Mandarin Oriental Kuala Lumpur

Este mês eu fiz uma viagem rápida p/ Malásia e novamente me hospedei no Mandarin Oriental Kuala Lumpur. Tem várias boas razões para você escolher este hotel – a primeira delas é o valor da diária (a partir de U$130). Não sei se sabem, mas dentro de todo o portfolio de hotéis MO, este é um dos mais barato  – e você ainda usufrui de toda a qualidade e atendimento excepcional da rede.

Além disto, com o novo programa de relacionamento do grupo – Fans of MO (cadastre aqui gratuitamente) – você usufrui de diversos benefícios e mimos sem custos. No caso do MO KL, as opções eram diversas, tais como:

  • Upgrade de quarto
  • Early check-in ou late check-out
  • Serviço de passar roupas
  • Café da manhã diário para uma pessoa OU duas
  • Crédito para usar no SPA
  • Ou um mimo de celebração

Para cada estadia sua você pode escolher 2 benefícios – e o melhor – gratuitamente! Tendo em vista que o cadastro no Fans of MO não tem custo – é um baita valor agregado não acham?

Assim que desembarquei, o transfer privativo já estava esperando para me levar para o hotel – que fica mais ou menos 45 minutos do aeroporto.

Detalhes no carro – wifi cortesia, água e toalha umedecida. O motorista (curiosamente o mesmo que me levou em 2015) sempre preocupado com o bem estar do hóspede – perguntando se a temperatura estava boa, a estação de rádio, etc.

O segundo ponto de optar pelo MO KL é a localização – além de estar anexado à um shopping (SURIA KLCC) com diversas opções de restaurantes e lojas, ele é praticamente ao lado das Petronas Towers – ideal para você ir lá fazer aquela foto turística, rs. Além disto, ao fundo do hotel está o KLCC Park – um parque com pista de corrida/jogging ao ar livre.

Poucos dias antes da minha chegada eu recebi um email do hotel me propondo algumas atividades baseado nas perguntas que eu havia respondido quando fiz meu cadastro no Fans of MO. Como eu coloquei estilo de vida saudável com interesse em fitness, eles me ofereceram uma corrida no parque junto com um funcionário do hotel – achei bem legal a proposta – foi a primeira vez que tive um “approach” desta forma. Aliás, conversando no hotel eles me disseram que estas atividades não são pré-estabelecidas – eles sempre verificam o perfil do cliente e oferecem algo de acordo com seu lifestyle. E o mais curioso – o cara que foi correr comigo não era personal trainer e sim um dos funcionários do hotel.

Agora vem o ponto mais importante – desde a última vez que estive aqui. O hotel acabou de terminar a reforma de todos os apartamentos!

Os quartos agora estão super modernos, com decoração atual e oferecendo aquele nível de conforto que já estamos acostumados à encontrar no MO.

Como optei pelo upgrade – consegui uma Park Suite – mas acredito que geralmente o upgrade é apenas para um nível acima da categoria que você reservou. Mas como eles sabiam que eu estava indo – resolveram me dar um agrado maior, rs.

O apartmento era dividido em quarto e sala, sendo que na sala tinha um lavabo separado.

Amém para os hotéis que tem ducha higiênica e bidê – já repararam que nos EUA isto não é comum?

Olha como o quarto ficou bonito com o novo layout e nova identidade visual.

Um detalhe – abrindo esta gaveta, tinha uma série de tomadas universais com portas USB’s – ou seja, nada de ficar arrastando o criado para plugar seus aparelhos.

Detalhe para a vista da minha janela – preciso dizer algo mais?

No primeiro dia como já cheguei à noite e estava cansado acabei optando por comer no próprio hotel. Fui no Lai Po Heen – o restaurante chinês.

A comida além de ser ótima tem um preço super camarada.

O famoso Pekin Duck é feito na hora e na mesa – fica a dica de pedida!

Na hora da sobremesa pedi para experimentar um prato que é de uma fruta típica de lá chamada Durian. Bom, tanto o gosto quanto o cheiro é bem PECULIAR – e é daquelas frutas que ou você ama ou odeia. Eu achei bem diferente e gostei.

No outro dia de manhã fui correr no parque com o funcionário do hotel – cada volta dá em torno de uns 800-900m, então fiz umas 6 para dar 5k.

Como estava por conta também aproveitei o serviço de SPA do hotel para relaxar e dar uma desacelerada da maratona de voos.

Para quem me acompanhou no instagram viram que meu tratamento foi o Pure Serenity que dura 3 horas – confesso que só faltou eu desencarnar do corpo de tão relaxante que foi – recomendo!

O hotel ainda tem diversas outras áreas de lazer como piscina, academia, campo de golf virtual, quadra de tênis, etc. (Para conhecer mais leia este meu outro review aqui).

Agora um outro ponto MUITO vantajoso que quero comentar com vocês – para quem reserva os quartos que dá acesso ao Clube Lounge do hotel você tem uma série de benefícios, mas para mim os melhores são:

  • Cáfe da manhã (completo), almoço (opções mais limitadas) e happy hour com canapés, sanduíches, etc. (com bebida alcóolica inclusa) todos os dias incluso no lounge.
  • Serviço de lavanderia de 5 peças por dia!!!! Isto foi uma maravilha – consegui lavar 10 roupas minhas – sucesso!

Um ponto importante – o “dress code” é um pré-requisito para entrar no lounge – portanto se você for de chinelo, camiseta cavada, short de academia – terá sua entrada barrada, rs.

Fiz algumas fotos do café da manhã para vocês verem a variedade de opções entre frios e quentes.

Bom, mais uma vez – reforço – o Mandarin Oriental Kuala Lumpur é um dos melhores hotéis da rede em questão de custo x benefício. Além de diárias com preços super amigos, você conta a excelência de serviços e atendimentos da rede Mandarin Oriental em uma localização privilegiada de Kuala Lumpur. Recomendo!

Avaliação

  • Check-in:
  • Atendimento:
  • Conforto:
  • Internet:
  • Buffet/Restaurante:
  • Academia:
  • Spa:
  • Lounge:
  • Check-out:
Média
9,7