Governo autoriza viajantes e tripulantes a entrar no Brasil com produtos de origem animal

Notícias 4

Por Fábio Vilela

A partir de agora, viajantes e tripulantes estão autorizados a entrar no Brasil com produtos de origem animal que tragam na bagagem, como queijos, salames e doces de leite. A decisão foi instituída pela ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), nesta terça-feira (10), por meio de instrução normativa.

Foto: Reprodução Internet

Foto: Reprodução Internet

A medida traz melhorias no processo de fiscalização do trânsito internacional, que terá foco em produtos de maior risco.

Os produtos que estão autorizados se dividem nos seguintes grupos:

  • Produtos cárneos industrializados destinados ao consumo humano (esterilizados comercialmente, cozidos, extratos ou concentrados de carne etc);
  • Produtos lácteos industrializados (doce de leite, leite em pó, manteiga, creme de leite, queijo com maturação longa, requeijão etc);
  • Produtos derivados do ovo (ovo em pó, ovo líquido pasteurizado, clara desidratada etc);
  • Pescados (salgado inteiro ou eviscerado dessecado, defumado eviscerado, esterilizado comercialmente);
  • Produtos de confeitaria que contenham ovos, lácteos ou carne na sua composição;
  • Produtos de origem animal para ornamentação.

Segundo o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Luis Rangel, a falta de regulamentação era o que impedia o ingresso dos produtos no país.

“Apenas os processados de origem vegetal eram liberados. Fizemos o alinhamento aos procedimentos internacionais de trânsito de bagagens. Isso não trará nenhum prejuízo para a defesa agropecuária.”

Para entrar no território nacional os produtos devem estar acondicionados em sua embalagem original de fabricação, com rotulagem que possibilite a sua identificação.

A fiscalização em portos, aeroportos, postos de fronteira e aduanas especiais é feita pelo Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) do Mapa. O trabalho de inspeção evita a entrada de pragas que possam causar danos ao meio ambiente.

4 respostas para “Governo autoriza viajantes e tripulantes a entrar no Brasil com produtos de origem animal”

  1. Sílvio Carneiro disse:

    Cheguei a passar com vários kilos de queijo, vindo de Londres, Lisboa e Amsterdã. Só fui parado quando vim de Amsterdã, mas o fiscal não encrencou. Boa notícia. Vou tentar trazer da Itália agora.

  2. Henry disse:

    Sempre que eu vou para os EUA, eu faço o inverso….levo alguns produtos daqui: 1 caixa (72 un.) de Polenguinho, queijo prato tipo lanche…e antes, eu até levava 1 kg (2 x 500g) de café Pilão, mas agora compro no supermercado brasileiro em Orlando e em New Jersey…
    Nunca tive problema até hoje….
    Já vindo de Buenos Aires, sempre vim com doce de leite, e alfajor Havana e nunca deu problema…

  3. Gabriel disse:

    Bom dia Fábio. Esperava por essa notícia há anos… Sempre tinha medo de ser parado e me pegarem tudo…
    Mas Fábio, se eu não me engano tem um limite de 5kg por pessoa.

Deixe uma resposta

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis