foto ficou bem tremida. Ela fica debaixo do encosto de braço – de difícil acesso – nada prático.

img_1580

O fone de ouvido – apesar de ser classificado como noise-cancelling – era de plástico e de uma qualidade bem inferior.

img_1623

O joystick do IFE estava bem novo e respondia rápido aos comandos da programação.

img_1613

O entretenimento de bordo é bem completo – diversas opções de filmes, músicas, jogos, etc. Um fato que notei é que eles liberaram a programação somente depois que já estávamos em altitude de cruzeiro – antes disso não foi possível assistir nada.

img_1614

img_1616

img_1615

O voo também conta com wifi – que é cortesia p/ quem viaja na business ou tem status elite no programa – ponto super positivo.

img_1627

A conexão funcionou perfeitamente no trajeto e a velocidade bem satisfatória.

img_1628

O ottoman (descanso dos pés) é grande e não afunila – mas em contrapartida tem pouca (ou quase nenhuma) privacidade em relação ao passageiro ao lado já que não há divisão entre os dois.

O fato da TV ficar na parede dificuldade muito na hora que você está deitado (flatbed) pois assim não consegue ter uma posição adequada p/ assistir a programação.

DCIM100GOPROGOPR1673.

A poltrona na posição cama é total flatbed e o assento tem uma largura boa.

DCIM100GOPROGOPR1677.

Ottoman com porta sapatos.

img_1618

Em relação ao conforto da “cama” ela atende bem a necessidade de uma noite de sono do passageiro. Mas notem que se o passageiro da janela quiser sair, vai ter que pular o colega.

DCIM100GOPROGOPR1681.

Como esta poltrona fica logo em frente a galley tem o ponto negativo do barulho e das luzes – portanto fique atento.

DCIM100GOPROGOPR1685.

 

DCIM100GOPROGOPR1693.

O serviço foi quase que “inexistente” por parte dos comissários. A bebida de boas vindas veio sem gelo, pela metade, sem guardanapo. Escolhi a de limão – é sempre minha favorita.

img_1611

O trecho é curto e não tem cardápio/menu – – quando o comissário veio me perguntar sobre as bebidas perguntei quais os vinhos tinham disponíveis a bordo – ele me falou bem ríspido “Sr., temos branco ou tinto!”. Vocês acreditam? Lógico que minha pergunta não era esta, mas com a falta de paciência dele não quis nem argumentar -quase que com medo de apanhar, rs. Neste voo não teve chef a bordo – um diferencial da cia p/ a classe executiva.

Quanto a quantidade de comida – é bem farta – entrada de rosbife, prato de queijos, patê, bolo de chocolate e pães. A vela eletrônica que era para estar acesa veio sem funcionar – e a tripulação nem aí.

img_1636

Agora quero chegar no ponto que mais me chamou atenção no vôo – a apresentação do prato principal.

img_1639

O prato veio todo sujo, transbordando e comida caindo pelas beiradas. Tudo bem – eu entendo e sei que às vezes a comida realmente derrama na hora do forno e que incidentes acontecem. Mas o meu ponto aqui é – custava o comissário ter limpado a louça nas beiradas antes de servir? Era uma simples ação/gesto que faz diferença naquele que preza pelo serviço prestado pela cia – vocês não acham?

img_1642

Quero ressaltar – o prato pode até já ter vindo assim do catering, eu sei que macarrão derrama mesmo às vezes por causa do queijo, etc. Mas pra mim, nada justifica a falta de pró-atividade do comissário(a) em querer dar o seu melhor e limpar o prato – afinal (acredito eu) que quando você vai em um restaurante – raramente terá uma refeição desta forma.

