Primeira Classe da Qatar Airways no A380 – Bangkok para Doha

Cias Aéreas Primeira Classe 73

Por Fábio Vilela

Chegou a tão esperada hora de experimentar a nova First Class da Qatar! Eu estava super ansioso pois apesar de já ter viajado na Primeira da Qatar no A340, no A380 a cabine foi totalmente remodelada apresentando um novo design e layout.

Atualmente o A380 faz as rotas de Doha para Paris, Londres e Bangkok e vice-versa.

Vôo Qatar Airways QR831 – 06/11/2014
Bangkok (BKK)  ✈ Doha (DOH)
Assento: 1A – Primeira Classe
Partida: 08:35 / Chegada: 11:35 / Duração: 7h00 
Aeronave: A380

A disposição dos assentos é 1-2-1 dividido em 2 fileiras totalizando 8 lugares. A tripulação deste vôo foi nota 1000! Do momento do embarque até a chegada em Doha só faltaram adivinhar o que eu queria.

Os assentos não são “suítes” como nas suas competidoras Etihad e Emirates onde os clientes podem fechar as portas e garantir um pouco mais de privacidade.

A cabine não tem compartimento superior de bagagem então você pode guardar objetos menores embaixo do footrest (descanso dos pés) e sua mala de bordo o comissário guarda em um armário.

Para quem viaja acompanhado as poltronas do meio são ideais e caso aconteça de você estar sozinho há uma divisória retrátil que você pode subir para garantir mais privacidade.

Neste vôo fomos um total de 3 passageiros então estava bem tranquilo tirar as fotos enquanto o resto do pessoal não apareceu.

A minha poltrona original era a 2A, mas quando os outros passageiros chegaram e sentaram ao lado preferi mudar pra 1A assim teria mais liberdade para tirar as fotos.

Confesso que fiquei encantado com o acabamento, decoração e material usado na cabine. O espaço que cada passageiro tem é bem amplo e aconchegante.

Tudo é de absolutamente extremo bom gosto e os pequenos detalhes fazem a diferença e charme do ambiente.

IMG_3208

Esta divisória lateral é eletrônica e você pode suspendê-la através destes botões para poder ter mais privacidade.

IMG_3257  IMG_3256

O assento tem um mini-abajur perto da TV e a tomada fica logo atrás – péssimo lugar já que é bem longe do assento.

IMG_3209

IMG_3211

A Qatar agora clama por ter a maior TV em uma avião – realmente ela é gigante – mas não sei falar quantas polegadas. O entretenimento de bordo era extremamente variado com muita opção de filme, jogos, música, flightmap, etc.

IMG_3222

Atrás da TV tem um pequeno closet para você pendurar (ou seria dependurar?) sua roupa.

IMG_3254

O footrest – que também serve de banco para outro passageiro caso queira comer à dois – é amplo e em couro.

IMG_3213

Ao meu lado esquerdo tinha o controle de intensidade da luz do teto assim como um botão de acesso rápido para colocar a cadeira na posição de pouso/decolagem.

IMG_3251

Já do lado direito estava os diversos controles de posição da poltrona assim como o joystick do IFE.

IMG_3218 IMG_3219

Além de controlar toda a programação da TV você também pode utilizá-lo para controlar as funções do assento.

IMG_3259

Entre elas privacidade, iluminação e posição.

IMG_3260

No encosto da cabeça do meu lado esquerdo estava a luz de leitura individual.

IMG_3266

O design e acabamento era impecável!

IMG_3267

O amenity kit distribuído foi da marca Giorgio Armani e com apenas cosméticos, tapa-olhos e meias. Os produtos como creme dental, escova, etc ficavam no banheiro.

IMG_3224

Bom, vamos ao primeiro ponto negativo deste vôo – por ele ser diurno – não é oferecido pijamas. Sim, acreditem se quiserem! Indaguei a comissária que ficou sem graça e disse que iria tentar achar algum no armário de amenities – aí ela me trouxe um XXL e um XS, ou seja, nenhum serviu. Aliás estou com estes 2 pijamas aqui em casa e quero presentar vocês, mas preciso de um leitor(a) bem gordinho e grande e um bem pequeno. Os pijamas e pantufas são da renomada marca Missoni – uma das mais prestigiadas do mundo da moda.

IMG_3247

O avião oferece wifi e os passageiros da primeira classe ganham um voucher para não precisar pagarem.

IMG_3255

Para os demais as opções são essas abaixo – achei o preço até justo para o pacote de 3 horas – ilimitado.

IMG_3271

Enfim, terminada a sessão de fotos vamos agora para o serviço. Ainda em solo fui recebido com champagne Billecart-Salmon Brut Rose. Alguém que entenda sabe se isto é caro ou barato?

IMG_3226

Logo depois (como é de costume nas cias árabes) foi servido tâmaras com café turco/árabe.

IMG_3245 IMG_3246

Bom, agora veio o segundo ponto negativo do vôo – o menu. Ainda devido ao fato do vôo ser diurno as opções são bem inferiores e restritas e para vocês terem uma idéia – nem caviar eles servem – igual acontece em todos os vôos noturnos.

Pode parecer frescura – mas não conheço cias que restringem a qualidade de serviço devido ao horário do trajeto.

IMG_3233 IMG_3234 IMG_3235 IMG_3236 IMG_3237 IMG_3238 IMG_3239 IMG_3240 IMG_3241 IMG_3242 IMG_3243 IMG_3244

O serviço começou com um smoothie – que eles bateram na hora – estava uma delícia, junto com torradinhas e suco de cenoura com gengibre.

