Já é possível converter milhas Smiles em pontos Le Club da Accor Hotels

Programas de fidelidade 23

Por Fábio Vilela

Em Janeiro o Smiles e o Le Club da Accor Hotels anunciaram uma parceria onde os clientes poderiam trocar pontos entre os programas.

A opção agora já está disponível no site do Smiles, dentro da aba Shopping Smiles, vejam:

Screen Shot 2015-03-24 at 09.46.10

Depois cliquem em Shopping Smiles.

Screen Shot 2015-03-24 at 09.46.22

Em seguida em Viagens.

Screen Shot 2015-03-24 at 09.44.28

E por fim na logo do Le Club.

Screen Shot 2015-03-24 at 09.44.37

E como já era de se esperar a conversão ficou em uma proporção muito ruim – 3 milhas Smiles = 1 ponto Le Club.

Screen Shot 2015-03-24 at 09.44.57

O mínimo para transferir são 1.200 milhas e que vai incrementando em quantidades de 300.

Para quem estava esperando limpar a conta no programa através desta parceria/transferência, vai ter que pensar em outros planos. Uma pena!

Publicidade
Publicidade

23 respostas para “Já é possível converter milhas Smiles em pontos Le Club da Accor Hotels”

  1. Antonio Ventura disse:

    Pessoal, o calculo eh simples. Veja se esta correto.

    Vamos aos calculos.

    Partindo do fato que voce paga 30 reais por mes no clube smiles para ganhar 1.000 milhas…

    Se 3.000 milhas smiles (90 reais) sao 1.000 pontos Leclub Accor, e 1.000 pontos Leclub Accor equivalem a 20 euros, na prática você esta trocando R$ 90,00 po R$ 80,00 de graça. Esta perdendo R$ 10,00 em cada 3.000 milhas gol

    Não é isso?

  2. Ricardo disse:

    Desconheço esse desconto do kmv pro LeClub. Poderia detalhar?

  3. Fábio Vilela disse:

    Pessoal, a opção de conversão acabou de ser retirada do site.
    Será porque? Vou averiguar!

  4. Thales disse:

    A vida anda difícil pra quem gosta de viajar por milhas! desvalorizações frequentes (BA, United, Delta…). Em programas brasileiros a coisa está impraticável faz tempo, eu acreditava que a melhor solução (apresentada por você, diga se de passagem) para quem tem pontos nos bancos estatais seria jogar os pontos no Multiplus, transferir para o Le Club (2:1) e então transformá-los em Avios (1:1). Terrível, mas essa razão de conversão do Smiles dá todo um novo nível de ruindade à coisa.

    Só espero que o AAdvantage não sofra uma desvalorização com a união das contas da US Airways, mas acho difícil isso não acontecer =

    E pensar que alguns anos atrás se podia comprar uma passagem no Concorde por 125000 milhas – e isso era considerado caríssimo! Os tempos mudam, e a transformação de programas de fidelidade em negócio próprio está se mostrando prejudicial aos clientes.

    • Fábio Vilela disse:

      Tá aí um resgate que queria ter feito – voar no Concorde.

      • Marcio Correa disse:

        Fábio, eu tive este prazer, fui de Londres a NYC, em 1979, salvo engano. Era o famoso voo que voce chegava antes de ter partido. Dentre as maravilhas daquele voo, era fascinante ver a curvatura da terra, e voar muito, mas muito alto. Não me lembro bem, mas acho que era a mais de 50000 pés. E o serviço da BA, excelente. O único senão, é que era bem apertadinho, mas quem se importava com isso. Ah, não me lembro de ter business, afinal faz muito tempo. Qualquer dia vou procurar as fotos, tiradas na minha Yashica, de rolo. Tenho, uma miniatura dele, comprada em Londres. Viajei a serviço da empresa que trabalhava na época, não tinha $ para pagar, era caro, muiiiito caro. Saudades… bons tempos…

        • Fábio Vilela disse:

          Marcio, realmente não tinha business, era uma cabine só, afinal o prestígio já era viajar nesta máquina, rs.
          Que experiência hein?!

