Pantanal Linhas Aéreas encerra operações

Depois de vários incidentes ocorridos nas últimas semanas com as aeronaves ATR da Pantanal compremetendo a segurança dos passageiros, a TAM controladora da mesma, resolveu publicar um comunicado no seu site declarando o encerramento das operações da Pantanal em seus destinos. Com isso os passageiros agora devem procurar alternativas em próprios vôos da TAM ou da sua congênere TRIP.

Pra quem está por dentro da verdadeira estratégia disto, fica claro que a intenção da TAM desde que adquiriu a Pantanal, era de pegar os slots que a mesma já possuia em algumas cidades do interior do Brasil. Em (longo) curto prazo a marca perdeu força, se adapatou aos padrões da TAM e mudou a logomarca, ficando cada vez mais “submissa” a marca TAM.

Bom, com tudo isso já estava por vir o esperado: As aeronaves sem condições físicas de voar deixam o cenário e a TAM assume os vôos da cia.

Vejo que isto se assemelha muito a história da GOL quando comprou a VARIG. O discursso inicial seria que as duas operariam duas marcas diferentes, mas claro, não foi o que aconteceu. Aos poucos a GOL começou a pintar os aviões da VARIG, comprou seu programa de fidelidade(SMILES) e retirou o site da VARIG do ar.

É… no mundo da aviação é assim, as gigantes sempre engolindo as pequenas.

Leia nota na íntegra: (fonte: site TAM)

“Comunicado Pantanal Linhas Aéreas – Encerramento das operações com aeronaves de 45 lugares

A Pantanal informa que está antecipando para hoje (7) o encerramento de suas operações com aeronaves de 45 lugares nas cidades de Araçatuba, Bauru, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, em São Paulo, e Juiz de Fora e Uberaba, em Minas Gerais – encerramento previsto originalmente para o final deste mês. Em Bauru, está mantida a operação com aeronaves Airbus A319. Em busca de oferecer serviços de mais qualidade e regularidade aos clientes, a companhia optou por concentrar desde já a operação dentro dos padrões da TAM Linhas Aéreas, que já atende diretamente as cidades de Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. Nas demais cidades (Araçatuba, Juiz de Fora e Uberaba), os clientes têm à disposição – em voos diretos ou com conexão – os serviços da Trip Linhas Aéreas, com a qual a TAM mantém acordos de codeshare.

Convicta de que está agindo no melhor interesse de seus clientes, a Pantanal agradece a compreensão dos passageiros dos voos cancelados e se desculpa pelos transtornos momentâneos nesta fase de transição. Aqueles que já tinham bilhetes comprados até 31 de julho poderão optar pela reacomodação em voos da Pantanal, da TAM ou de companhias congêneres, conforme o caso, ou pelo reembolso integral da passagem.

São Paulo, 7 de julho de 2011

Pantanal Linhas Aéreas”