IMG_3273

Eu indaguei a comissária sobre o caviar – já que eu sabia que eles serviam nas rotas em que a Qatar oferece Primeira Classe. Ela se desculpou e me explicou que em vôos diurnos não serviam a iguaria. Bom, passaram uns 10 minutos ela voltou junto com o chefe de cabine com o caviar. Disse que estava armanezado na galley deles do vôo que veio de Doha e não foi utilizado e que se eu realmente fizesse questão eles poderiam me servir. Lógico que optei por sim – eles então me explicaram que só teriam o caviar pra servir já que não havia à bordo nenhum acompanhamento que geralmente vem – ovos, claras, cream cheese, etc.

Achei bacana por parte deles quererem agradar o cliente mesmo não sendo parte do “roteiro”, afinal eles poderiam muito bem ter me falado que não era servido e pronto. Mas não, eles foram above and beyond para poder me agradar e conseguiram.

Junto com o caviar pedi o champagne Krug que eu sou fã e eles fizeram questão de falar “O Sr. pode ficar com a garrafa e quando terminar nos avise”. Oi?! E minha maturidade pra open bar, fica onde? Rs.

Para acompanhar me serviram torradinhas, geléias e diversos pães, afinal era o café da manhã.

IMG_3292

IMG_3293

Optei como prato principal o café da manhã árabe pois simplesmente AMO! Apesar de tudo estar delicioso para uma First Class achei “simples”. Aliás café da manhã não tem como ser incrementado bem elaborado como almoço e jantar né pessoal? Então ignorem o que eu falei sobre o “simples”.

IMG_3284 IMG_3278 IMG_3279 IMG_3280 IMG_3281 IMG_3282

Para terminar veio a seleção de frutas – bem apresentadas e bem cortadas.

IMG_3316

Terminando de comer fui me trocar (coloquei o pijama velho de guerra da AA, rs) e conhecer o avião. Logo em frente a poltrona 1A tem um mini self-service bar com revistas e algumas bebidas assim como o banheiro. Atrás deste bar fica o armário onde os comissários guardam as malas de bordo dos passageiros. Digamos que é um pouco não-prático afinal sempre que precisar precisa ir lá, abrir o armário e pegar. Mas são só 2 passos, então não é nenhum terror!

Entre os dois banheiros exclusivos da primeira classe está as escadas que dá acesso ao andar superior.

Olhem esta luminária – linda né?

Do lado esquerdo tem o mesmo bar.

O banheiro é super espaçoso, grande e tem até sofá. Há diversas flores – tanto no espelho quanto ao lado do sofá, assim como uma pia bem grande, toalhas individuais e produtos de beleza.

O vaso fica nesta última ‘almofada’ do sofá.

Você também pode pendurar sua roupa e levar o cabide para guardar no seu closet pessoal da poltrona.

E por fim fui conhecer o bar à bordo e confesso que é o mais bonito de todas as cias que oferecem este serviço. Ele fica localizado quase no fundo do avião – é preciso andar por toda a classe executiva até chegar lá. Enquanto eu estive lá tinha uma família com 2 crianças que ficaram o tempo todo correndo e brincando de jogar uma maçã (sim, a fruta!) um pro outro usando o balcão como se fosse a rede e gritando. E os pais não fizeram nada. Tudo bem que às vezes é difícil controlar os menores em trajetos longos mas eu acho que tudo tem um limite e um bar cheio de adultos que usam o ambiente para descontrair acabam ficando incomodados com tal fato. Eu mesmo fiquei, confesso pra vocês – não vou ser hipócrita!

Não esperei e voltei pro meu assento e pedi pro comissário me chamar quando o bar estivesse vazio pra tirar fotos – e depois de uns 40 minutos ele veio na minha poltrona e eu consegui fazer as imagens.

Além do lounge/bar ser super amplo o design dos móveis e disposição do sofá dão um toque especial ao ambiente.

O bar pode ser acessado tanto pelos passageiros da classe executiva quanto pelos da First – e atrás dele curiosamente ainda tem algumas fileiras da classe econômica.

As opções de bebidas alcóolicas no bar é super vasta e servem até KRUG – que no serviço de bordo fica restrito à First (se não me engano!).

IMG_3341 IMG_3340

O comissário foi tão gentil que disse que ia fechar todas as janelas e me mostrar todas as iluminações disponíveis do bar.

IMG_3343

Além das bebidas e até coquetéis tem também alguns snacks como mix de nuts, azeitonas e frutas.

IMG_3344

Estas iluminárias dão um “tcham”, não acham?

A minha iluminação favorita foi a roxa pois combina com a cor do balcão e a logo da Qatar então achei que ficou ideal!

Você pode sentar no sofá e apreciar a vista lá de fora. Por boa parte do tempo sobrevoamos sobre a Índia então a internet não funcionou.

IMG_3326

Voltei pro meu assento e veio o terceiro ponto negativo deste vôo – novamente pelo fato de ser diurno. Eles não oferecem turndown service – o serviço de abertura de cama.

Não que seja um problema ou esforço preparar a poltrona mas acredito que é um serviço diferencial que deveria ser prestado em todas as rotas onde tem Primeira Classe independente do horário.

Além disto não foi oferecido edredon e nem aquele “pad” para cobrir a cadeira – somente os travesseiros que já veio na poltrona e uma mantinha bem fraca. Ponto super negativo!

Eu suspendi a divisória e nestas fotos vocês conseguem ver que ela tampa praticamente metade do assento o que te dá uma ótima privacidade na hora de dormir.

O assento quando cama é amplo, confortável e bem espaçoso – quanto à isto não tenho nada o que reclamar.