          • Marcio Correa disse:

            Se era, simplesmente maravilhoso, numa época sem internet, celular “gatinhando”. Eu tinha que estar no EUA o mais rápido possivel e, quando a empresa informou-me que eu ia de Concorde, e ainda naquele dia, até gelei. Foi pena que a volta foi de 747, uma “tartaruga” para quem tinha voado de Concorde. Mas, desculpe-me eu me empolguei com as lembranças do Concorde e acabei saindo do tópico. Quanto ao Smiles, você e seus leitores sabem o que penso, mas não custa repetir: Smiles “tô” fora ! e tenho dito…

      • Osvaldo disse:

        Ola Fábio
        Fugindo do tópico ,mas lembrando do Concorde.
        Sempre tive o sonho de voar no Concorde. Em março de 2003 um amigo que trabalha em cargas em uma empresa aérea, recebeu um comunicado interno da decisão de descontinuar os voos. Eu estava me separando ,descobri que não haveria mais tempo e fui viajar pra levantar o astral.Comprei uma passagem triangular gru-cdg-jfk-gru. Valor à epoca US 7100, 00.Era o valor praticado não era promoção.
        Voei um sábado AF primeira classe .Sai de Paris pelo Concorde na quinta feira às 11 hs da manhã, cheguei em Ny às 8hs e 30 da manhã do mesmo dia e voltei no domingo a noite pela AA de primeira. Até hoje sempre falo que este foi o melhor roteiro de viagem que já existiu. Uma semana nas duas capitais com o vôo no meio da semana.
        Quando estava em Ny já havia lido que existia uma promoção da BA de despedida dos voos do Concorde. Você comprava one way de Concorde e outro trecho em uma das três classes Cheguei no aeroporto no dia de retorno ,pensei, pensei e taca le pau….Comprei para Agosto Ny- Londres pelo Concorde e volta de econômica. Paguei US 3999,00. Quanto aos voos isso já foi muito relatado. Posso dizer que foi uma experiência única.
        Uma coisa engraçada e ao mesmo tempo fantástica. Como eram voos de despedida era tudo festa e vivíamos a neura do 11 de setembro recente. Pois durante o vôo lá pela metade do voo, pra desespero de George w Bush, o comandante deixou aberta a cabine de comando e quem quis pode entrar tirar fotos e conversar com o comandante com o copiloto e o engenheiro de vôo, o que pra mim como amante da aviação foi um privilégio . Eram profissionais que me contaram que iriam se aposentar em breve, já eram idosos e provavelmente excepcionais na profissão, pois eram pilotos de Concorde queiram ou não a elite das duas companhias.
        abs

  5. Helio disse:

    A cada dia que passa esse SMILES nos surpreendende mais negativamente!!!

  6. Leandro Tavares disse:

    Como a gente se anima e desanima tão rápido com esses programas de fidelidade. #sabenadainocente

    Mas é sempre bom receber novidades sobre o assunto. Continue com o Site que estás de parabéns.

    • Fábio Vilela disse:

      Boa observação, a gente se anima com a novidade e depois vem um banho de água fria.
      Triste realidade nossa que somos reféns dos programas de fidelidade.

  7. luciano disse:

    Em absolutamente todas as companhias aéreas é feito 2/1, exceto avios, que é 1/1, e uma da china, se não me engano, 1/1 também. O smiles é o único do mundo que faz 3/1.
    Até o multiplus faz 2/1. Um absurdo. Sem noção este smiles.

  8. gus disse:

    lamentável, esperava 2×1 e alguma promoção de início da parceria. De toda fora, quem aproveitou a promo de transferência com bônus consegue gerar cupons de 40 euros por 90 reais

    • Fábio Vilela disse:

      Gus,
      As vezes eles ainda fazem durante os 365 motivos para “sorrir”.

    • luciano disse:

      Mas quem pegou multiplus no fim do ano 100% de bônus na transferencia do cartão, fez um pra um do cartão pro le club. E quem comprar multiplus com km ipiranga, também tem desconto quando transfere pra le club. A grande questão é: o multiplus vai seguir e mudar sua tabela? Precisamos correr e transferir já??

Deixe uma resposta

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis