Melhores programas para utilizar suas milhas/pontos para ir aos Estados Unidos/Canadá em classe executiva

Uma das perguntas que mais recebo aqui no site é de qual programa concentrar as milhas ou para onde transferir seus pontos de cartão de crédito caso queira emitir uma passagem em classe superior por um valor mais acessível.

Então vou começar uma série mostrando qual programa tem a melhor vantagem p/ um determinado tipo de resgate e classe. Neste tópico de hoje vou falar SOMENTE de emissão de passagens em classe executiva p/ a Am. do Norte – especificamente para os Estados Unidos ou Canadá saindo do Brasil – portanto não adianta me perguntar de outros resgates que não vou responder neste post.

screen-shot-2017-05-24-at-11-29-45

Vou focar somente em programas em que nós brasileiros temos a possibilidade de mandar pontos dos cartões de crédito, sendo assim mais próximo da nossa realidade. Os valores e taxas demonstrados abaixo são os padrões publicados nas tabelas, portanto não se aplicam promoções, bonificações de acúmulo, resgates preferenciais, isenção de taxas para clientes elites ou eventuais ofertas que aconteçam.

Victoria – TAP Portugal

O programa da cia portuguesa é membro da Star Alliance, portanto te permite emitir passagens para os EUA voando na United, Air Canada, Avianca Internacional, Avianca Brasil e Copa Airlines. E vale lembrar que a cia também mantém parceria com a Azul – que não faz parte da aliança.

  • Valor: 90.000 milhas (ida e volta) em classe executiva saindo do Brasil p/ os EUA, México e Canadá
  • Cobra taxa de combustível: Sim p/ vôos que não se iniciam no Brasil e de empresas que praticam tal prática.
  • Tipo de bilhete: Somente ida e volta.
  • Emite cabine mistas: Sim.
  • Permite combinar milhas e dinheiro em resgates de parceiros: Não.
  • Permite open-jaw (chegar por uma cidade e sair por outra): Sim
  • Permite Stopover (parada intermediária no meio da viagem superior a 24hrs): Sim – somente 1.
  • Possibilidade de misturar cias parceiras com cias da aliança: Não.
  • Limite de segmentos: Máximo 6 por itinerário de ida e volta.
  • Bancos parceiros no Brasil: Safra, Itaú (deságio de 20% na transf.), PAN, Banco do Brasil e Bradesco (através da Livelo), Caixa, Porto Seguro e American Express.
  • Taxa de emissão: 25EUR
  • Resgate de passagens p/ terceiros: Sim, permitido mediante autorização enviada por escrito via email.
  • Alteração: Somente por telefone. Permitido somente data mediante pagamento de taxa administrativa de 50 EUR. Mudança de classe, ponto de conexão, origem e destino não podem ser feitas.
  • Permite mudança após voar o primeiro trecho: Sim.
  • Cancelamento: Somente por telefone. Permitido somente data mediante pagamento de taxa administrativa de 120 EUR – milhas válidas retornam.
  • Resgate: Somente por telefone.
  • Validade das milhas: 3 anos.

Lifemiles – Avianca Internacional

O programa da Avianca Internacional é membro da Star Alliance, portanto te permite emitir passagens para os EUA voando na United, Air Canada, Avianca Internacional, Avianca Brasil e Copa Airlines.

  • Valor: 100.000 milhas (ida e volta) em classe executiva saindo do Brasil p/ os EUA, México e Canadá com parceiros ou a partir de 89.000 milhas (ida e volta) em classe executiva em vôos puros Avianca.
  • Cobra taxa de combustível: Não.
  • Tipo de bilhete: Ida OU Volta.
  • Emite cabine mistas: Sim.
  • Permite combinar milhas e dinheiro em resgates de parceiros: Sim.
  • Permite open-jaw (chegar por uma cidade e sair por outra): Sim
  • Permite Stopover (parada intermediária no meio da viagem superior a 24hrs): Não.
  • Possibilidade de misturar cias parceiras com cias da aliança: Não.
  • Limite de segmentos: Depende do que o sistema online montar.
  • Bancos parceiros no Brasil: American Express que faz parte do Membership Rewards e não Livelo.
  • Taxa de emissão: 25USD
  • Resgate de passagens p/ terceiros: Sim.
  • Alteração:  Somente por telefone. Pode ser alterado classe, horário, destino, conexão mediante pagamento de taxa administrativa de 150 USD.
  • Permite mudança após voar o primeiro trecho: Não.
  • Cancelamento: Somente por telefone – Mediante pagamento de taxa administrativa de 100USD – milhas válidas retornam.
  • Resgate: Somente online.
  • Validade das milhas: Nunca expiram desde que o participante tenha alguma atividade na conta (resgate ou acúmulo) a cada 24 meses.

Krisflyer – Singapore Airlines

O programa da Singapore Airlines é membro da Star Alliance, portanto te permite emitir passagens para os EUA voando na United, Air Canada, Avianca Internacional, Avianca Brasil e Copa Airlines.

  • Valor: 100.000 milhas (ida e volta) em classe executiva saindo do Brasil p/ os EUA, México e Canadá
  • Cobra taxa de combustível: Sim p/ vôos que não se iniciam no Brasil e de empresas que praticam tal prática.
  • Tipo de bilhete: Ida OU Volta.
  • Emite cabine mistas: Sim.
  • Permite combinar milhas e dinheiro em resgates de parceiros: Não.
  • Permite open-jaw (chegar por uma cidade e sair por outra): Sim
  • Permite Stopover (parada intermediária no meio da viagem superior a 24hrs): Sim – 1 gratuito em uma viagem de ida e volta, podendo adicionar até 3 extras por U$100 cada.
  • Possibilidade de misturar cias parceiras com cias da aliança: Não.
  • Limite de segmentos: Máximo 6 por itinerário de ida e volta.
  • Bancos parceiros no Brasil: American Express que faz parte do Membership Rewards e não Livelo.
  • Taxa de emissão: Não.
  • Resgate de passagens p/ terceiros: Sim – máximo 5 pessoas diferentes por ano – Só é possível alterar depois de 12 meses e é pago uma taxa de 30USD por passageiro.
  • Alteração:  Somente por telefone. Pode ser alterado classe, horário, destino, conexão mediante pagamento de taxa administrativa de 20 USD.
  • Permite mudança após voar o primeiro trecho: Não.
  • Cancelamento: Somente por telefone – Mediante pagamento de taxa administrativa de 30USD – milhas válidas retornam.
  • Resgate: Somente por telefone.
  • Validade das milhas: 3 anos.

AAdvantage – American Airlines

O programa da American Airlines é membro da oneworld, portanto te permite emitir passagens para os EUA voando LATAM ou na própria cia americana.

  • Valor: 115.000 milhas (ida e volta) em classe executiva saindo do Brasil p/ os EUA, México e Canadá voando AA na tarifa MileSAAver ou parceiros.
  • Cobra taxa de combustível: Não.
  • Tipo de bilhete: Ida OU Volta.
  • Emite cabine mistas: Sim.
  • Permite combinar milhas e dinheiro em resgates de parceiros: Não.
  • Permite open-jaw (chegar por uma cidade e sair por outra): Sim.
  • Permite Stopover (parada intermediária no meio da viagem superior a 24hrs): Não.
  • Possibilidade de misturar cias parceiras com cias da aliança: Sim.
  • Limite de segmentos: Depende do que o sistema montar, não excedendo 25% do limite máximo de distância em milhas entre o ponto de origem e destino.
  • Bancos parceiros no Brasil: Somente o cartão co-branded da própria AA emitido pelo Santander.
  • Taxa de emissão: Gratuito se feito online ou por telefone p/ parceiros que não é possível fazer online. Outras emissões U$40 e adicional de U$75 caso o vôo for no intervalo de 21 dias da reserva.
  • Resgate de passagens p/ terceiros: Sim.
  • Alteração:  Somente por telefone em parceiros. Pode ser alterado classe, horário, destino, conexão mediante pagamento de taxa administrativa de 150 USD. Caso sua nova data seja com menos de 21 dias de antecedência do novo voo, será cobrado adicional de U$75.
  • Permite mudança após voar o primeiro trecho: Não.
  • Cancelamento: Somente por telefone – Mediante pagamento de taxa administrativa de 150USD – milhas válidas retornam.
  • Resgate: Online p/ voos operados pela American saindo do Brasil e por telefone p/ voos operados pela LATAM.
  • Validade das milhas: Nunca expiram desde que o participante tenha alguma atividade na conta (resgate ou acúmulo) a cada 18 meses.

Bom, para mim estes são os programas mais vantajosos p/ ir e voltar dos EUA/Canadá em classe executiva. Agora vocês devem estar me perguntando e os demais programas? Conforme eu falei no início eu fiz questão de mostrar quais são os que cobram menos e com mais benefícios – portanto minha opinião pessoal e profissional é esta.

Outros programas que também permitem resgates p/ os EUA como o Executive Club da British e o Iberia Plus da Iberia (voando American Airlines ou LATAM) não foram citados pois o custo de cada bilhete depende da distância do trajeto e da quantidade de conexões portanto não seria viável caso o seu destino não tenha voo direto do Brasil, já que cada passagem vai possuir um custo variável. Só p/ vocês terem uma noção – um vôo direto entre SP e Miami custa 75.000 avios cada trecho em executiva, agora imagina se você tiver que conectar p/ outra cidade? O valor vai subir ainda mais – portanto não vale a pena!

O mesmo vale para o programa Skymiles da Delta e FlyingBlue da Air France/KLM que cobram respectivamente 75.000/62.500 por trecho em executiva com as parceiras da Skyteam.

Aliás, como vocês puderam ver nenhum programa brasileiro entrou na lista, e vocês já imaginam o porque né?

Enfim, espero que este post ajude vocês a tomarem decisões mais sábias e corretas na hora de investirem em um programa de fidelidade focando em determinado tipo de emissão que no caso de hoje foi específico p/ passagens em business class do Brasil p/s os EUA usando a mínima quantidade possível de milhas e pontos.

E aí, ficou mais fácil entender desta forma?