Quase chegando em Doha foi oferecido um light snack – optei pelos espetinhos árabes de Kafta e Shawarma e Kibe.

IMG_3321

Ao desembarcar em Doha tinha uma funcionária me esperando com a plaquinha para me levar pro recém inaugurado Al Safwa Lounge – exclusivo para passageiros da primeira classe. Ela me explicou que todos os passageiros chegando em qualquer A380 de Primeira Classe com conexão tem este serviço em Doha.

IMG_3378

Bom pessoal, como vocês puderam ler eu fiquei um tanto quanto decepcionado com a Primeira Classe da Qatar no A380. Não pelo atendimento e nem cabine em si – quanto à isto a cia leva nota boa. Mas pelo simples fato da empresa fazer distinção e privilegiar passageiros que voam em trajetos noturnos com produtos superiores e mais elaborados.

Tomem por exemplo Lufthansa, Cathay Pacific, Asiana, Emirates – todas tem vôos diurnos e noturnos e o serviço é o exatamente o mesmo – sem diferença alguma – caviar, pijamas, turndown service, etc.

Então a minha dica é, se você vai viajar no A380 da Qatar opte por um vôo noturno para poder ter a experiência de curtir o melhor que a cia possa oferecer, já que no meu caso dei azar.

Com certeza voltaria a voar de novo afinal é um produto incrível, uma cabine linda e poltrona confortável.

Avaliação

Média
9.4

73 respostas para “Primeira Classe da Qatar Airways no A380 – Bangkok para Doha”

  1. Lucas Cabral disse:

    Fábio, vc acha que no QR 0009 pego o serviço completo? com turndown service, caviar e etc? Segue abaixo os horarios do vôo. Obrigado!

    01:45DOH
    Doha, Aéroport International Hamad
    Qatar

    07:05LHR
    London, Aéroport De Londres Heathrow
    Royaume-Uni

  2. Denise Carvalho disse:

    Oi Fabio, precisava deixar uma mensagem p/ vc um dia! Queria que vc soubesse que por sua causa tive uma das melhores experiências da minha vida! (dps do meu pedido de casamento, rs)
    Semprei sempre grata e sua seguidora e recomendarei seu blog p/ todos meus amigos.

    Através de uma postagem sua sobre uma promoção da Smile, consegui emitir as passagens para BKK usando milhas.
    Eu ainda tive mais sorte pq qdo fui comprar as milhas na promoção, consegui um código de 50% de desconto, seria R$5.200 e eu paguei só R$2.600. Meu marido pagou os R$5.200, mas mesmo assim valia mto a pena! Mas qdo fomos emitir só tinha a opção de business, cada um com suas milhas e em seu computador, mas só ele conseguiu e eu fiquei sem! Imagina o meu desespero hahaha. Liguei p/ Smiles e eles aconselharam não cancelar a dele e continua tentando pq as vezes, as vezes ☹, surgiam mais vagas. E se não conseguisse, cancelaria a dele dps sem problemas. Enfim, consegui uns 15 dias depois. E dessa vez apareceu a opção de First pela mesma quantidade de milhas e eu finalmente consegui!!!

    Fui de GRU para DOH de business e de lá p/ BKK de First no voo noturno. Foi maravilhoso! Tinha realmente isso tudo que vc criticou no voo diurno. Comi Caviar e ganhei o pijama da Missoni (a versão feminina é mais linda ainda!) e o amitié kit era com o novo perfume Sí e o hidratante – complementando que o kit da business tbm era bem bonitinho. Bebi o champagne Kruger que é ótimo e super premiado! E eles não economizaram, abriram uma garrafa p/ mim pq pedi o brut e outra p/ meu marido que pediu o rose (tirando sua dúvida: eles servem Kruger p/ passageiros da business tbm). Comentei que não estava mto gelada e eles abriram outra! Quando fomos ao bar no lounge, estava com a taça na mão e completaram abrindo outra garrafa! Eu com pensamento de pobre, quase interrompi e falei: aeromocinha, ja abriram outras duas garrafa p/ mim, pega lá uma daquelas, rs. Visto que cada garrafa custa mais de R$1.000!

    Em relação a montage da cama, tbm não tive problemas, já que era um voo noturno. Quando terminei o jantar elas me questionaram que horas eu queria montar a cama e ficaram à minha disposição.

    Eu fiquei encantada com o banheiro, mesmo não tendo chuveiro como o da emirates, o conforto era surreal, me sentia em um hotel e não em um avião. E como viajei sozinha na first, tive toda a privacidade do mundo.

    A poltrona era super confortável e realmente consegui jantar como se fosse uma mesa de um restaurante com meu marido sentado do outro lado (ele só me acompanhou bebendo pq não podia consumer as comidas da First). Comi camarões e estava deliciosos. Meu marido tbm comeu um prato de camarão na business, não o mesmo, acho que foi uma sopa, mas só p/ vcs terem uma ideia que o menu da business tbm é mto bom.

    As aeromoças foram fantásticas, super atenciosas, sempre perguntando se queria algo, se estava confortável, etc. Elas penturaram minha bolsa e meu casaco em um cabide nesse armário que vc comentou, assim ficou esticadinho e não amassou, sensacional! Elas receberam a “visita” do meu marido na First super bem. A equipe em terra tbm foi muito bacana. Tinha sempre alguém me acompanhando do avião p/ lounge e de lá p/ próximo embarque.

