Primeira Classe da British Airways no B787-9 – Londres p/ Abu Dhabi

Minha conexão em Londres não foi muito longa, e aproveitei para esperar meu vôo no Concorde Room – a sala vip da British que é exclusiva para quem viaja de Primeira Classe. Como já tenho review no site (leia aqui) não vou fazer outro.

Só quero deixar novamente registrado a decepção que é este lounge – por ser uma sala VIP exclusiva p/ quem está na First e estar no hub principal da cia ela deixa muito a desejar.

Ambiente pequeno, lotado em horários de pico, móveis antigos, banheiros ultrapassados são alguns dos pontos negativos. O lugar não possui buffet – somente restaurante à la carte – que quando está cheio não tem lugar de sentar então você precisa pedir sua comida e comer em algum dos sofás. Portanto se você quiser algo rápido, esqueça – terá que ir para o lounge que fica em frente – o Galleries First onde tem um esquema self-service.

Uma das poucas vantagens é o tratamento cortesia no Elemis Spa – você pode escolher massagem, facials, entre outros. Só que a fila é sempre ENORME, então sugiro fazer a reserva online para garantir que você terá lugar na fila.

Fui literalmente cedo pro portão pois quando é um avião novo eu sempre gosto de ser o primeiro da fila pra quando o embarque ser liberado eu sair correndo pra conseguir tirar fotos da cabine vazia.

O embarque aconteceu pontualmente respeitando as ordens de prioridade e categorias elite. Aliás, olhem o tamanho desta jetbridge – poucas vezes vi uma tão longa.

Vôo British Airways BA73 – 05/05/2017
Londres (LHR) – Abu Dhabi (AUH)
Assento: 2K – Primeira Classe
Partida: 12:40 / Chegada: 22:55 / Duração: 7h15
Aeronave: B787-9

Os B787-9 são as aeronaves mais novas na frota da BA, por isto eu estava ansioso para experimentar e conhecer a cabine. O layout da First é 1-2-1 dividido em 2 fileiras totalizando 8 assentos.

O acabamento da cabine é bem elegante, cores neutras e luzes na medida certa. Ao chegar a comissária (uma senhora) me acompanhou até meu assento e me deu as boas vindas – super gentil, uma fofa!

Para quem viaja acompanhado a pedida é sentar nas poltronas do meio. Elas possuem divisórias retráteis que permitem você ter um contato maior com o passageiro ao lado.

Durante um bom tempo eu achei que ia ser o único passageiro pois ninguém chegava, mas ao final do embarque a cabine ficou lotada. Aliás, as comissárias não se incomodaram com o fato de eu estar fotografando e não falaram nada.

Bom, eu queria tocar em um tópico delicado aqui – mas de forma bem madura e profissional para que não venham os “mimimi’s” nos comentários. Crianças na primeira classe (ou em qualquer outro ambiente público). Primeiro gostaria de dizer que eu não tenho problema algum em viajar com menores e isto de fato não é algo que me incomoda.

Mas neste vôo, a situação ficou de certa forma insuportável. Era um casal com duas crianças – um bebê de colo – que dormiu praticamente o voo todo, e uma menina de aproximadamente uns 6 anos.

Esta garotinha não parou o vôo inteiro, ela corria pela cabine, gritava, falava alto, jogava o ursinho de pelúcia nos pais, escalava na poltrona – UM CAOS – e o que mais me impressionava é que os pais não fizeram absolutamente nada – quem me acompanhou no instagram (segue lá @fabiovilela) pode ver tudo nos vídeos . Vez ou outra quando ela sentava na poltrona ela pegava o iPad e ficava jogando ou assistindo desenhos e pasmem – SEM O FONE DE OUVIDO, ou seja, todos os outros passageiros foram obrigados a ficarem escutando a programação individual da menina. Enquanto eu estava vendo filme e usando o fone de ouvido não me incomodou, mas depois que tentei dormir foi inviável e ela ficou acordada praticamente as 7 horas de voo.

