Confira as atualizações sobre a crise de abastecimento nos aeroportos!

Pessoal, a greve dos caminhoneiros tem como principal reivindicação a diminuição do preço do óleo diesel. A paralisação é grande e começou a afetar os aeroportos!

Os planos de contingência começaram a ser tomados para diminuir os efeitos da greve, que hoje (24) está em seu quarto dia.

A ANAC (Agência Nacional da Aviação Civil) já informou que “Contingenciamento de combustível não afeta segurança de voos”. Uma vez que o termo “contingenciamento” deixou centenas de passageiros em alerta. A empresa disse que o termo está sendo interpretado de forma incorreta, já que não se trata de combustível em uso na aeronave é sobre o querosene previsto para cada trecho, igual a reserva mínima, que são determinados por lei, portanto, não existe uma maleabilidade; e a ausência não interfere na segurança do voo.

Confiram abaixo as notas emitidas por cada companhia aérea:

AVIANCA

A Avianca Brasil informa que está acompanhando de perto os impactos causados em cada um dos aeroportos em que atua, em função da crise de abastecimento de combustível ocasionada pela greve dos caminhoneiros.

A companhia esclarece que, até agora, suas operações foram minimamente afetadas. Os passageiros que foram impactados devem entrar em contato com a companhia pelo número 4004-4040 para a remarcação de suas passagens sem cobrança de taxa, nem pagamento de diferenças tarifárias.

A empresa segue acompanhando o cenário para tomar, se preciso, as medidas necessárias e ressalta que sua prioridade é garantir a segurança das operações e o melhor atendimento aos seus clientes.

GOL

A programação de todos os voos de hoje 24/05, está mantida. Recomendamos aos Clientes a verificarem a situação de seus voos, antes de se deslocarem aos aeroportos, pelos canais de atendimento da companhia: Site, aplicativo ou pelo telefone da Central de Atendimento 0300 115 2121 e 0800 704 0465.

LATAM

A LATAM Airlines Brasil informa que, devido às restrições de abastecimento de combustível provocadas pela greve dos caminhoneiros, avalia com atenção os possíveis impactos desta contingência nos aeroportos e em sua operação aérea.
Para minimizar impactos aos seus passageiros, a companhia flexibilizará suas regras, oferecendo isenção da cobrança de taxa de remarcação e das diferenças tarifárias da passagem para nova data à escolha do cliente e, sem multas, em voos domésticos com partidas, chegadas ou conexões programadas para os aeroportos de Brasília, Goiânia, Ilhéus, Recife e Teresina, Confins e Porto Alegre, hoje (24).
A LATAM lamenta os inconvenientes e desconforto que esta situação alheia à sua vontade pode causar aos clientes, e reforça que mantém seu compromisso com os mais altos padrões de segurança, garantindo a integridade de passageiros e de funcionários.
Os passageiros impactados por esta contingência podem entrar em contato com a Central de Vendas, Informações, Fidelidade e Serviços (4002-5700 nas capitais ou 0300-570- 5700 nas demais localidades do Brasil) ou procurar uma loja da companhia.

AZUL 

Por conta da greve dos caminhoneiros, que impede o fornecimento de combustível para os aeroportos e consequentemente o abastecimento de aeronaves, tivemos que realizar alguns cancelamentos em nossas operações. Entretanto, nossa equipe segue trabalhando para mante-las normalizadas.

A companhia disponibiliza a remarcação de bilhetes sem custo para Clientes com voos programados até o dia 31 de maio e que desejem optar por datas alternativas à sua programação. As remarcações devem ser realizadas pela nossa central de atendimento, nos telefones 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-887-1118 (demais localidades).

Confira os voos cancelados até o momento:


O que vocês acham desta greve? alguém foi afetado?