    E a lounge no aeroporto!? vc não comentou mto, ou está em outra postagem… era gigante! Com pé direito de uns 10 metros, todo de mármore, cascatas… surreal como uma mesquita árabe! Milhões de salas de descanso que me lembraram muito o design do hotel fasano (olha o luxo!), uma area p/ crianças grande como aquelas brinquedotecas de shopping e até uma patisserie eu encontrei, com vários doces árebes, macarons, eclairs… e tudo vazio. Fiquei lá umas 3 horas e só vi um sheik áreabe de longe. Tinha um spa tbm e uma loja com itens de grife, lembro de roupas, joias e bolsas, não era muito grande, mas bem exclusiva, lembrava uma loja tipo miu miu e tinham marcas como cartier e Carolina Herrera.

    Foi tudo ótimo, até chegamos em BKK, onde o luxo acabou, aeroporto feio, pobre, quente… back to reality! Rs

    Mais uma vez, obrigada por isso! Admiro o seu trabalho e espero ter mais relatos assim p/ compartilhar no futuro.

  3. Renato Silveiro disse:

    Muito Bacana Fabio, acompanho suas postagens tanto por aqui ou pelo Instagram. Sempre ricas em detalhes que dá vontade de estar no voo.
    Uma questão que sempre tenho, e que num caso como este Fabio, em que o serviço deixou a desejar em alguns pontos, como trabalho complementar, você já pensou em oferecer um serviço para essas companhias de “Testador Fantasma”? serviço que já é oferecido para lojas fisicas como cinema, restaurantes, etc.. apontando os pontos positivos e negativos.
    Parabéns pelas Postagens, e bons voos nesse 2017.

  4. Cesar Bittencourt disse:

    Cheguei às 06:50h da manhã para o meu plantão no hospital. Sento à mesa, ligo o computador e abro alguns sites, entre eles o PP. Me deparo com este review da 1a classe da Qatar e olho em volta. Por alguns minutos me transporto para aquela aeronave e num transe hipnótico o tempo passa. Meus residentes chegam e me “acordam” para a realidade, oferecendo um café e avisando que tem um paciente para ser revisto. É Fábio, quem sabe um dia trocamos um pouco?

  5. Gabriel Queiroz disse:

    aceito o pijama pequeno 😉

  6. Marcos disse:

    No final de outubro de 2015 o Fabio publicou aqui que as regras do Smiles iriam mudar. No dia seguinte encontrei disponibilidade para dois na Primeira Classe da QATAR, janeiro/fev 2016, DOH-BKK-DOH, emiti com 65.000 milhas Smiles.

    Pelo AAdvantage emiti MAD-DOH-MUC-MAD pelas QR e IB, tudo em Business, por 60.000 milhas.

    Para concluir consegui comprar GIG-MAD-GIG pela TAM, em Business por 999 dólares!

    Agora vamos às bizarrices da QATAR. A experiência foi espetacular, mas….

    1) Embarcamos em Madrid no Boeing 787 da QATAR, havíamos reservado duas poltronas no meio, afinal eu estava com minha esposa. Ao entrar, vejo que a divisória que separa as poltronas está levantada, com fita adesiva branca pelos lados (Oi! Divisória com durex???) Tentei abaixar, ela subiu de volta. Chamei a comissária, ela tentou cinco vezes e a coisa voltava. Resposta da moça: “It´s broken” Deu vontade de dizer “isso eu já vi”, mas respondi educadamente que não iria viajar separado da minha mulher. Passou um longo tempo até o chefe de cabine vir, e tentar novamente abaixar a dita divisória. Depois de muito tentar ele também veio com o papo “I am so sorry…” e eu lembrei “Quero ir ao lado da minha mulher”. Ele foi verificar…. uns cinco minutos depois ele retorna com um tablet e nos coloca na fila 5. No mais o serviço durante as seis horas do vôo foi top, serviram “full dinner” e “breakfast” pouco antes do pouso, às 5h da manhã. Recebemos pijamas e amenity kit.

    2) Depois de alguns dias em Doha, partida em First para Bangkok às 1h55 da noite. Chegamos muito cedo no aeroporto, por volta das 19 horas, ou seja, teríamos sete horas de espera. Existe uma entrada na sala Al Safwa para quem embarca em Doha e outra, por outra parte, para passageiros em conexão. Depois da sala do check-in você vai direto para a imigração e sobe por uma escada exclusiva, sem ver o terminal e o famoso Urso. Tudo acompanhado por uma funcionária da Qatar. Como eu disse que queria descansar antes do voo, ao entrar ela foi verificar e nos disse que naquele momento só tinha “quiet room” individual, e sugeriu que pegássemos logo, pois depois nem esse poderia ter. Deixamos as bagagens de mão lá dentro e fomos jantar. O restaurante e o jantar foram show. Depois fomos andar pelos diversos ambientes. Baseado no report do Fabio, eu queria achar a “sala dos doces” que ele havia fotografado, mas não localizei a princípio. Descrevi a sala e perguntei ao funcionário do sushi bar, disse que esse ambiente não existia, que só haviam doces no restaurante, mas na verdade ele é que não sabia onde era, achamos logo depois.

    3) Ao entrar no quiet room pela primeira vez, ainda acompanhado da funcionária que nos trouxe do check-in, notei a temperatura alta e perguntei como reduzir. Ela apontou para um controle na parede. Nesse momento marcava 24 graus, tentei mudar inúmeras vezes, sem sucesso. Quando regressamos depois do jantar a temperatura já estava em 26 graus, ficamos ali um tempo e fui procurar ajuda. Logo no corredor uma arrumadeira me disse que iria chamar a manutenção para ir no meu quarto. Alguém foi? Óbvio que não. Saí novamente e fui na recepção do SPA, onde estão os “quiet rooms”. Aí ouvi a terceira (e diferente) resposta: “Senhor, o controle da temperatura é externo, não há como colocar cada quarto em uma temperatura distinta”. Aí já estava irritado, afinal naquele local fazia frio, enquanto no meu quarto estava um forno (chegou a 27 graus). Pedi a presença do supervisor, que se limitou a pedir desculpas e agradecer pelo meu feedback.