Eu confesso que não tive coragem de falar nada, mas depois fiquei pensando – eu estaria no meu direito de reclamar? Como seria uma maneira adequada e educada de fazer a aproximação com os pais sendo que os mesmos não estavam nem aí para a algazarra que a menina estava fazendo na cabine?

Novamente quero deixar claro que não há problema nenhum ter crianças na First, afinal tenho dois sobrinhos lindos que sempre viajam comigo e sei que às vezes eles ficam entediados – mas o que mais me deixou indignado foi a falta de pró-atividade dos pais em colocar limites ou tentar controlar a criança já que estávamos em um ambiente “público”, concordam?

Ufa, agora que terminei meu desabafo vamos voltar ao post, rs. O assento em si não chama muita atenção – digamos que ele é de certa forma quase uma business. Aliás eu sempre digo isto aqui, pra mim a Primeira Classe da British Airways é a melhor executiva do mundo, rs.

A poltrona fica na posição diagonal mas nada que comprometa seu conforto enquanto estiver sentado ou deitado.

Notem que o assento oferece pouca privacidade já que o casulo que envolve o mesmo não tampa todo seu rosto, o que te deixa bem exposto no corredor.

Ao lado da TV você tem um compartimento para pendurar sua camisa/jaqueta.

Ele é bem estreito, portanto não cabe muita coisa não.

Os fones de ouvido eram noise cancelling mas nada de extraordinário em matéria de qualidade de som.

Ao meu lado direito (perto da janela) tinha um porta trecos, a tomada, 2 portas USB e o joystick do IFE.

O joystick era touchscreen e de interface fácil e também servia como tela.

O IFE era bem completo – rápido e eficiente.

A programação era bem diversa e contava com filmes, músicas, jogos, etc.

Ainda no embarque foi oferecido o pijama (elas perguntam seu tamanho antes), amenity kit e champagne.

O amenity é bem simples – nada que você pense “WOW”!

O footrest (descanso dos pés) afunila um pouco, mas há uma parte de couro na lateral que aumenta o espaço para você colocar os pés. Você também consegue abaixá-lo e chegá-lo mais pra frente caso você for mais baixinho e não conseguir alcançar o pé lá.

Ao lado do footrest tem outro compartimento – este no caso p/ colocar os sapatos.

A mesa era acionada através deste botão.

Ela tinha uma ótimo tamanho e era na cor preta/grafite – bem bonita por sinal.

O assento ainda conta com um abajur com regulagem de intensidade.

Um terceiro porta trecos na minha lateral direita com direito a espelho p/ maquiagem, rs.

Enfim, foi distribuído o cardápio e as opções de refeições e bebidas.

O serviço então começou com bebidas e mix de nuts.

As refeições deixaram MUITO a desejar no quesito apresentação – pouco elaboradas e feias de se ver. O sabor estava satisfatório.

De canapés serviram um pimentão recheado de beringela e um palitinho ENSOPADO em óleo.

A manteiga não vem exposta como na maioria das cias – e sim embrulhada – ponto positivo.

Eu optei pela entrada típica árabe – que confesso deixou a desejar.

Olha como veio as entradas – o prato todo sujo ao lado – mal feito e sem cuidado algum. Somente o hummus estava bom, o kibe e os demais ficaram pra trás.

Eu optei pelo bacalhau empanado com arroz Sayadieh e molho tahini.

Apresentação novamente deixou a desejar – a minha impressão é que era um prato de self-service. O bacalhau veio encharcado em óleo – acabei comendo só o arroz com as verduras.

Para terminar veio o prato de queijos – com boa seleção pro sinal e também a sobremesa.

Ambos estavam ótimos – ponto positivo!

Fiz umas fotos do assento reclinado ainda em solo p/ aproveitar a luz natural. A poltrona vira cama e é total flatbed .

Como o assento vai deslizando a medida que deita o casulo acaba por proteger um pouco mais seu rosto caso você esteja deitado.

Nesta foto vocês conseguem ver a parte em couro ali no fundo (debaixo da mesa) que faz com o assento fique “maior”.

Como vocês sabem o B787 não possui venezianas portanto para escurecer a janela basta apertar este botão e ir regulando a intensidade.

Enquanto fui me trocar a comissária se ofereceu para arrumar minha cama. O edredon e travesseiro fornecidos são “fofos” e de tamanho adequado. Além disto eles forram o assento com um duvet que deixa ele mais macio ainda.

Mal consegui dormir, afinal o trajeto é curto e não dá para descansar e claro, tinha a garotinha servindo de entretenimento gratuito, rs.

Durante o voo na galley fica um carrinho com chocolate e pedaços de frutas à disposição dos passageiros.

Quase chegando em Abu Dhabi foi oferecido uma segunda refeição – sanduíches, pães e doces – muito simples.

Aliás a duração deste voo é muito ingrata né? São em torno de 7hrs então você não consegue descansar e aproveitar direito – principalmente por ser diurno.

É curioso ver como a cia está tão pra trás em se tratando de primeira classe se comparada com suas principais concorrentes européias (Air France, Lufthansa e Swiss) e mesmo assim ainda cobra um preço alto. O assento parece muito com algumas classes executivas mais modernas que temos por aí, a comida é bem simples – pouco elaborada e nada de extraordinário e o atendimento, apesar de cordial e profissional, não é nada de outro mundo.

Neste B787-9 as poltronas são mais modernas, viram camas e tem um espaço satisfatório p/ o passageiro. Mesmo sendo uma aeronave recente a cia não instalou wifi – ponto negativo.

Só p/ deixar bem claro e como conclusão final vou reafirmar o que sempre escrevo no site quando viajo com eles – A primeira classe da Britisih Airways é a melhor executiva que já voei!

E aí, você já viajou na First da BA? Como foi sua experiência?

Clique aqui e confira o Trip Report completo
Introdução - Volta do mundo em tempo record
Classe Executiva da Delta no B767-300 - São Paulo p/ Nova York
American Airlines Flagship Check-in e Lounge - Aeroporto de Nova York (JFK)
Primeira Classe da American Airlines no A321T - Nova York p/ Los Angeles
Sala VIP Star Alliance First Class Lounge - Aeroporto de Los Angeles (LAX)
Sala VIP Swiss First Class Lounge (Primeira Classe) - Aeroporto de Zurich - Terminal E
Sala VIP British Airways Galleries Lounge - Aeroporto de Genebra (GVA)
Primeira Classe da British Airways no B787-9 - Londres p/ Abu Dhabi
Classe Executiva da LATAM no A350 - Abu Dhabi p/ Doha (operado pela Qatar Airways)
Primeira Classe da Qatar Airways no A380 - Doha para Sydney
Sala VIP Qantas International First Lounge (Primeira Classe) - Aeroporto de Sydney
Sala VIP American Express - Aeroporto de Sydney (SYD)
Primeira Classe da British Airways no B777 - Sydney p/ Cingapura
Sala VIP dnata Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Sala VIP Sats Premier Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Sala VIP Plaza Premium Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN)
Classe Executiva da Cathay Pacific no A350 - Cingapura p/ Bangkok
Sala VIP Oman Air First and Business Class Lounge - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Sala VIP Miracle First Class Lounge - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Primeira Classe da Cathay Pacific no B773 - Bangkok p/ Hong Kong
Sala VIP de chegada Plaza Premium Lounge - Aeroporto de Hong Kong
Sala VIP Skyteam Lounge - Aeroporto de Hong Kong (HKG)
Classe Executiva da Korean Air no B77W - Hong Kong p/ Seoul
Sala VIP Sky Hub Lounge - Aeroporto de Seoul (ICN)
Sala VIP Matina Lounge - Aeroporto de Seoul (ICN)
Sala VIP KAL Lounge Prestige Class - Aeroporto de Seoul (ICN)
Classe Executiva da Korean Air no B747-8 - Seoul (ICN) p/ São Francisco (SFO)
Classe Executiva da Delta no A330 - Atlanta para São Paulo
Conclusão - Como emiti e comprei minhas passagens

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
7,5