Conclusão – Como comprei e emiti minhas passagens

Bom, se vocês me acompanham desde Outubro já devem imaginar como foi que eu emiti esta minha passagem inteira com a LATAM.

Há alguns meses atrás a cia publicou uma tarifa em classe executiva para Bogotá que te permitia ter conexões “ilimitadas” dentro da Am. do Sul, desde que fosse nos hub’s da empresa do grupo. Inclusive eu fiz um post que era uma ótima oportunidade de atingir Black na LATAM. (leiam aqui).

Como o sistema do site da LATAM não estava montando as conexões que eu queria, eu acabei comprando em uma agência de viagens, sendo assim pude montar trecho a trecho.

O custo total da passagem foi de R$2.182,01 e eu creditei todos os vôos no programa Executive Club da BA pois era exatamente a quantidade que faltava para eu atingir o nível GOLD lá, que equivale ao status máximo na oneworld, Emerald.

A nível de qualificação foi um total 400 Tier Points [para atingir o Gold são necessários 1500], o que achei excelente pelo valor da passagem. Bom, para o ano de 2018 estou garantido o Emerald pela BA, e vou testar para saber se o programa vai me atender ou se devo mudar para outro da oneworld em 2019.

E você? Vai concentrar seus pontos da oneworld em qual cia áerea em 2018?