    4) Desistimos do quarto quente e fomos ao free shop. Logo uma funcionária colou na gente, e começou a mostrar itens de centenas ou milhares de dólares. Explique a ela que ainda tinha cerca de 100 reais em moeda local, e queria algo nessa faixa de preço. Ela foi ótima nas indicações e ainda disse que eu poderia complementar o restante com dólares, euros ou mesmo cartão de crédito. Depois de alguma conversa ela ficou sabendo que morávamos no Rio de Janeiro, e se transformou. Contou que havia passado um carnaval no Rio e entrou numa euforia e intimidade meio “excessiva”… Mas levamos na boa. Dali fui no Smoking room, afinal eu gosto de um bom charuto! As gavetas estavam todas vazias, fui perguntar e me disseram simplesmente “It’s Finished”.

    5) Vôo DOH BKK com cinco passageiros na First, jantar, turn-down service, nécessaire, pijamas, banheiro enorme, café da manhã, tudo perfeito. Apenas o sistema de entretenimento é lento demais, e travou antes da decolagem. Curioso que voltei no mesmo avião e mesma poltrona e na volta travou de novo, mais de uma vez. A cada travamento são uns 8 minutos de espera até o sistema cumprir o reset. Aconteceu de novo no A-350, mas lá a comissária explicou como inicializar o sistema.

    6) Chegada em BKK caótica por volta de meio dia. Acho que deviam ter pousado uns dez A-380 juntos, mesmo com o fast pass ficamos uma hora na fila da imigração. Isso porque fomos os primeiros a sair do A-380 lotado, e graças ao FABIO já sabíamos do macete do HEALTH CONTROL (excelente dica!!!)

    7) Alguns dias depois, volta para DOH, partida 20h45, portanto teríamos jantar e serviço “full”. No THAI Royal First Lounge (Fabio não passou por lá) cada passageiro (ou família) recebe uma sala exclusiva com mesa, sofá, poltronas, TV, computador, além disse existem os ambientes comuns, com TVs, poltronas, mesas, jornais e revistas, bem como um restaurante. Um rapaz da THAI nos mostrou os espaços, e trouxe o cardápio (enorme) para drinks, jantar, etc. Havia um pequeno Buffet na parte comum da sala VIP, mas cada vez que você se aproximava logo surgia alguém para ajudar.

    8) Nesse trecho apenas eu e minha mulher na FIRST, mas, como vou contar, o vôo anterior foi melhor…. Logo que entramos o Chefe de cabine veio falar conosco, ele foi 1000. Foi bacana que ele nos apresentou as duas comissárias da First, e até brincou.. “para dois passageiros ilustres, duas comissárias, dois banheiros à disposição, dois mini bares”.

    9) Logo trouxeram o cardápio. Já não servem mais KRUG na First, mas ela continua no bar do avião. As opções de prato principal eram quatro, com apenas um prato mais “ocidental”. Resolvi então pedir esse (um filé mignon) o mesmo que minha esposa já tinha escolhido. Surpresa!!!! Não tinha. A comissária ficou tentando me empurrar as outras opções, mas quando eu insisti ela foi obrigada e confessar e ainda piorou ao dizer “Vou ver se tem alguma sobra de carne na Executiva”. Eu fiquei olhando para a cara dela, incrédulo. E disse “Somos só dois aqui e já acabaram as opções???”. Pensei (mas não disse) …não estou viajando em F para pegar a sobra do jantar da Business…e escolhi outro prato, que estava bom (só isso). De entrada, nos dois vôos havia caviar. E o vinho do Porto, que nos vôos do Fabio era de 40 anos foi trocado por outro beeem mais simples.

    10) Tem mais…. Antes do jantar fomos trocar de roupa. Dois banheiros na First. Minha esposa entrou num banheiro, o outro estava ocupado. Fiquei em pé na porta esperando. Foram mais de cinco minutos até sair de dentro do banheiro uma comissária que me viu ali e nada falou. Ela não estava atendendo a primeira classe, portanto não deveria estar ali (ou não? Como isso funciona Fabio?)

    11) Depois de muito brigar com o sistema de entretenimento, fui até o bar beber KRUG, aproveitei para um tour completo pelo 380 quase lotado, e retornei pela escada frontal. Cama feita, dormi bem, mas pude escutar as portas batendo na galley e o murmurinho das conversas das comissárias.

    12) A chegada em DOH foi show. Mais uma vez graças ao Fabio eu sabia que deveria haver alguém na porta do avião com nossos nomes. E ela estava lá, nos conduziu até o Al Safwa lounge. Chegamos à meia noite e nosso vôo para Munique estava previsto para 8h35, logo solicitei um Double “quiet room”, para passarmos a noite. Dessa vez foram mais eficientes, ao entrar na área do Spa já recebemos a chave. O responsável pelo Spa sugeriu que fôssemos acordados às 7h, mas eu pedi para antecipar para 5h30, que ele atendeu. Dessa vez tivemos cinco horas de sono com ar condicionado funcionando! Detalhe: os tratamentos do SPA são pagos, mas os quartos não tem custo algum.

    13) Pela manhã fomos ao restaurante para o Café. De novo atendimento excelente. Na volta para o quarto, o “gerente” do SPA nos avisou que nosso gate era o D-24, portanto deveríamos sair do lounge pelo elevador (que fica próximo ao segundo restaurante) e dalí seríamos transportados até o avião. Mais um erro, como vocês verão…

    14) Mais de uma hora antes do vôo já estávamos prontos, na parte central, com muitos funcionários da QR em volta. Um deles nos assegurou que no momento certo iria nos chamar, que não havia motivo de pressa. O tempo passou, ele se foi e quando fui olhar no painel o embarque já havia iniciado. Aí as coisas complicaram… Fomos na saída dos embarques remotos que havia sido indicada como o caminho para o nosso avião. Ninguém ali. Havia uma porta de vidro, o elevador do outro lado, mas a porta não abria. Depois de um tempo passa um funcionário da QR pelo outro lado do vidro, eu chamo ele. Ele entra e diz que ali não tem embarque. Eu insisto, nos disseram que era por ali. Ele vai até outro funcionário, no meio da sala. Esse veio com uma conversa mole dizendo “mudaram o gate” Eu insisti, “não mudaram não, vocês disseram que o gate D-24 é pelo elevador”. Ele, para se livrar da gente disse que era só descer a escada rolante e procurar a letra D. Nessas horas você fica na dúvida e acredita. O que ele não disse é que esse era o ÚLTIMO gate do aeroporto. Andamos muito, e a toda hora víamos carrinhos transportando passageiros. Foi um absurdo não terem nos levado de carro ou de ônibus, mas eu acho que como o vôo não tinha F e estávamos no lounge exclusivo da F dali não saía transporte. Mas nada disso foi avisado. Quando eu cheguei no gate, uns 15 minutos depois eu estava muito irritado. Pegamos o último ônibus, em pé, para o A-350.

    15) O trecho Doha-Munich foi o único diurno, e por conta disso não deram pijamas, pantuflas ou amenity kit. Pedimos a refeição na hora final do vôo o que funcionou perfeitamente. No entanto eu queria comprar um relógio de pulso da QATAR no free shop de bordo, e logo ao embarcar entreguei ao Chefe de Cabine o pedido já preenchido. Passa algum tempo e eu vejo uma comissária em frente ao mini bar da Cabine, com o carrinho duty free. Fui até ela, e, pasmem, ela me pediu para aguardar que voltaria logo. Deixou uma bandeja cheia de perfumes em cima, eu pensei, “que maluca, não fechou o trolley e se foi”. Logo ela volta com o Chefe de cabine, um rapaz simpático, boliviano, que falava um pouco de português. Simplesmente ela havia trancado o carro com a chave dentro e com uma bandeja do lado de fora, portanto ela só podia vender aqueles perfumes. Isso deu uma baita confusão, pois você pode reservar itens antes do vôo com desconto, e um passageiro queria que sua reserva fosse honrada. A menina (do Sri Lanka) estava desolada, pois teria que esperar a próxima equipe do vôo de regresso, pois eles teriam a cópia da chave. Fiquei sem o relógio com o logo da Qatar, e com pena da comissária distraída.

    16) Conclusão: Agradeço muito ao Passageiro de Primeira pelas dicas, voltaria a viajar pela QATAR, mas, como já falado aqui, eles investiram muito nas instalações e pouco em pessoal. Falta “berço” falta “finesse”, falta treinamento, falta o que Air France, Lufthansa, e até mesmo a Iberia tem. Por 32.500 milhas Smiles + 30.000 milhas AA cada trecho, foi um excelente negócio!

    17) Para concluir esse longo comentário, umas rapidinhas:
    a. Na QATAR não existe bandejão, nem bandeja, nem trolleys. Cada item é colocado na sua mesa com calma e elegância.

    b. Em Munique sala VIP da Air France boas opções de comida e bebida;

    c. A poltrona é ruim, mas o almoço da Iberia no MUC-MAD estava muito bem feito;

    d. Chegamos tão cedo em Doha que ficamos um tempo no Arrival Lounge. Excelente e completamente vazio, e com serviço completo de café da manhã;

    e. Em Madrid sala VIP Velazquez da Iberia, deu uma caída no último ano;

    f. Parecem iguais, mas a poltrona business do A-350 é bem melhor que a do B-787. No 787 a mesa fica muito para frente, e na posição “cama” você esbarra na mesa o tempo todo, e não consegue dormir de lado;

    g. A TAM é um capítulo a parte…. Para resumir, eles conseguem servir tudo fora da temperatura certa. Vinho e bebidas frias: é tudo servido quente. Por outro lado, o que deveria estar quente, vem frio. E a colher gigante continua nos sorvetes. Mas nada supera a aeromoça que serve você olhando para o outro lado, e na falta de espaço no bandejão para depositar o pão, coloca na mão do passageiro (enquanto a colega fica retocando o batom na hora de servir o café). Por outro lado o sistema de entretenimento é mais rápido que o da QATAR; e

    h. Desde os anos 80 eu tenho o hábito de chamar a(o) Chefe de Cabine pouco antes do pouso e parabenizar pelo serviço. Cansei de fazer isso na VARIG, tanto na econômica como nas cabines premium. No vôo TAM entre GRU e MAD pedi para chamarem a Chefe, chegou ressabiada, mas depois ela ficou tão surpresa e agradecida que pensei.. há muito tempo ninguém agradece nada por aqui.

    • Fábio Vilela disse:

      Obrigado por compartilhar o relato tão completo.

      • Victor Vicentim disse:

        Olá Fabio, tenho uma dúvida em relação ao mesmo vôo, pois comprei uma passagem com a QATAR para Bangkok para o final desse ano, porém esta bem longe ainda eu sei, mas um dos quesitos de ter escolhido esse voo, foi o fato de ser operado por um A380, gostaria muito de conhecer essa aeronave, ainda mais na QATAR, enfim, essa semana recebi um email dizendo que o voo permanece o mesmo, porem foi alterado para ser operado por um 777-300. Isso pode ? tenho direito a nada ? hehehehe
        Muito Obrigado !

        • Fábio Vilela disse:

          Victor, se você emitiu com a Smiles ou outro programa de milhas tem que ligar pra eles para ser reacomodados devido ao downgrade. Se não houver avião com First nesta rota, acredito que só te resta pedir reembolso ou a diferença em milhas.

  7. Castro disse:

    Comprei um trecho Brasil-USA na AA e por motivo de doença não posso mais viajar. Como posso fazer para ter o reembolso integral do valor pago. Aqui no Brasil, pela lei direito do consumidor, isto é possível? Você pode ajudar, dando o caminho. Obrigado

  8. André disse:

    Eu peso 130kg

  9. Marcos disse:

    Fabio,

    Terminamos hoje uma sequencia de voos QR com primeira classe e uso extensivo do lounge Al Safwa.
    Tenho alguns bons comentarios para complementar sua avaliacao, mas noto que nem sempre vc retorna a posts antigos. A nossa experiencia inclui tb algumas salas VIP, inclusive usamos outra em BKK voando em F, aparentemente bem melhor que a que vc usou. Onde devo publicar ?

  10. Álvaro Pinheiro disse:

    Fiquei encantado com a carta de vinhos. No Brasil estes vinhos custam à partir de R$600 a garrafa!!!

  11. André - Ummundoparacurtir disse:

    Aceito o pijama XXL…rs

  12. Marcia disse:

    Eu me habilito hagahah to aceitando po pijama xs hahah bjo

  13. André Reis disse:

    Quero participar do sorteio do pijama XXL. Vou viajar de Business pela QR e esse pijama seria 10!

  14. Willian Nassu disse:

    tamanho xs me serve 😀

  15. Daniel Gadelha disse:

    Fábio, muito bom!
    O amenity kit maravilhoso! Merecia um sorteio rs

  16. Leandro Vale disse:

    nouss que roubo pelo wifi. A Emirates cobra $1 por 500mb na econômica.

  17. Renato Mattos disse:

    Achou o candidato perfeito para o XXL… 1,87 x 115kg

  18. Vinicius disse:

    Olá Fábio, li em outro tópico que você havia questionado o Smiles que não estavam mais emitindo primeira classe Qatar. Então, estou um pouco desesperado, pois estarei em Bangkok em fevereiro e programei toda minha viagem para ir para Dubai comemorar meu aniversário lá. Infelizmente quando tive oportunidade não emiti a passagem, fui muito lerdo, estou super frustrado, pois seria a oportunidade de ir de First em meu aniversário.
    Minha pergunta seria, o Smiles respondeu ao Passageiro de Primeira?

    Já liguei 5 vezes para o Call Center, sempre encontro pessoas solícitas porém algumas são meio lerdas com o sistema e elas não tem achado nada.
    O que está me restando é ir de econômica pela Etihad ou Qatar. Raiva viu.

  19. Arthur disse:

    Fábio, tudo bem? Se ainda estiver disponível, gostaria do pijama XS, por favor. Moro em Uberlândia também.

  20. Denis disse:

    Acho que deu azar nesse voo.
    Talvez pelo fato de sair pela manhã aconteça isso, mas por ser F, deveria ter um serviço melhor.
    Se não me engano o voo para Paris sai pela manhã e o serviço é completo – pelo menos nos reports que vi no FT.
    Fiz voo CDG(nem vou citar o lounge que é decepcionante! Padrão Americano de comida, pequeno e sem staff)-DOH-(stop)-DXB de F, achei que teria alguem para acompanhar até a imigração, etc… Achei falho.
    O serviço a bordo foi muito bom, diversas opções no cardápio, comida gostosa, senti falta do sorvete, mas a torta estava gostosa. Uma criança 4anos chorou andou a noite toda durante o voo (pais não fizeram nada e a chefe de cabine se desculpou quando eu reclamei, depois de uns dias no oriente medio deu para ver que as crianças lá são bem insuportaveis-manhosas-chorona) – resultado fui pro bar encher a cara de Krug e drinks. Não estava cheio mas éramos umas 10 pessoas no bar/lounge. Quando voltei minha cama estava feita, um chocolate é uma garrafa de água, assisti uma série é só.
    Antes de pousar ofereceram um snack mas não aceitei estava satisfeito com jantar.
    Também tive problema com pijama, ofereceram P ou XL – nem L era. Usei o meu da BA.
    Os comissários uma simpatia que só! Final do voo todos agradeceram a chefe de cabine veio se desculpar pela criança e desejar boa viagem…
    Esperava uma experiência mais exclusiva, tipo Lufthansa F, mas não rolou. Ok só conheço F da British, AA e QR.

  21. Marcus disse:

    Belo relato! As primeiras classe do Oriente Médio estão em média show! 1000 a zero nas mais consolidadas companhias aéreas europeias.
    Fiquei interessado pelo pijama XS da Misoni, como faz?

