PayPal agora aceita milhas Smiles como pagamento

Programas de fidelidade 14

Por Fábio Vilela

Hoje ao entrar no site do Smiles, me deparei com esta nova opção.

smiles paypal

Agora você pode trocar suas milhas por um cartão Pré-pago para utilizar como forma de pagamento em todos os parceiros que aceitam PayPal.

Veja como funciona:

smiles paypal

Os valores correspondentes à cada milha usada, serão o seguinte:

smiles paypal

Pela proporção eu não acho vantagem, pois vamos tirar de base os 105.000 pontos que é a mesma quantidade para resgatar uma passagem de ida e volta para Europa em classe executiva, ou seja, por R$1.500,00 você não compra esta passagem, então não vale a pena.

Agora se você não for resgatar e os pontos forem expirar, quem sabe.

Termos e condições:

  • Os valores adquiridos no cartão Pré-Pago PayPal com Milhas só podem ser combinados com o saldo de sua conta PayPal.
  • O valor máximo que poderá ser resgatado no cartão Pré-pago PayPal com Milhas será de R$ 3.000,00 por mês e R$ 20.000,00 por ano.
  • Para o resgate do PayPal com Milhas, a conta PayPal vinculada deverá ser da mesma titularidade do cliente Smiles.
  • O cartão resgatado será identificado no PayPal pela bandeira MasterCard e os 4 últimos dígitos serão apresentados na tela de confirmação do resgate.

E aí, o que acharam?

14 respostas para “PayPal agora aceita milhas Smiles como pagamento”

  1. Marcio disse:

    Então Fábio, muito obrigado pelo retorno, é sempre bom ter uma opinião de quem entende. Realmente, pensando em executiva para os USA, o Smiles ainda é imbativel, sempre consigo emitir bilhetes quando me programo, inclusive para trechos fora do Brasil também em executiva, como LAX-NRT ou ATL-CDG, somente para citar casos em que ja emiti. Pensando por este lado, a compra de milhas do Clube Smiles vale. Isto é fato. Quanto a manutenção do status Diamante, sua conta procede e eu não tinha ainda esta certeza, ou seja, que das 1000 milhas que o Smiles nos garante por trecho, 500 serão contabilzadas como milhas clube. Tenho ainda 16 trechos não voados, comprados antes da mudança, e igualmente 6 trechos após, sendo assim, ainda não tive crédito na nova pontuação, menos mal, pois como disse, faço cerca de 100 trechos ano, e então manterei, com folga, o status. Stauts este que hoje vale muito pouco, somente quando voamos Delta temos algum privilégio, pois aqui no Brasil, ficou muito a desejar. Quem sabe a Gol/Smiles façam, um dia, parte da Skyteam, ai sim, sera muito bom ser Diamante. Abs,

  2. Marcio disse:

    Ola Fábio, vi no Facebook que você chegou as nossas Minas Gerais, seja bem vindo a casa. Que viagem fantástica esta a SIN. Pois muito bem, vi também no face, a foto do seu cartão Smiles e fico me perguntando: o que fizeram com o Smiles? Eu, com meus 54 anos, cliente do Smiles desde 1997, ouro desde 2001 e diamante desde 2006, isto numa época que eram precisos 100 trechos, fico triste em perceber o que fizeram nos últimos tempos com este programa, que em minha opinião era o melhor. Primeiro tiraram os pontos por conexão, minhas viagens a POA, passaram a ser como uma a GRU ou GIG, passaram a não oferecer os 7000 pontos pela manutenção no status diamante. Lounges? Restaram somente os internacionais de GIG, mas no terminal que a Gol não opera e o de GRU. Recentemente, fizeram o que considero o “tiro de misericórdia”, a pontuação passa a ser por real gasto e não mais por trecho voado, passou, a meu ver, de programa de fidelidade, ou seja, premia mais quem voa mais, a programa de venda de pontos, quem gasta mais pontua mais. Não obstante, a manutenção diamante, será oferecida/mantida a quem gastar no mínimo R$ 17.500,00 na tarifa flexível, se estiver errado, por gentileza, me corrija. Poucos gastam isto. Eu por exemplo, faço 8 voos por mês, mas todos a trabalho e a grande maioria no trecho CNF-GRU pagando no máximo R$ 200,00 em cada ida e volta, com as taxas, pois compro com antecedência e consigo o trecho por R$ 59,00 ou próximo disso. Então, mesmo voando bastante, cerca de 96 trechos ao ano, fora os a lazer, serei no máximo um passageiro prata. Filiei-me ao Clube Smiles para ver no que vai dar, mas, sinceramente, pagar R$ 30,00 por 1000 milhas e nada mais, acho que vou cancelar. Desculpe-me o texto longo, tenho “curtido” sua pagina e suas colocações sempre muitos imparciais, mas gostaria de deixar aqui minha insatisfação com o Smiles, e que acredito, não seja só a minha, mas de muitos associados. Um excelente feriado e curta muito UDI até a próxima viagem. Abs, Marcio. Belo Horizonte/MG

    • Fábio Vilela disse:

      Olá Márcio, tudo bem?
      Gostei muito das suas colocações e concordo em boa parte delas, salas VIP, não pontuar em conexão, etc.

      Só gostaria de corrigir um pouco o cálculo, por ex.
      Uma viagem UDI x CNF x UDI custa ida e volta na tarifa programada em torno de R$160,00.
      Como sou Diamante, tenho o teto mínimo de 500 milhas por trecho, ou seja, preciso voar 70 trechos individuais ou 35 trechos ida e volta para ganhar as 35.000 milhas.
      Tendo em vista o valor da passagem, em 1 ano, gastando R$5.600,00 já consigo manter a categoria.
      No seu caso no trecho GRU x CNF x GRU a R$200,00 você precisa gastar R$7.000,00 em 1 ano na tarifa programada para manter o status, já que é Diamante e tem garantido 500 milhas por trecho, caso multiplicando por 2 ou 3 o valor da passagem não atinja este valor.

      Eu também aderi ao Clube Smiles, pois ainda acho que é uma ótima forma de comprar milhas mais barato que o próprio site vende, tirando um ótimo valor disto emitindo passagens.
      Vamos fazer uma conta: 3 anos de Clube Smiles pagando um total de R$1.080 vai te dar 36.000 milhas, o que é praticamente uma passagem de ida aos EUA em classe executiva com a Delta (37.500 milhas). Pra mim é um ótimo negócio!

      Grande abraço,

  3. Ricardo Costa disse:

    Mesmo para quem precisar trocar milhas por dinheiro, vender para empresas como a HotMilhas ainda é bem mais vantagem, a taxa de conversão deles costuma ser R$ 250 para cada 10.000 milhas.

    • Felippe Matiazzo disse:

      Ricardo, não acho vantajoso.
      Se tivesse milhas a expirar – o que não acontece! rsrs, prefiro pagar a taxa para reativar as milhas.
      Uma passagem ida-volta SP-Europa-SP com uma das cias AirFrance, KLM ou Iberia em executiva 105mil milhas, em tabela vale nesta modalidade R$1500,00reais????
      Uma passagem ida e volta de executiva “pagando” em $$$ em uma dessas empresas não sai por menos de R$6.000,00…
      Ou seja, 4x mais o valor normal.
      Ja esse HOTMILHAS te paga pelas mesmas 105 mil milhas R$2.500,00 e eles vendem para empresas e consumidores final por +/- uns R$4.000,00? Talvez?
      Não é jogo. Infelizmente.

  4. Felippe Matiazzo disse:

    Eu vi ontem a noite quando fiz algumas consultas na dispobilidade de datas… achei uma miséria essa oferta…
    Exemplo SP-EUA em executiva 35k cada perna… Trocar por R$450,00? Não obrigado, prefiro deixar as milhas lá quietinhas…

  5. MARCIO SPIMPOLO disse:

    Que pena!!! Obrigado pela informação. Abs.

  6. MARCIO SPIMPOLO disse:

    Não vi nenhuma vantagem nisso. Tem empresas que pagam até R$ 3.500,00 por cada 100.000 (pontos/milhas). É melhor vender pra elas e comprar o crédito no paypal…rsrs Valeu pela informação Fábio.

    • Fábio Vilela disse:

      Na verdade o melhor uso das milhas é sempre em passagens, sem sombra de dúvida.

      • MARCIO SPIMPOLO disse:

        É verdade…mas fiz referência apenas ao fato das milhas estarem próximas de expirar. Aproveitando o gancho Fábio, sabe me dizer se eu posso comprar passagens com milhas em meu nome e depois transferir outra pessoa? Obrigado!

      • Junior disse:

        Hospedagem na Accor anda valendo a pena. Tarifa mais baixa para quem tem Le Club e ainda dá para usar os pontos com vouchers. Comparando esses 105000 pontos viraria uns 1560 dolares (estou supondo um acumulo de pontos do multiplus equiavalente ao smiles e transferindo para o le club.

Deixe uma resposta

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis