Primeira Classe da Lufthansa no B747-8 – Boston para Frankfurt

O embarque aconteceu no horário previsto sem nenhum atraso – como eu não estava no portão principal eu não sei se as prioridades por filas foram respeitadas já que embarcamos direto pelo lounge.

Mais uma vez volto a falar – sim, vou ser repetitivo – tem avião mais lindo que o B747? Ainda mais neste esquema retrô? <3

Vôo Lufthansa LH423 – 28/07/2017
Boston (BOS) ✈ Frankfurt (FRA)
Assento: 3K – Primeira Classe
Partida: 17:05 / Chegada: 06:00 / Duração: 6h55
Aeronave: B747-8

Como vocês já sabem, afinal o B747-8 da LH é figurinha carimbada aqui no PP, a Primeira Classe fica no nariz do avião e logo que você entra pelo andar debaixo basta virar à esquerda. Não tem como errar, afinal tem um LUFTHANSA FIRST CLASS enorme na parede, rs.

Logo que embarquei a comissária se apresentou e já veio solicitar para guardar meus pertences no armário (que vou mostrar logo mais pra vocês) e me dar as boas vindas à bordo. Perguntou se eu queria que me chamasse de Mr. Silva Neto (com dificuldade p/ falar) ou de Fábio, rs. Claro que optei pelo Fábio, é muito melhor e mais impessoal – prefiro.

Éramos um total de 4 passageiros na First – eu, uma moça com uma filha e este senhor na primeira cadeira – então o serviço foi bem personalizado. Aliás, uma das atendentes da First era uma portuguesa que trabalha na LH tem 21 anos, acreditam? Ela me contou diversas situações e claro trocamos figurinhas durante o trajeto. A outra que foi a que me serviu era Sul-Africana – bem nova por sinal – também uma simpatia e graça de “aeromoça”.

Aliás, eu já sinto quando um voo vai ser bom pelo início do approach dos(as) comissários(as), vocês são assim também? O mesmo acontece comigo quando preciso ligar em call center para emitir passagens malucas – pelo “Alô?” do atendente eu já sei se vai rolar ou não. Será que só eu sou o maluco da história ou vocês tem disto também?

Voltando ao avião – notem que o layout é 1-1 e na última fileira 1-2-1 já que há 2 assentos juntos – totalizando 8 passageiros. Caso você opte por sentar na do meio, mesmo viajando com um desconhecido você pode levantar esta divisória o que te garante privacidade.

No embarque há uma mesa com castanhas, champagne e águas – porém não é self-service. Os comissários que vão até sua poltrona para te oferecer. Geralmente é nesta hora que você sabe quantos passageiros terão na cabine – 4 pratinhos de castanhas – um pra cada – detalhes que um cliente frequente como eu já decifrou, rs.

Aliás, antes serviam só macadâmia, e agora veio um mix de nuts – notaram esta diferença?

Sempre que viajo no B747-8 da LH opto pela poltrona 3K – primeiro porque ela tem 4 janelas e segundo porque ela fica um pouco mais afastada das poltronas do meio o que garante mais privacidade ainda.

Vejam que o espaço é pra lá de satisfatório.

O estofado da poltrona é em tecido, então as vezes pela foto da impressão que ele está mal-cuidado e velho, mas não é o caso – é somente pelos amassados.

Além disto a poltrona é super larga – cabe praticamente 2 Fabinho’s aqui, rs.

Lembra que falei que cada poltrona tem um armário individual? Pois é, eles ficam logo atrás das poltronas do meio e funcionam como “locker’s” e você pode colocar sua mala de mão e até pendurar seu casaco/jaqueta.

O avião também tem bin (compartimento superior de bagagem) caso você não queira guardar aqui.

O descanso dos pés é largo, confortável e tem revestimento em couro. Caso você for baixinho ele também se movimenta para se aproximar mais do assento, assim você não fica com os pés no ar, rs.

Ele também serve de porta-trecos – geralmente quando você embarca tem sempre uma manta fininha guardada aqui caso você queira se cobrir antes das comissárias prepararem sua cama – eu devo ter retirado-a pra poder fazer a foto.

Os pijamas continuam sendo da Van Laack, mas o amenity kit que agora é da Braun Buffel – deixou muito à desejar. Acho que ele só não foi pior que o do meu vôo pra Buenos Aires (clique aqui p/ ver).

Além da bolsinha ter uma aparência barata – apesar da marca ser bem conhecida e renomada – os itens eram de boa qualidade.

