Classe Executiva da Ukraine Airlines no B767 – Kiev p/ Colombo

O embarque do nosso voo foi feito na remota e no horário marcado (sem atraso) – entretanto não teve fila de prioridade e foi aquela muvuca para entrar no busão.

Vôo Ukraine Airlines PS0387 – 16/09/2017
Kiev (KBP) ✈ Colombo (CMB)
Assento: 1C – Classe Executiva
Partida: 10:40 / Chegada: 21:45  / Duração: 08h35
Aeronave: B767-300

Confesso que mesmo sabendo o que me aguardava – uma aeronave antiga, com poltronas sem reclinação e sem entretenimento de bordo, eu estava animado – aliás, eu sempre fico né gente? Pode ser avião novo ou velho, mas se é inédito pra mim já está valendo a viagem e o investimento.

Assim que eu entrei comecei rapidamente a tirar as fotos enquanto a cabine estava vazia, a fim de registrar os melhores ângulos pra vocês. A comissária veio se apresentou e me deu as boas vindas – educadíssima por sinal – até me surpreendi. Neste mesmo momento falei pra ela que se ao final do embarque sobrasse 2 cadeiras vazias juntas na janela que eu gostaria de mudar pois por enquanto eu ainda estava no meio.

Aí ela me olhou surpresa e disse: “Mas sr. você é o único passageiro da executiva hoje”. Sério – este tipo de frase soa como música para meus ouvidos!

Voar em um B767 vintage, em uma cia que não conhecia e ter a business class só pra mim – foi quase que acertar na loteria. Na mesma hora eu lembrei da super simpática (SQN) atendente do check-in que disse que o vôo só tinha 3 lugares livres – tem cabimento?

Bom, aí comecei a tirar as fotos com mais calma já que sabia que a cabine seria só minha pelas próximas 8 horas. O layout deste B767 é 2-2-2 com poltronas em couro, antigas e divididas em 2 fileiras.

Não há entretenimento de bordo e a única diversão são 3 TV’s comunitárias – uma maior no centro e outras duas nas laterais, ou seja, leve seu iPad/Computador carregado, caso contrário vai morrer de tédio.

Ah detalhe – não há tomadas também – então salve-se quem puder, rs.

A poltrona é BEM simples e lembra algumas “First’s” domésticas que alguns aviões antigos das cias americanas ainda operam em suas aeronaves. Além disto elas são bem estreitas o que pode prejudicar o conforto dos mais “gordinhos”.

A programação da TV só começou a passar filmes depois de umas 1h30 de voo, antes ficou mostrando somente o mapa. A qualidade da imagem é PÉSSIMA, cheio de pixels mortos, enfim – uma lástima.

Aliás era notório o incomodo e “vergonha” dos 2 comissários de tentar explicar (a qualidade da cabine) quando questionei do entretenimento de bordo e tambem sobre as tomadas (que na minha opinião são facilidades básicas de uma cia aérea hoje em dia).

O espaço das poltronas é até razoável se não fosse o fato de quando passageiro da frente reclina, comprometendo sua área livre -por isto opte por sentar nas primeiras fileiras.

Todas as poltronas estavam com kit’s com manta e travesseiro – mesmo sendo somente um passageiro neste dia – no caso eu. A manta era de flanela – o que eu não gosto pois não acho higiênico.

Além da super programação à bordo da TV comunitária (SQN) você também tinha alguns canais de áudio (apenas 3) que eram controlados por estes comandos no braço da poltrona.

Os controles do assento (como vocês podem imaginar) eram manuais e havia somente 2 botões – o do encosto e do descanso dos pés – super vintage.

No console central também tinha um porta-copos/bebidas retrátil.

Mesmo eu sendo o único passageiro a comissária fez questão de trazer os 6 drinks disponíveis durante o embarque – uma gentileza só.

Eu optei pelo champagne/espumante.

O amenity kit (que também incluía pantufas) era bem fraco com aparência barata – as cores amarelo e azuis remetendo à bandeira do país.

O fone de ouvido era digamos – péssimo – mas para quê também se o entretenimento de bordo não era lá essas coisas né? Pelo fato dele de qualidade baixa e pequeno o ruído do avião atrapalhava escutar o som – ou seja, praticamente sem uso.

A comissária também passou com carrinho com revistas e jornais internacionais durante o embarque.

O cardápio foi distribuído ainda em solo, e a apresentação do menu era bacana e com uma boa diversidade.

Ela notou que eu era um avgeek, afinal não parava de tirar foto e sugeriu que eu experimentasse todos os pratos já que embarcou mais de uma opção de cada. Eu lógico aceitei na hora!

Eu pedi vinho pra acompanhar – mas ela já trouxe servido da galley – achei que poderia ter servido na hora – até mesmo pelo fato de eu poder experimentar antes.

Primeiramente veio enroladinhos de salmão defumado com cream cheese, mix de nuts aquecidos e brezaola com pepino e bacon. Tudo ótimo!

Depois ainda veio salada grega, presunto de parma com aspargos e caviar laranja, cream cheese e um peixe que não sei o nome. Apresentação satisfatória e o sabor também.

De prato principal eu pedi o medalhão de peru com molho de cereja – estava ótimo!

Ao terminar ainda trouxeram o prato de queijos – com uma boa seleção – juntamente com o vinho de sobremesa.

E por fim a sobremesa – frutas + bolo de chocolate.

Estes tabletes de chocolates vinham com mensagens motivacionais – gostei!

Além do mais você recebe uma carinha do chef do catering dizendo que se você tem alguma sugestão em relação à comida para entrar em contato – achei bacana!

Ao final do serviço eles entregam estes dois potinhos que quando você abre (ele explode) e sai uma toalha umedecida daí de dentro – o máximo!

Fui então dormir, ou pelo menos tentar. Ah detalhe que além do entretenimento de bordo ser péssimo, o primeiro filme que eles colocaram foi um infantil / desenho animado. Vê se pode?! Aff!

Um outro ponto que eu esqueci de mencionar pra vocês é que 2 membros da tripulação – não sei se era o comandante ou não também vieram dormir na cabine e lá ficaram quase até o pouso.

Voltando a reclinação do assento – notem que a parte das costas deita quase tudo, mas a parte dos pés não acompanha então você fica totalmente desconfortável e torto para dormir. A minha solução foi pegar minha mala de mão, encher de travesseiros e edredon em cima dela e colocar para eu apoiar os pés – assim consegui ficar um pouco mais confortável. Pois eu acredito que se você dormir na posição real que a cadeira oferece você vai chegar no destino entrevado precisando de fisioterapia.

Como eu praticamente não consegui pregar o olho pedi café durante um momento da viagem.

E aproveitei para fazer esta foto ostentação com a cabine só pra mim, rs.

Quase chegando em Colombo começaram o segundo serviço – novamente preciso dizer sobre a cordialidade e educação da comissária! O vinho estava SUPER quente – ponto negativo!

A refeição foi bem similar à anterior – entrada + salada + prato principal e sobremesa.

A carne estava sem sal mas no ponto certo – aliás, vocês notaram que não tem sal e pimenta na mesa?

Daí quando eu pedi eles me trouxeram estes sachês.

E por fim sobremesa – cheesecake e frutas.

Bom, como vocês puderam ver o vôo com a Ukraine Airlines foi bem tranquilo – na medida do possível. Acredito que o fato da cabine estar completamente vazia e eu ser o único passageiro da executiva contribuiu para melhorar a experiência, que com certeza seria diferente se a business estivesse cheia neste trajeto de 8 horas.

O “hard product” (assento, cabine, conforto, amenidades) com certeza é um dos mais fracos que já vi até hoje em um widebody (avião de 2 corredores).  Aqui fica um exemplo real da importância do serviço de bordo e de como um atendimento de qualidade, cordial e prestativo não deixa a viagem ficar totalmente arruinada por causa de uma cabine defasada.

Com certeza não teria tido esta experiência semi-positiva se a cabine estivesse cheia pois com um passageiro ao seu lado você fica com a privacidade e acima de tudo seu conforto comprometido devido a proximidade das poltronas. Eu particularmente não acho que voaria de novo com a UIA, mas foi bom para experimentar ainda mais levando o valor que paguei na passagem (que vou falar só no final do Trip Report) e também o fato que vou pontuar 200% das milhas voadas no programa da TAP – que até hoje não caíram na minha conta. #Oremos

Clique aqui e confira o Trip Report completo
Introdução - Europa e Oktoberfest 2017
Classe Executiva Turkish Airlines no B777-300ER - São Paulo p/ Istambul
Sala VIP Aurora Executive Lounge - Aeroporto de Estocolmo (ARN)
Classe Executiva da British Airways no A321 - Estocolmo (ARN) p/ Londres (LHR)
Sala VIP Plaza Premium Lounge Arrivals - Aeroporto de Londres (LHR) T4
Sala VIP Admirals Club - Aeroporto de Londres (LHR) T3
Sala VIP Club Aspire - Aeroporto de Londres (LHR) T3
Sala VIP Cathay Pacific Lounge - Aeroporto de Londres (LHR) T3
Classe Executiva da Finnair no A350 - Londres (LHR) p/ Helsinki (HEL)
Sala VIP IDW Esperanza Resort Business Lounge - Aeroporto de Vilnius (VNO)
Sala VIP Business Lounge - Aeroporto de Minsk (MSQ)
Classe Executiva da Ukraine Airlines no B737 - Minsk p/ Kiev
Um dia em Chernobyl - Conhecendo a cidade fantasma na Ucrânia
Sala VIP Ukraine Airlines - Aeroporto de Kiev (KBP)
Sala VIP Business Lounge - Aeroporto de Kiev (KBP)
Classe Executiva da Ukraine Airlines no B767 - Kiev p/ Colombo
Sala VIP Lotus Lounge - Aeroporto de Colombo (CMB)
Sala VIP Araliya Lounge - Aeroporto de Colombo (CMB)
Primeira Classe (vendida como executiva) da Kuwait Airways no A330 - Colombo p/ Kuwait
Sala VIP Kuwait Airways Dasman Lounge - Aeroporto do Kuwait (KWI)
Classe Executiva da Kuwait Airways no B777 - Kuwait p/ Frankfurt
Sala VIP Millenium Lounge - Aeroporto de Istambul (IST)
Sala VIP Comfort Lounge - Aeroporto de Istambul (IST)
Sala VIP HSBC Premier Lounge - Aeroporto de Istambul (IST)
Classe Executiva da Tunisair no A330 - Istambul p/ Tunis
Sala VIP AVS - Aeroporto de Tunis (TUN)
Sala VIP Europa Lounge - Aeroporto de Munique (MUC)
Classe Executiva da Turkish (modelo antigo) no A330 - Amsterdam p/ Istambul
Classe Executiva da Turkish no B777-300ER - Istambul p/ São Paulo
Conclusão - Como emiti e comprei minhas passagens

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
4,4