Primeira Classe da Lufthansa no A380 – Frankfurt para Cingapura

Só para esclarecimento – eu vou mesclar as fotos que fiz durante o embarque (que estava escuro pois era de noite) e as fotos que fiz da cabine durante o vôo (que estava claro pois chegamos durante o dia em Cingapura) assim consigo ter uma definição melhor das imagens.

Vôo Lufthansa LH778 – 29/07/2017
Frankfurt (FRA) ✈ Cingapura (SIN)
Assento: 2A – Primeira Classe
Partida: 21:55 / Chegada: 16:15 +1 / Duração: 12h20
Aeronave: A380-800

A primeira classe da Lufthansa fica no upper deck (segundo andar) do A380 e consiste em 8 poltronas no layout 1-2-1. Todos os assentos da Lufthansa são praticamente iguais nos A330, A340, B747-8 e A380. A First estava lotada, ou seja, os 8 assentos ocupados. OBS: Eu adoro este brazão na parede escrito Lufthansa First Class – elegante que só!

Como no A380 não tem bin (compartimento superior de bagagem) cada passageiro tem seu próprio armário (com senha) para guardar os pertences pessoais.

Não vou dar muita ênfase na poltrona pois conforme falei é idêntica em todos os vôos, inclusive no B747-8 que fiz o trajeto vindo de Boston, então vou apenas colocar as imagens sem muito texto.

Notem que meu assento (2A) é estrategicamente posicionado para ter acesso à 3 janelas.

Uma foto com a luz natural – notem que as janelas são com venezianas duplas – a primeira mais clara e a segunda com o blackout – ambas acionadas eletronicamente.

A poltrona também é bem larga, acomodando confortavelmente o passageiro.

Nesta foto vocês conseguem ver que não há os “bins”.

O descanso dos pés é grande, não afunila e também serve como porta-trecos.

Além do mais você consegue chegar ele pra frente para diminuir a distância entre o assento e o apoio dos pés.

Lado esquerdo estava o controle do entretenimento de bordo, o fone de ouvido da BOSE e diversos porta-objetos.

Sem muita novidade em relação ao entretenimento de bordo – bem completo com filmes, séries, músicas, etc.. mas a qualidade/tamanho do monitor deixa um pouco a desejar. Um ponto negativo neste meu voo foi que o wifi estava inoperante – então ficamos 12 horas sem conexão. Caso tivesse funcionado o valor é 17EUR por todo o trajeto para uso ilimitado.

Os amenities entregue são pijamas Van Laack e a bolsinha “xexelenta” da Braun Buffel. 

Ainda não superei o fato da LH não dar mais as cases da Rimowa #chateado.

O assento também possui luz individual de leitura com regulagem de intensidade.

Já do meu lado direito estava o controle da posição do assento.

E como vocês sabem – 2 portas USB’s + 2 tomadas universais ficam embaixo do assento.

A flor do meu assento estava velha e murcha – ponto negativo!

Bom, agora vamos falar do serviço – eu já comentei com vocês que assim que eu embarco eu já sinto pelo “approach” da tripulação se o vôo vai ser agradável / prazeroso. Quando eu entrei no avião e a comissária me encaminhou para o assento eu já notei que poderia tirar meu cavalinho da chuva , infelizmente e conto mais no decorrer do post.

Ainda em solo é servido o champagne (Laurent-Perrier) com o mix de nuts e também os cardápios.

Como o vôo saiu bem tarde e eu passei o dia todo acordado eu queria dormir o mais rápido possível – portanto não optei por fazer menu degustação e pedi o trivial mesmo.

O serviço começou com o Amuse bouche – que é como se fosse um canapé – só para dar o pontapé inicial.

Sobre o atendimento – ele foi OK – mas nada de extraordinário como o voo anterior. As comissárias foram educadas e atentas mas por um lado estavam bem “frias”, pouco simpáticas e fazendo o serviço de forma muito impessoal e com pressa.

Serviram o caviar sem oferecer a Vodka – o que achei uma falha grande.

As entradas estavam bem apresentadas – o mosaico de salmão com halibut estava divino, o tomate seco com queijo estava OK, mas o steak tartare estava extremamente salgado – impossível de comer. A salada era um mix de folhas com molho cremoso – nada demais!

A vitela de prato principal bem gordurosa, e a aparência do prato – feia. Tive a impressão de estar em um buffet no estilo bandeijão onde eles colocam uma “lapa” de purê no prato de qualquer jeito – não gostei!