  22. Paulo Ed disse:

    Fábio, parabéns pelo TR, fotos tops, também né a aeronave ajuda um pouco!! Rs! Cara acho esse aviao um dos mais bonitos que existe, o acabamento da Qatar é mesmo diferenciado. Parece que o pessoal por aí gosta mesmo de viajar durante o dia, irei nesse voo no inicio de Agosto e vai ser no noturno, acho que 21:10 se nao me engano. Espero que o que faltou no seu nao falta no meu. Espero ansioso. Um abraço

  23. Frederico disse:

    TR bem completo e me deixou mais curioso ainda em saber como seria o serviço no voo noturno. Quanto ao pijama XS também no interessado, 1,67 x )

  24. Eliana disse:

    I volunteer pelo XS!

  25. Osvaldo disse:

    Ola Fábio
    Vi que lá no bar existiam chás da marca Dilma,ops Dilmah.
    Vc bebeu aquilo?
    Eu não teria bebido….rs
    Abs

  26. Rafael Franca disse:

    Olá Fábio,quando tenho dúvida sobre champagne eu uso um APP chamado Vivino,já que não entendo muito,só tirar foto e ver os comentários e avaliação.
    Parabéns pelo trabalho,lindas fotos.

  27. Andre disse:

    Belo report, como sempre!
    Gostei muito dessa primeira classe, só não gostei da marca de chá oferecida: “Dilmah” ninguem merece!!!! :))))))))))))

  28. João Tassara disse:

    MEU TAMANHO É XS ( TENHO 14 ANOS ) ME DÁ POR FAVOOR!

  29. clarissa disse:

    Super me candidato ao pijama XS!!!!

  30. Marcos disse:

    Fábio,

    Como faço para emitir uma First da Qatar pelo Smiles de BKK para GRU, já que o voo de DOH para GRU não oferece First?

    Tem que emitir os trechos separados?

    E se eu emitir os trechos separados, em DOH preciso fazer imigração ou posso ficar na área de trânsito e pegar o voo para GRU?

  31. Sandra disse:

    Também fiz esse trecho no dia 24/11 na primeira classe do A380! A expectativa era grande para conhecer o avião, mas maior ainda para ganhar os amenities tinha ouvido falar q o pijama era missoni e o kit dior! Pedi para a aeromoça e adivinha: ela também me falou que como o vôo era diurno não tinha pijama.. 🙁 e olha que estávamos somente eu e meu marido! enfim.. Meu tamanho é XS (1,52m) rsrs

  32. Denis disse:

    Fábio, a SIA tem um menu diferenciado dependendo do horário do vôo. E isso para os vôos noturnos. Se não me engano, os vôos que saem muito tarde tem um serviço reduzido de jantar, e não tem caviar.

    Ah, me inscreve no sorteio do pijama grande!

  33. Larissa disse:

    Oba! Também tenho interesse no pijama XS. Fantástico o relato!!

  34. Silva disse:

    Se puder concorrer ao XS agradeco. Parabens pelos posts !

  35. Guilherme Pinheiro disse:

    Fabio, ainda não tive a oportunidade de experimentar nem uma Executiva, quanto mais First! Mas, os seus Trip Reports nos ajudam a manter a vontade viva, além de mostrar que, com planejamento, tudo é possível. Mais uma vez, parabéns pelo site!

    Quanto ao pijama, se puder concorrer ao XS, agradeço! 🙂

  36. Patricia Coelho disse:

    opa! leitor bem pequeno… sou eu!
    Aceito o pijama XS 😉

  37. […] mais em: Primeira Classe da Qatar Airways no A380 – Bangkok para Doha. Fonte: R7.com – Viagens e […]

  38. Virgínia Roma disse:

    Eu li leitor bem pequeno?? 1,60 serve? Rs aceito o pijama! Kkkk

  39. Leandro disse:

    “Leitor gordinho”, eu também, kkkkk, cheguei atrasado. Abraços.

  40. Ricardo Santos disse:

    Guarda o XS pra mim. Abcs

  41. Marcos José disse:

    Opa! Coloca meu nome na lista pra concorrer ao XG. Eu nunca tenho a sorte de ganhar nada mesmo. Vai que dá uma Zebra e eu ganho. Rs

  42. Carlos disse:

    Eu estou chegando em BKK no vôo noturno e vou embora neste igual ao seu, então pelo visto vai ser um vôo primeira-primeira classe e outro primeira-segunda classe. Também não faz sentido para mim esta diferenciação, ainda mais para uma companhia do Oriente Médio. Até compreenderia se fosse a Delta ou American… 🙂
    Achei o cardápio bem fraco também, para um vôo de sete horas somente café da manhã e lanche? Cadê o almoço?

  43. Neto disse:

    Fabio, vou pegar esse mesmo voo dia 16/Dez e confesso que também fiquei decepcionado pelo fato de não ter caviar e nem turndown service. 🙁
    Ah eu só peguei este voo das 8:35h da manhã pois não consegui encontrar disponibilidade no voo noturno. E olha que procurei todos os dias de Dez/15.

  44. Marcos disse:

    Boa Tarde Fábio !

    Seus TR’s sempre bem explicativos e diretos ! Continue a nos manter sempre bem informados do mundo da aviação…

    Me candidato ao pijama XXL, tenho primo que mora em Uberlândia, ou pode mandar para Pará de Minas !

    Um abraço !

  45. Fernando disse:

    Oi Fábio sobre o champagne. Uma garrafa da “Bille” aqui no brasa fica em média uns 700 reais. Não é um produto famoso mas super diferenciado e de qualidade alta.
    Tava bom?
    Abraço

  46. Schincariol disse:

    Eu tb quero!

  47. Ricardo de Góes disse:

    Com 100kg é considerado gordinho? Se for, eu aceito…rsrs..obrigado..de nada

  48. Cutti disse:

    “Leitor gordinho”: EU! EU! EU! 😎

Deixe uma resposta

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis