Primeira Classe da American Airlines no B77W – Miami para São Paulo

Como o vôo atrasou para sair de Londres, meu tempo em Miami foi super corrido – praticamente só consegui passar na sala Centurion da American Express (veja mais aqui) para tomar banho e já fui direto para o portão onde o embarque já tinha começado.

Vôo American Airlines AA995 – 01/11/2017
Miami (MIA) ✈ São Paulo (GRU)
Assento: 1J – Primeira Classe
Partida: 23:00 / Chegada: 09:25+1 / Duração: 8h20 
Aeronave: Boeing 777-300ER 

O layout da First no B77W da American é 1-2-1 dividido em 2 fileiras – totalizando 8 assentos. Como a Patty voltou para o Brasil direto de Londres e nestes últimos 2 trechos estava voando sozinho, preferi sentar nas poltronas individuais.

Ao chegar a cabine já estava lotada, então fui recepcionado bem gentilmente por uma senhora que se apresentou e disse que seria responsável pelo serviço da First naquele dia. Apesar de pouca privacidade o assento é grande, confortável e bem desenhado.

Foi servido drink ainda em solo – espumante, suco de laranja e água.

Conforme falei, a poltrona é bem confortável, larga e oferece um espaço para lá de satisfatório para o passageiro. Caso você sente nas fileiras do meio e esteja viajando com algum desconhecido você pode levantar a divisória para te garantir privacidade. Um outro ponto que eu gosto de salientar é o fato da poltrona ser giratória – com isto você consegue jantar de frente para a pessoa do lado, ou caso esteja sentado na janela, trabalhar na mesa adjacente.

Aqui vocês conseguem ter uma noção melhor da posição da cadeira quando giro ela – uma mão na roda para trabalhar usando a mesa de apoio.

Note que você fica totalmente de costas para o resto da cabine.

E esta é a mesa que você pode usar de apoio para seu computador.

O controle da posição do assento é feito por este pequeno tablet.

O assento oferece 2 tomadas universais, portas USB, saída/entrada de áudio e vídeo e joystick touchscreen.

Você também tem 3 botões de fácil acesso debaixo da mesinha – um para liberá-la, outro para desprender a TV do suporte e o último para a luz individual.

O ottoman (descanso para os pés) é super largo, não afunila e também serve de assento caso você queira chamar uma outra pessoa para ficar com você.

Na lateral logo abaixo tem um buraco para você colocar seus sapatos.

O amenity kit é da Cole Haan – elegante mas nada de extraordinário.

Destaque para o fone de ouvido da BOSE – de excelente qualidade. Detalhe que o fone da vinda era mais novo e de outro modelo – achei melhor.

O entretenimento de bordo era super completo – infinidade de vídeos/filmes/séries/jogos, etc.

O avião também oferece wifi que se eu não me engane é U$19 para todas as classes e uso ilimitado.

O menu tem uma péssima aparência – apenas uma folha solta/avulsa. Para uma primeira classe é uma vergonha né?

O serviço foi super cordial do início ao fim – começaram com bebidas e mix de nuts.

De entrada veio uma salada que na tradução estava escrito “Pãozinho de Lagosta da Nova Inglaterra” – o que será isto hein? Pelo menos estava saborosa.

A sopa de açafrão e grão de bico estava boa mas pseudo-fria. Detalhe que a manteiga não veio em tablete e sim como uma espécie de whipped cream.

A sala estava uma delícia – rodelas de laranjas vermelhas, quinoa torrada e sementes de abóbora.

Pela foto eu acho que eu pedi o robalo, mas agora lendo no cardápio mostrava que tinha gaspacho verde acompanhando – o que eu não acho que veio – a batata frita estava ensopada em óleo assim como o peixe – não gostei muito.

A tábua de queijos me surpreendeu – apresentação bela neste suporte de madeira.

E por fim, claro – o famoso sundae – não dá para negar né?

Enquanto fui me trocar a comissária já perguntou se eu queria que arrumasse a cama – eu pedi que sim e quando retornei ao assento ela já estava pronta. Além de 2 travesseiros eles oferecem um duvet e edredon.

Nesta foto aqui vocês conseguem ver a pouca privacidade que o assento oferece (quando reclinado) em relação ao corredor. Nada que prejudique o sono, mas…

Consegui dormir boas horas de sono, afinal estava morto de tantos vôos diretos um atrás do outro.

Durante a madrugada um mini-bar fica montado na galley da primeira classe – lá tem snacks, sanduíches, doces, salgadinhos, etc – esquema self service.

Um bar maior também está disponível para a classe executiva – atrás da fileira 4.

Quase chegando em SP serviram o café da manhã – omelete com batatas, tomates e um tipo de presunto – frutas, pães e café. O omelete estava meio seco e o pão branco esfarelando – o mas o resto estava OK.

Por fim eles entregaram chocolate e agradeceram a preferência por voar American.

Conforme falei no relato do meu outro vôo – não acho que vale a pena pagar a diferença em dinheiro que geralmente a AA cobra em relação à Executiva/Primeira – já que o conforto de ambas as poltronas e o serviço é muito similar. Mas se a diferença em milhas for pequena – não hesitaria em comprar para voar lá na frente.

E vocês – também compartilham desta mesma opinião?

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
8,2