Curiosamente a tripulação não passou com o carrinho de queijos e sobremesa, quando neste caso o passageiro pode escolher as opções que elas servem na hora. Ao contrário – elas apenas perguntaram se eu iria querer e já trouxeram pronto da galley – ou seja, sem a delicadeza do atendimento.

A sobremesa era um dumpling com macadâmia moída e ragú de pêssego – a apresentação estava bonita e o sabor muito bom!

Logo em seguida trouxeram os queijos com o vinho de sobremesa – prato pronto direto da galley – não pude escolher quais fatias eu queria já que elas não passaram com o carrinho – ponto negativo.

E ao final do serviço ofereceram esta caixa de chocolate – que no meu voo anterior não teve – vai entender.

Fui então pro banheiro me trocar para poder dormir – à esta altura do campeonato eu estava desmaiando já.  Antes de ir solicitei à comissária que preparasse minha cama.

O banheiro é ENORME – tem até um banco pra você sentar – pra fazer o que eu não sei, mas é sempre útil, rs.

Além disto, adivinha o que o banheiro esconde?

UM MICTORIO! Simmmm!!! Para nós homens – achei a idéia fantástica! Como ninguém pensou nisto antes?

No banheiro você também encontra alguns amenities como água thermal, aparelho de barbear, etc.

Amo esta água termal da EVIAN.

O assento deitado vira uma cama como vocês podem ver.

E espaço é o que não falta pra você poder se movimentar quanto estiver deitado.

Voltei pro meu assento e a cama já estava arrumada. Conforme falei pra vocês no relato anterior a LH tem um dos melhores edredons disponíveis à bordo – além de pesado ele é super fluffy.

Notem que quando o assento está na posição cama a divisória ao lado da sua cabeça sobe para poder te garantir privacidade.

Você então fica com o rosto protegido enquanto descansa. Novamente bato na tecla que a tomada fica embaixo da cadeira, ou seja, muito mal projetada – você não consegue acessá-la quando o assento está reclinado. No meu caso nem ia adiantar já que ela não estava funcionando.

Algo muito chato aconteceu durante o vôo – por causa do fuso horário boa parte do trajeto é feita durante o dia, portanto todas as janelas ficam fechadas pois todo mundo está dormindo. Para minha surpresa a passageira do 1A simplesmente abriu a janela no meio da “noite” (mas não era noite) e assim ficou. Gente, sério – onde está o bom senso? Até que ponto vai a liberdade do outro passageiro? Eu estava de tapa olhos e mesmo assim a luminosidade me incomodou. Não chamei ninguém da tripulação para poder falar, afinal nem eu mesmo sei se teria direito ou não de reclamar. O que vocês acham? Já passaram por situação assim?

Quase chegando em Cingapura fui despertado para o serviço de café da manhã – agora que eu descobri que a LH prepara capuccino estou pedindo toda vez.

Novamente as comissárias não passaram com o carrinho com as opções do café da manhã. Uma elas me perguntou o que eu queria do cardápio e eu disse “Tudo que tem disponível” rs. Ela me olho com uma cara de ódio, bufou e saiu sem falar nada. Vocês acreditam? Eu fiquei CHO-CA-DO!

As opções eram as mesmas do voo anterior – frios, cereais, frutas, pães e ovos preparados na hora.

O comandante anunciou então que a temperatura estava 32 graus em Cingapura e eu tinha embarcado de calça, camisa e jaqueta. Daí eu pensei – “Eu vou passar calor!” Fui então pro banheiro e me troquei – coloquei este look que estava na minha mala de mão e que eu fiquei parecendo o Pablo Escobar.

Quando saí do banheiro os passageiros me encararam e pensaram – “onde este menino está indo?” E como eu estava tirando várias fotos da cabine eles, juntamente com a tripulação que estava me “julgando” com olhares, deviam pensar – “Tadinho, nunca deve ter viajado de First, deve ser a primeira vez, etc… ” Esta foi a impressão que eu tive, mas eu não ligo – afinal ninguém tá pagando minhas contas, eu simplesmente ignoro e penso nesta música.

De uma forma geral a experiência foi boa, afinal é sempre ótimo viajar na F da LH, mas desta vez, infelizmente, alguns pontos não corresponderam as expectativas. 😑

Bom e pra fechar com chave de ouro (SQN) minha mala que eu acabei de ganhar da Cathay Pacific (leiam mais sobre este episódio aqui) chegou em Cingapura com a roda faltando/quebrada. Ai ai ai…

Fui então pro setor de bagagens – que fica bem do lado da esteira – pra poder fazer uma reclamação. A funcionária perguntou onde eu me hospedaria e que eles iriam mandar a mala arrumar e me entregar dentro de 5 dias. Eu disse que só estava em trânsito e que iria ficar menos de 10 horas na cidade. Ela me disse que nada poderia fazer pois era domingo de noite e não tinha nada aberto para poder me darem uma solução.

Bom, se ela nao tinha nada pra fazer, eu também não poderia ficar sem mala, afinal eu estava no meio de uma viagem que ainda duraria 2 semanas e não tinha nenhuma condição de continuar com a bagagem assim. Como ela estava muito irredutível eu pedi p/ falar com alguém da própria Lufthansa do aeroporto pois o serviço de bagagens era administrado por uma empresa terceirizada e eu não iria ficar com este prejuízo pra mim sem resolver a situação.

O gerente da base da LH veio então, eu expliquei educadamente pra ele toda a situação, disse que estava em trânsito e que infelizmente tínhamos que achar uma solução pro meu caso. Ele foi extremamente educado, solicito e disse que iria ver o que seria possível. Depois de uns 25 minutos ele voltou e perguntou onde eu me hospedaria – falei que iria ficar em um hotel próximo ao aeroporto – uns 15 minutos de carro. Ele pegou os dados, fez uma ocorrência, tirou fotos da mala, da roda e disse que alguém iria até o meu hotel antes das 8 da noite pra arrumar a mala.

Cheguei no hotel e avisei na recepção que se alguém chegasse lá para consertar a mala que era para ligar no meu quarto. Gente e vocês não acreditam que um cara foi lá com uma roda original da Rimowa e trocou na hora pra mim? Fiquei de boca aberta com a rapidez, agilidade e eficiência. O serviço não levou nem 10 segundos, foi só desparafusar e colocar uma nova.

O moço que foi arrumar estava super à vontade de chinelo, camiseta e shorts – aí eu fiquei pensando – era domingo final de tarde, o cara devia tá tomando sua cervejinha, relaxando quando recebe um telefone do chefe ou sei lá de quem daqueles tipo assim “PELO AMOR DE DEUS, vá consertar uma mala em um hotel ou estamos “FUD*****””, rs. Brincadeira!

Só para esclarecer que não falei nada de site, quem eu era, etc – antes que pensem que usei da minha “influência”. OK?

E voilá, roda nova e original instalada com sucesso. Não sei se o fato de eu estar voando na Primeira Classe ou o tempo curto da minha conexão fez com aque eles agissem nesta rapidez, mas que eles estão de parabéns, isto estão!

NOSSA gente, que post ENORME – parece que eu empolguei contando detalhe por detalhe né? Espero que tenham conseguido chegar até aqui no final, rs.

Clique aqui e confira o Trip Report completo
Introdução - Game Over de Primeira Classe
Classe Executiva da Delta no A330-300 - São Paulo p/ Atlanta
Sala VIP Lufthansa Lounge - Aeroporto de Boston (BOS)
Primeira Classe da Lufthansa no B747-8 - Boston para Frankfurt
Primeira Classe da Lufthansa no A380 - Frankfurt para Cingapura
Resumão: Lufthansa First Class Lounge, Porsche Excitement e Lufthansa First Class Terminal
Sala VIP SATS Premier Lounge - Aeroporto de Cingapura T2 (SIN)
Sala VIP Krisflyer Gold Lounge - Aeroporto de Cingapura T2
Sala VIP Krisflyer Business Class Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN) T2
Sala VIP Krisflyer First Class Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN) T2
Primeira Classe da All Nippon Airways (ANA) no B77W - Cingapura para Tokyo
Sala VIP All Nippon Airways Arrival Lounge - Aeroporto de Tokyo (NRT)
Sala VIP T.E.I Lounge - Aeroporto de Tokyo (NRT)
Sala VIP IASS Lounge - Aeroporto de Tokyo (NRT)
Classe Executiva doméstica (J Class) da JAL no B767 - Tokyo para Osaka
Sala VIP Sakura Lounge - Aeroporto de Osaka (ITM)
Primeira Classe doméstica da JAL no B772 - Osaka para Tokyo
Sala VIP ANA Lounge - Aeroporto de Tokyo (HND)
Classe Executiva da All Nippon Airways (ANA) no B77W - Tokyo para Pequim
Roteiro privado em Pequim com a China Highlights
Waldorf Astoria Beijing
Check-in e Sala VIP Air China First Class - Aeroporto de Pequim (PEK)
Primeira Classe da Lufthansa no B747-8 - Frankfurt para Washington
Aluguel de casa e carro em Orlando - Vacation Homes Collection e Bella Star Travel
Classe Executiva da Delta no B767-300 - Nova York p/ São Paulo
Conclusão - Como emiti e comprei minhas passagens

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
7,9