Ah, só um detalhe – a massa estava boa e saborosa apesar de estar bastante quente (quase borbulhando em cima) e mais fria embaixo – típico caso de quando esquentam rápido demais no forno p/ terminarem logo o serviço.

img_1644

Com uma apresentação dessas, o intuito de ter um serviço superior, diferenciado e 5 estrelas deixa de existir. O meu ponto aqui não é a “frescura” de ter o prato limpinho e sim da falta de atitude da tripulação em ter um cuidado maior na hora de servir o cliente e se atentar a detalhes que podem no caso, prejudicar a imagem da cia aérea.

img_1646

Eu não reclamei para a tripulação, afinal depois da “patada” que recebi sobre o vinho, já tinha sentido que só ia causar um desconforto à bordo totalmente desnecessário – portanto fiquei na minha. O voo seguiu tranquilo até SP e pousou no horário previsto – aliás super ingrato por sinal – 01:30 da manhã.

Bom, como vocês sabem eu já tenho diversos relatos da TK aqui no site e na maioria deles a minha impressão da tripulação é a mesma – comissários(as) nada simpáticos e aparentemente nada satisfeitos de estarem ali trabalhando. Eles não fazem questão de sorrirem ou muito menos querer agradar os passageiros e eu sinceramente não entendo o porquê.

E vocês, já viajaram de TK? Como foi a experiência – positiva ou negativa?

Avaliação

Média
7.2
Publicidade
Publicidade

26 respostas para “Classe Executiva da Turkish Airlines no B777-300ER – Buenos Aires p/ São Paulo”

  1. Patrik disse:

    Excelente avaliação Fábio, como sempre!
    Voei recentemente com a TK e de fato os comissários são antipáticos e fazem tudo com má vontade! Como exemplo na hora de entregar o kit de amenidades a mulher o jogou do meu lado e eu fiquei igual besta com o braço estendido para receber em mãos!

  2. Keyllon disse:

    Fábio.
    Não consigo entender por que tanta revolta dos tripulantes da TK…Poxa vc está voando na classe mais top da companhia, e óbvio a mais cara…eles seriam obrigados a tratar melhor os clientes de qualquer classe, mas da Business sem pensar duas vezes….pagar 2, 3 ou até 4x mais que a econômica não é pra qualquer um não!? Vc ter algum inconveniente na econômica é foda, na executiva é de chorar. Como alguém disse ai a viagem que era pra ser prazerosa vira o caos….
    Vc por um acaso já tentou mandar um email, algum tipo de reclamação? Tipo um fale com o presidente sei lá?

  3. Marcos R disse:

    Excelente report. E pensar que até a década de 90 praticamente todas as empresas europeias seguiam até Buenos Aires, Santiago ou Montevideo… me lembro de uma vez que o vôo da Varig estava atrasado, conseguimos trocar, e voamos GIG-EZE pela SAS. Isto em 1989!

  4. Fernando disse:

    Muito bom ler seu comentário. Eu tinha muita vontade de conhecer a Classe Executiva da Turkish Airlines nesse voo curto para depois me aventurar em um voo longo com a empresa. Após ler seu comentário e sabendo da falta de presteza e simpatia da tripulação, meu cartão de crédito pretende passar longe dessa cia. Imagina você gastar dinheiro para ser mau atendido ou ficar constrangido em uma viagem que supostamente deveria ser prazerosa. De última o comportamento da tripulação…será que eles se comportam assim só em vôos de/para o Brasil?! Fico pensando…

  5. Agustín disse:

    Fabio,
    Aquí un fiel lector de Argentina. Viaje con TK el verano pasado desde Manila y realmente quedé decepcionado con el producto blando. El servicio de la tripulación es pésimo. Si bien tienen muchos puntos a favor, como el lounge de IST, el catering y el IFE, el comportamiento de la tripulación hace que pasajeros, como es mi caso, opten por otras compañías en lugar de TK. Yo la tengo como última opción.
    Saludos!

  6. Andre K disse:

    Fabio,
    Excelente relato como sempre.
    Depois de centenas de voos feitos com muitas cias, creio que já tive experiencias de todos os tipos e uma que mais me marcou foi ..pasmem…a atenção de comissários da American. Super gentis e educados. A maioria das pessoas odeia as cias americanas e eu tb não tenho elas nas melhores, mas as vezes causam surpresa. Ainda não voei com a TK, ano passado com muito medo viajei de ALITALIA, apesar de desaconselhado por muitos. Tive uma experiencia magnifica, em terra e no ar. Então creio que surpresas e tendencias existem.
    Talvez o disfarce seja uma boa Fabio, VIP na LH e odiado na TK….kkkkk.
    Este mês vou testar a SWISS, estou bastante curioso e espero não me desapontar com a business deles.
    abraço
    André

    • Fábio Vilela disse:

      Exatamente André – cada voo é diferente, por mais que seja a mais cia/destino/aeronave as surpresas sempre acontecem.
      Depois nos conte como foi sua experiência com a Swiss.

    • Alvaro disse:

      André K
      Concordo plenamente contigo. Viajo muito e já pude avaliar várias companhias famosas e outras não tão famosas. Posso te dizer que minhas experiências com a American Airlines sempre foram excelentes!!!

  7. junior@hotmail.com disse:

    Sobre as bandejas, passei pelo Aeroparque e percebi a mesma ausência. Antecipei-me e enfiei tudo dentro da mochila, para não deixar celular e outras coisas sozinhos na esteira. Acho que tiveram a brilhante idéia de economizar dinheiro e o leva e traz das bandejas. Isso é inovação! rsrsrsrs

    Pior que a segurança era só formal. As pessoas do escanear estavam conversando e nem olharam para a tela e a do detector de metais mesmo quando as pessoas na frente eram bloqueadas ele mandava passar sem nenhuma cerimônia ou revista.

    Gosto dos hermanos, mas eles são mais bagunçados que nós…..

  8. Denis disse:

    Em oito trechos longos que fiz com a TK, seja saindo do Brasil ou da Asia tive um péssimo atendimento por parte dos comissários e do pessoal de solo, todos com má vontade evidente. Um dos vôos foi ainda com o antigo A340-300 e parada no Senegal, na qual os comissários trancaram todos os lavatórios a bordo e nos obrigaram a ficar uma hora e meia em solo dentro do avião sem poder utilizar os banheiros.

  9. Phillip disse:

    Fui de business pra Bangkok pela TK em fevereiro passado com mais um amigo.
    Quando embarquei em SP, havia dois argentinos vindo de Buenos Aires, que seguiriam para Istambul, dormindo nas nossas poltronas. Eles foram para os assentos deles e deixaram o nosso a maior bagunça. Chamei a aeromoça, reclamei e pedi pra ela mesmo arrumar os nossos assentos. 🙂
    Ela arrumou (dobrou os cobertores, voltou a poltrona p posição vertical etc., mas não limpou a sujeira) porém com cara de irritada. Aliás, no vôo todo os comissários estavam no automático, pouco simpáticos e com cara de poucos amigos, inclusive o tal do chef a bordo. Eu heim!!!

  10. Pablo Lamadrid disse:

    Fabio,
    Relato perfeito como sempre!
    Duvida em Buenos Aires voce ficou em qual hotel?

  11. Ney Duarte disse:

    Eu ainda não fiz este trecho, mas pelos comentários, a coisa e tensa.
    Eu voei trechos Asia /Europa /Africa no ano passado, e não tive o que reclamar, foi muito prazeroso, até com brindes no fim da viagem, foram todos simpáticos, e a apresentação dos pratos também estavam perfeitas.
    Ainda bem que tive essa experiência, porque eu reclamo !!!Ate hj so tive problemas na Iberia, a qual pretendo não voar tão cedo !!!

  12. Guilherme P. disse:

    Fabio, estou achando que, assim como o pessoal da LH já lhe conhece, o da TK também. Aí, fazem o tratamento diferenciado, só que para pior! Melhor se disfarçar quando for voar de TK, de novo. Vai que a patada é menor? 🙂

    Bons vôos!

  13. Rubpy disse:

    Tive uma otima impressao nos voos internos que fiz durante a viagem em varias cidades turcas. Na minha opiniao: 5 estrelas, mesmo na economica. Equivalente a varias companhias asiaticas.

  14. Leonardo disse:

    A crew nesses trechos GRU-EZE-GRU só faltam bater nos passageiros, tanto na Executiva quanto na econômica.

    Não gostam que se pergunte nada e sempre respondem na maior falta de educação.

Deixe uma resposta

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis