Infraero lança projeto para Condomínio Logístico do Aeroporto de Uberlândia

A Infraero pretende publicar no próximo dia 19/10 o edital para o Condomínio Logístico do Aeroporto de Uberlândia/Ten. Cel. Aviador César Bombonato (MG). O projeto, pioneiro na Rede Infraero, foi apresentado no último dia 16/9, durante a feira Movimat, em São Paulo, e tem como objetivo aliar a infraestrutura de um aeroporto a uma infraestrutura dedicada a empresas que necessitem de um centro de distribuição ou que lidam com o recebimento e despacho de mercadorias, oferecendo serviços de apoio, com a segurança, facilidades e economia de um condomínio fechado.

O prazo de vigência contratual será de 25 anos, contados a partir da data do início da vigência do contrato, considerando inclusive o prazo relativo à amortização dos investimentos.

condominio logistico uberlandia

“Uberlândia foi escolhida de forma natural na Rede Infraero, já que a logística de cargas, apesar de estar em fase inicial no aeroporto, é uma realidade há muitos anos naquela região do País, que além de concentrar importantes distribuidores, é dotada de uma conectividade invejável em diferentes modais”, informou o superintendente de Negócios em Logística de Carga da Infraero, Francisco Nunes.

O condomínio contará com uma área de 50 mil m², localizada dentro do sítio do Aeroporto de Uberlândia. A empresa vencedora da licitação receberá a área tal como ela se encontra hoje e ficará responsável pela elaboração dos projetos e execução das adequações, serviços e instalações complementares destinadas à implantação do empreendimento. “Nossa proposta é que o Condomínio Logístico de Uberlândia seja composto por galpões modulares flexíveis, cuja quantidade será definida pelo futuro concessionário, com áreas de apoio administrativo e operacional, além de áreas para manutenção de caminhões, movimentação de containers, restaurantes e demais instalações prediais e de segurança da edificação”, explica Francisco Nunes, que destacou que todo o empreendimento deve estar adaptado com as normas de acessibilidade da ABNT.

Para o presidente da Associação Brasileira de Logística (Abralog), Pedro Francisco Moreira, o projeto será um marco para a logística brasileira. “O empreendimento está totalmente de acordo com a necessidade que o País tem de integração de modais, por meio de plataformas logísticas, como a que vem se consolidando em Uberlândia”, afirmou.