Conclusão – Como comprei e emiti minhas passagens

Esta viagem para a Austrália não teve muito segredo nas emissões e para quem já é frequentador aqui do site, com certeza já deve ter uma idéia de como emiti minhas passagens.

Então vamos lá!

São Paulo – Lisboa – Paris (classe executiva da TAP no A330) – 55.000 milhas TAP Victoria + 45 EUR (isto foi antes da mudança da tabela e da cobrança de YQ)

Leia o report aqui.

Era um ótimo resgate para a Europa e o programa era bem competitivo – pena que agora deixou de ser.

Paris – Doha – Melbourne (primeira classe da Qatar no A380) – 100.000 milhas Smiles + R$444,66 – emiti no dia que o programa voltou a liberar First da Qatar e todos os resgates custavam 100k.

Leia o report aqui.

O valor valeu a pena por serem dois trechos longos e operados pelo A380.

Melbourne – Sydney – Auckland – Santiago – São Paulo (classe executiva da LATAM no B787-9 e Qantas no A330) – 110.000 pontos Multiplus +R$272,48

Leia o report da Qantas aqui.

Leia o report da LATAM aqui.

Fiz esta emissão direto pelo site da LATAM e não precisei entrar em contato com o call center e ainda consegui que um dos trechos fosse operado pela QF.


Como vocês puderam ver, não teve muito paranauê e foram emissões simples – todas feitas online e em questão de minutos. Dei sorte de conseguir tudo nas datas que eu queria e conciliar um voo com outro – mas sempre acho que é o fato de viajar sozinho, pois é muito mais fácil achar 1 lugar do que 2, concordam?

Espero que tenham gostado!