A poltrona também conta com luz de leitura individual com regulagem de intensidade.

Esta segunda luz que fica na “cabeceira” da poltrona – ótimo pra quando você estiver deitado.

Do meu lado direito está um porta trecos e o controle do entretenimento de bordo.

Além dos botões de acesso rápido (estes pratas) tem o joystick completo para você poder personalizar sua experiência enquanto interage com o monitor.

O fone de ouvido fica guardado em um outro compartimento mais pra trás e é da BOSE – ou seja, dispensa comentários – ÓTIMO!

Já do meu lado esquerdo estão o controle de ajuste de posição do assento.

Aqui você controla tudo – desde a divisória retrátil para te garantir mais privacidade, até a altura dos pés, inclinação das costas, etc.

A poltrona conta com 2 portas USB e 2 tomadas universais – as 4 são estrategicamente posicionadas – ponto mega positivo!

E ao meu lado direito embaixo estava o lugar onde você encontrava revista, folheto de segurança, etc.

O entretenimento de bordo é super completo com filmes, áudio, séries e até câmeras na fuselagem do avião. O destaque fica por conta do wifi que custa 17EUR e você pode usar ILIMITADO! Nota 10! E a velocidade é até considerável.

Confesso que a qualidade da tela não é das melhores e o tamanho também é um pouco pequeno pela distância que você fica da tela.

Chega de book fotográfico do assento e vamos para a experiência à bordo. Ainda em solo foi distribuido o champagne (Laurent-Perrier) com o mix de nuts e também os cardápios.

Sabe o que eu amo na Primeira da Lufthansa? Que tudo vem “grifado” First Class – só pra você não se esquecer mesmo onde está.

Então entregaram o menu junto com a carta de bebidas / vídeos.

Ainda em solo a comissária perguntou o que eu tinha escolhido como prato principal – como sempre o “morto de fome” aqui pediu tudo – sim, falei que queria degustar todos os pratos da First à bordo (caso tivessem disponíveis) e também fazer o pareamento (não sei se esta é a palavra certa em português, rs) com os vinhos. Elas falaram que sem problema e que iriam trazer tudo que estava no cardápio – WOHOOO!

Ah, deixa eu falar algo aqui aproveitando o gancho – sempre tem um ou outro comentário dizendo que acham um absurdo eu pedir todos os pratos e comer só 1 garfada e devolver já que tem gente passando fome no mundo e que é um desperdício. Mygos, toda a comida que embarca no avião, não sai do avião – ou seja, é tudo jogado FORA – os passageiros comendo ou NÃO – portanto você não precisa me julgar já que esta comida vai pro lixo de qualquer forma – e mesmo que não fosse – eu estou no meu direito de comer o que quiser e quanto quiser – afinal paguei pela passagem.

Pronto, falei – to limpo, rs! A propósito – eu to amando o fato que agora consigo colocar gif’s no post. Fica mais divertido, rs.

Enfim, voltando ao TR, o serviço começou com toalha umedecida distribuída para todos os passageiros.

Logo em seguida veio os canapés – um espetinho de melancia com tomate e um molho salgado – enquanto isto pedi para continuar com o champagne.

Agora PAREM tudo que estão fazendo e admirem, contemplem e coloquem esta foto que eu tirei em um ALTAR!

Fala sério – não é uma das fotos mais lindas que eu já fiz até hoje? Eu não canso de olhar, até coloquei no fundo e tela do meu celular – ficou MARA!

O primeiro “prato” que servem é o famoso caviar – aliás, vocês sabiam que a LH é a maior compradora de caviar individual do mundo? Sim, acreditem se quiser! A iguaria vem neste carrinho junto com seus devidos acompanhamentos – ovos, claras e creme azedo – além do limão que vem envolto neste véu para quando você espremer não cair fiapos na comida.

Os pães – apesar de serem variados – não são os mais adequados para comer caviar – o correto e mais adequado seriam os blinis.

E para acompanhar, eles servem a Vodka Beluga – nada melhor pra combinar né?

A marca deste caviar era Calvisius.

E como ninguém mais na First quis comer, elas me serviram praticamente a lata inteira, rs.

Sabe o que achei interessante? Como eu pedi pra repetir, ao invés delas apenas servirem o caviar no meu prato – não! Elas limparam minha mesa inteira, e serviram tudo de novo – novos acompanhamentos, novos pães, pratos, talheres, etc. São detalhes que fazem a diferença né? Atendimento impecável!

De entrada tem sempre 3 opções – você pode escolher as 3 + salada ou optar por só alguma delas – claro que pedi as 3 + salada né?

E a medida que as refeições foram vindo, a comissária veio trazendo os vinhos que harmonizavam melhor com o tipo de prato. O que me impressionou foi o conhecimento que ela tinha – sabia da safra, uva, porque combinava com aquilo, isso – nota 10!

As opções foram coquetel de camarão com molho vermelho, frango defumado com beterraba e salada e abobrinha com beringela e tomates amarelos. A salada era de folhas com cebolas roxas, raspberries (como fala isto em Português?) e molho blue cheese.

Além disto, elas oferecem 2 molhos extras – um a base de vinagre e outro à base de pimenta – são os que estão nestes potinhos ao centro da mesa.

A sopa de lagosta deixou muito a desejar pois estava extremamente salgada – impossível de comer – apesar de estar gostosa – mas não rolou desta vez.

E dá-lhe mais vinho!

O primeiro prato que pedi foi o Petite Surf’n Turf. Era um mix de medalhão, camarão e vieiras. Confesso que achei a apresentação do prato simples – apesar de estar bem saboroso.

Mais um vinho pra conta!

O segundo prato principal que eu pedi foi o filet com cogumelos e legumes que veio enrolado com uma camada de prosciutto – muito bom por sinal também – a apresentação estava um pouco melhor, mas nada muito elaborado.

Após o jantar a comissária passa um outro carrinho com a tábua de queijos, sobremesas, vinho doce, conhaque, licor, etc. Confesso que o cheiro dos queijos não é dos melhores – é bastante particular e forte – mas a qualidade, sabor e marca são as melhores. Eu gosto bastante desta espécie de “geléia” bem forte que eles servem – o que será? No cardápio está descrito como purê de mostarda – mas será que tem como comprar isto?

A apresentação do carrinho é bem bonita, delicada e profissional – nota 10!

E claro que eu pedi as 3 né? Tiramisu + Brownie com sorvete + queijos. Não comi nem 10%, rs.

Fui então pro banheiro me trocar pra dormir – grande ilusão pois ao final do serviço faltavam menos de 3 horas pro pouso. Lembrei de tirar fotos – ponto pra mim!

O lavatório é um pouco maior que os convencionais e a tampa da privada também serve como assento já que é revestida de couro e você também conta com uma janela.

No banheiro tem uma rosa, bacana né?

Além de outros amenities como água termal, enxaguante bucal, kit de barbear, etc.

A comissária perguntou se eu queria que arrumasse a cama e eu optei que sim. Como vocês sabem a poltrona é total flatbed e quando reclinada vira uma super bed.

Confesso que ainda sinto falta do combo que existia nos antigos B747-400 antigos (cama + assento). Mesmo assim a poltrona é super confortável e consegue te oferecer boas horas de sono.

Você pode suspender a divisória e assim ganhar mais privacidade enquanto estiver dormindo.

Nesta foto vocês conseguem ver melhor o tamanho da cama.

O edredon da LH é um dos melhores que já peguei em cabines de First – além dele ser pesado é super macio. A largura da cama também é satisfatória e te permite movimentar sem ficar esbarrando em nada.

Como vocês podem ver a poltrona é forrada com um “pad” o que a deixa ainda mais confortável. Notem que as janelas do avião são protegidas por uma veneziana dupla que você consegue acessar apertando os botões embaixo.

Nesta posição acho que fica melhor para vocês identificarem como a divisória protege seu rosto.

Este sou eu posando pra foto, prazer!

Dormi praticamente 1h30 no máximo e logo já começou o segundo serviço – que era o café da manhã. Fui despertado (pois elas perguntam na hora do jantar se você quer ser acordado) com um smoothie, toalha umedecida e uma pétala de flor.

Logo depois pedi um capuccino – foi a primeira vez que pedi à bordo – será que todas as cias costumam ter? Ou somente só café?

O café é quase no mesmo esquema do jantar – vem o carrinho e você escolher o que quer comer – eu optei por tudo que estava disponível + os ovos que elas preparam na hora.

Você tem uma grande variedade de pães, frios, cereais frutas, geléia, nutella, etc.

Os ovos não são esquentados em fornos, e sim preparados por uma panela elétrica. As comissárias quebram e fazem tudo na hora, então ele vem fresquinho – uma delícia e nada comparado com comidas pré-prontas.

Chegando em Frankfurt tinha uma assistente da LH na porta do avião com uma plaquinha com meu nome para poder me acompanhar até a imigração – sei que isto foi “agrado” da Lufthansa especialmente pra mim, pois geralmente este serviço de fast track na chegada não é oferecido aos passageiros de First.

O único defeito deste voo foi a duração – você não consegue aproveitar o serviço e dormir – precisa escolher uma das duas coisas pois é muito curto – então é bem ingrato caso você queira desfrutar da experiência completa.

Vou repetir o que sempre falo – o atendimento da LH na First é sempre consistente, profissional e constante. Raramente você irá encontrar falhas ou instabilidade na prestação do serviço. As duas comissárias deste meu vôos foram SUPER simpáticas e prezaram sempre mostrar um serviço competente a fim de agradar o cliente.

Vocês sabem (e não é segredo pra ninguém) que sou fã da First da Lufthansa, devo ter em média uns 15 ou mais relatos de F aqui no site e todos foram ótimos. Em um conjunto da obra, hoje posso falar por experiência própria, que somando todos os serviços – que que vocês já acompanham aqui no site – que a LH tem um dos melhores produtos de Primeira Classe do mundo – na minha opinião. Lembrem-se que estou falando da experiência em si como um todo e não só da cabine.

Eu falo sempre disto no site – não basta ter um assento bacana, uma comida bem elaborada se o conjunto dos serviços não estiverem alinhados entre si. Quem viaja de F/C na maioria das vezes quer e deseja que a experiência seja boa do momento que você chega no aeroporto até o seu desembarque no destino – e isto a LH sabe fazer muito bem pois a atenção especial e o atendimento exclusivo que o passageiro tem faz da jornada ser “de primeira” do início ao fim.

Não posso ser hipócrita de falar que não recebo uma atenção especial e mimos exclusivos quando viajo com eles – até eu já me acostumei – mas independente disto, eu posso afirmar que o atendimento é ou pelo menos tenta ser – impecável para todos os passageiros da First – sendo frequentes ou não.

Este é o mesmo avião que a cia opera saindo e São Paulo e Rio de Janeiro para Frankfurt. Então se você quiser testar, tem inúmeras oportunidades saindo da Am. do Sul além claro de Buenos Aires – que é a rota mais longa operada pela cia.

E aí, o que acharam?

Clique aqui e confira o Trip Report completo
Introdução - Game Over de Primeira Classe
Classe Executiva da Delta no A330-300 - São Paulo p/ Atlanta
Sala VIP Lufthansa Lounge - Aeroporto de Boston (BOS)
Primeira Classe da Lufthansa no B747-8 - Boston para Frankfurt
Primeira Classe da Lufthansa no A380 - Frankfurt para Cingapura
Resumão: Lufthansa First Class Lounge, Porsche Excitement e Lufthansa First Class Terminal
Sala VIP SATS Premier Lounge - Aeroporto de Cingapura T2 (SIN)
Sala VIP Krisflyer Gold Lounge - Aeroporto de Cingapura T2
Sala VIP Krisflyer Business Class Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN) T2
Sala VIP Krisflyer First Class Lounge - Aeroporto de Cingapura (SIN) T2
Primeira Classe da All Nippon Airways (ANA) no B77W - Cingapura para Tokyo
Sala VIP All Nippon Airways Arrival Lounge - Aeroporto de Tokyo (NRT)
Sala VIP T.E.I Lounge - Aeroporto de Tokyo (NRT)
Sala VIP IASS Lounge - Aeroporto de Tokyo (NRT)
Classe Executiva doméstica (J Class) da JAL no B767 - Tokyo para Osaka
Sala VIP Sakura Lounge - Aeroporto de Osaka (ITM)
Primeira Classe doméstica da JAL no B772 - Osaka para Tokyo
Sala VIP ANA Lounge - Aeroporto de Tokyo (HND)
Classe Executiva da All Nippon Airways (ANA) no B77W - Tokyo para Pequim
Roteiro privado em Pequim com a China Highlights
Waldorf Astoria Beijing
Check-in e Sala VIP Air China First Class - Aeroporto de Pequim (PEK)
Primeira Classe da Lufthansa no B747-8 - Frankfurt para Washington
Aluguel de casa e carro em Orlando - Vacation Homes Collection e Bella Star Travel
Classe Executiva da Delta no B767-300 - Nova York p/ São Paulo
Conclusão - Como emiti e comprei minhas passagens

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
8,7