Oneworld extravagância – 4 cias inéditas no Passageiro de Primeira

Bom, vamos começar mais um Trip Report hoje né? Ainda tenho tantos pra fazer mas sempre que inicio um novo é como se fosse o primeiro, rs.

Em Março a TAM e US Airways saíram da Star Alliance para entrar na oneworld. Com isto tratei logo de emitir passagens nas cias da aliança para poder testar e mostrar para vocês.

Na emissão usei 100.000 pontos do Dividend Miles (programa da US Airways) que comprei durante as inúmeras promoções que sempre acontecem. Com isto consegui emitir ida para Europa via Estados Unidos, e volta da Europa via Estados Unidos com uma parada (stopover) por lá.

Na hora da busca foquei em pegar aviões e cias inéditas que que ainda não tinha testado como a nova Business do B767 da TAM, A330 da AirBerlin, A330 da Finnair e A330 da US Airways.

Classe Executiva Finnair A330

Classe Executiva US Airways A330

Classe Executiva TAM B767

Classe Executiva airberlin A330

Desta vez a saga de ligações para o Call Center durou dias. pois não conseguia achar um agente que queria emitir do jeito que eu desejava, sempre dizendo que a rota era ilegal. Mas como eu estou cansado de saber que na US é questão de sorte  e de achar um agente que o faça, persisti, e na 18 ligação consegui! No final gastei 100.000 milhas + U$487.76 em taxas pois a Finnair cobra taxa de combustível, mas mesmo assim compensou.

Meu itinerário então ficou o seguinte:

oneworld tour - passageirodeprimeira oneworld tour - passageirodeprimeira

Pelo mapa, a minha linha de viagem foi esta para o percurso da ida:

oneworld mapa passageirodeprimeira

E esta para o da volta:

oneworld tour - passageirodeprimeira

Então quando digo para vocês que a promoção da US Airways compensa pelo valor (Aprox. U$1900 por 100k com a promoção de 100% de bonus), é justamente para fazer resgates como estes, onde você maximiza o uso das milhas e ainda consegue fazer rotas para testar o máximo possível de aeronaves. Um dos vôos internos nos EUA (MIA>JFK) fui de econômica pois na hora da emissão não tinha Business/First disponível.

Algumas regras da US Airways na hora do resgate:

  • O itinerário pode ter um stopover (parada intermediária) no percurso da viagem, seja da ida ou da volta ou open-jaw (sair de um lugar e voltar de outro).
  • Máximo de 10 segmentos possíveis – (Só consegui 9 até hoje, mas os agentes enforçam somente 8)
  • O stopover deve ser feito em um hub da oneworld (Regra não muito enfatizada pelos agentes)
  • Não é possível misturar cias parceiras (como alguma das Star Alliance que ainda permanecem no programa) com as da oneworld. Porém já teve um leitor que conseguiu.

O Call Center é uma verdadeira roleta russa, você nunca sabe o tipo de agente que vai pegar, por isto digo, é preciso ter paciência, persistência e muita dedicação na hora de fazer estes resgates, afinal, o resultado sempre vale a pena!

O que acharam deste itinerário?