Lufthansa vai voar para o Panamá pela primeira vez

A Lufthansa está expandindo ainda mais a malha aérea na América do Sul. A partir de 16 de novembro, a companhia vai oferecer um ano de voos diretos para a Cidade do Panamá pela primeira vez. A solicitação ainda depende de aprovação governamental.

Um Airbus A340-300 vai ligar cinco vezes por semana a Europa à metrópole econômica da América Central, a Cidade do Panamá. O voo LH484 vai decolar do hub da Lufthansa em Frankfurt pela manhã, às 10h15, e vai chegar ao Panamá às 16h40 (hora local), depois de um voo de 12 horas e 25 minutos. O voo de retorno, LH 485, vai partir da Cidade do Panamá no começo da noite e, como um voo noturno, vai pousar no Aeroporto de Frankfurt na manhã do dia seguinte. A bordo os passageiros podem esperar o elevado nível de conforto. Com um total de 298 assentos, a Lufthansa vai oferecer Business Class, Premium Economy e Economy Class, com o que há de mais novo em termos de design em todas as classes: os assentos da Business Class podem ser transformados em cama com 1,98 metros ao toque de um botão. Na nova Premium Economy, o espaço para as pernas aumentou assim como a distância entre as poltronas. Com o sistema de entretenimento a bordo, há uma ampla oferece de diversão para os passageiros em todas as classes. Assim como a internet banda larga, Flynet.

Imagem: Internet

Lufthansa está também expandindo a parceria com a companhia aérea panamenha Copa. Para os passageiros da Lufthansa no futuro vai ser fácil chegar aos 50 destinos nas Américas Central e Sul e no Caribe com a companhia aérea parceira. Os mais importantes destinos turísticos na malha aérea da Copa Airlines incluem aeroportos no Peru, Equador, Costa Rica, Nicarágua e Guatemala. Os horários de voo da Lufthansa são coordenados para que as conexões com a Copa se tornem confortáveis no aeroporto de Tocumen, o chamado Hub das Américas da Copa Airlines.

Panamá está situado entre a Costa Rica e a Colômbia e vem registrando um crescimento econômico forte nos últimos anos. Além do famoso Canal do Panamá, o país tem um importante setor bancário, uma localização geográfica favorável e uma boa infraestrutura, oferecendo assim razões para uma viagem de negócios para este país da América Central. Praias intocadas e um grande número de parques nacionais com florestas tropicais, manguezais e uma mundo submanrino que promete aos visitantes uma experiência inesquecível.