Primeira Classe da Qatar no A380 – Bangkok para Doha

Hora de começar a maratona de volta pra casa!

Durante o check-in tivemos um pseudo contratempo com a Qatar – nossa conexão em Doha era de 14 horas, então reservamos um hotel para sairmos do aeroporto e ir conhecer a cidade. No guichê pedimos a funcionária para etiquetar nossa mala somente até Doha já que queríamos pegar nossas coisas, tomar banho, etc. Ela falou que não era possível e que era regra da cia aérea – bom, até então eu nunca tinha ouvido falar nisso. Pedi então para chamar o supervisor – que veio e falou a mesma coisa – que a Qatar só permite que você retire a mala em Doha se a conexão for superior a 24hrs, ou seja, se você tiver uma conexão com duração de 23h59m não poderá pegar sua bagagem. Vocês sabiam disso? Bom – eu já tive experiências com diversas cias pelo mundo e na grande maioria (posso afirmar pelo menos 90%) deixam você etiquetar a mala manualmente até o seu próximo ponto – e não somente até o destino final.

Enfim, como não iria adiantar discutir, abrimos a mala no check-in, retiramos uma troca de roupa que iríamos precisar e despachamos a bendita mala.

A Qatar usa o lounge da Thai no aeroporto de Bangkok – tem uma área exclusiva para quem viaja de First – e você confere o relato clicando aqui.

No aeroporto de Bangkok – onde o A380 “estaciona” tem jetbridges duplas – ou seja, passageiros da primeira e executiva embarcam direto pelo andar de cima e os da econômica no andar debaixo.

Vôo Qatar Airways QR831 – 30/10/2017
Bangkok (BKK) – Doha (DOH)
Assento: 2K – Primeira Classe
Partida: 08:35 / Chegada: 12:10 / Duração: 7h40
Aeronave: A380

A escada de dentro do avião que leva para o segundo andar é bem estilosa e eu acho esta decoração uma das mais impressionantes de todos os A380 disponíveis no mercado.

Ao chegarmos fomos recebidos pela chefe de cabine que era um doce de pessoa – uma menina de Santo Domingo – na Rep. Dominicana – super simpática – neste momento já percebemos que o vôo seria satisfatório no quesito atendimento. Ela logo perguntou o que queríamos beber e trouxe champagne com alguns chips.

Bom, eu não vou focar na cabine pois vocês estão cansados de ver por aqui – então fica só algumas fotos novas que minha amiga fez com a camera profissional dela. Como estava com a luz natural do dia a definição fica muito melhor.

O layout é 1-2-1 dividido em 2 fileiras totalizando 8 assentos – semi privados.

Caso você sente nas fileiras centrais pode subir a divisória para poder garantir sua privacidade.

De todas as F’s de A380 que eu já voei – a da Qatar com certeza é uma das mais elegantes.

Além disto, a poltrona é super larga o que te permite movimentar de um lado para outro mesmo deitado.

Foi oferecido uma pequena manta (embalada) caso eu quisesse usar durante o trajeto.

E também 2 travesseiros.

Uma curiosidade: vocês preferem cabines fechadas (com portas) ou semi abertas?

Nesta foto eu levantei a divisória e como vocês podem ver eu fico praticamente inteiro protegido de olhares dos demais passageiros – então teoricamente não precisa ter porta para garantir sua individualidade.

O amenity kit da Bric’s ainda era o modelo pink por causa do Outubro Rosa.

Exatamente o mesmo modelo que ganhamos na ida – além do pijama da White Company. Detalhe: como o vôo é diurno a Qatar não disponibiliza pijamas – portanto você só irá receber se pedir – e claro, tiver a bordo. Isto eu acho um absurdo – ter diferenciação no serviço dependendo do horário do vôo. Aí fico pensando – quem viaja durante o dia não dorme? Rs.

Fone de ouvido noise cancelling.

Além do champagne de boas vindas eles também oferecem café árabe e tâmaras.

O assento é bem auto-intuitivo de aprender a mexer – de um lado um pequeno tablet com controle da posição de assentos e do outro fico o joystick da TV.

O menu também é mais enxuto e menos elaborado por ser um vôo diurno – ponto negativo!

O serviço então começou – champagne, mix de nuts e smoothie – uma delícia por sinal. Aliás, nada combinando com nada né Fabinho? Rs.

Depois vieram as frutas, pães e um suco verde – detox.

Eu fui pedindo praticamente todas as opções – para variar e a comissária não hesitou em trazer e foi uma querida durante todo o serviço – diferente do meu vôo de vinda.

Outro ponto que quero salientar é que o serviço foi super calmo, sem pressa e sem afobamento – tudo muito pontual respeitando o tempo do passageiro.

Infelizmente não tem caviar de entrada por causa do horário. Uma coisa bacana que achei foi poder personalizar o café da manhã, você escolhe o tipo de ovo + uma proteína e acompanhamentos – e então a comissária prepara de acordo com sua preferência. O medalhão de filet que pedi acompanhado dos ovos estava muito bom.

Gostei deste mini tabasco – charmoso né?

E por fim – para terminar o café da manhã em grande estilo – panqueca com peras caramelizadas.

Como eu não estava com um pingo de sono – não dormi e nem solicitei o turndown service. Aproveitei para ficar passeando pelo avião e editando fotos com minha amiga.

Os passageiros da Primeira Classe possuem 2 banheiros exclusivos, super amplos e que tem até um mini sofá.

Diferentemente das suas duas maiores concorrentes (Etihad e Emirates) – a Qatar não oferece chuveiros à bordo.

Nas gavetas do banheiro você encontra diversos amenities como aparelho de barbear, kit dental, pente, etc.

E nada de toalhas de papel – todas são de pano – e depois que você termina de usar basta jogar fora no lixo.

Fui então para o bar para poder distrair um pouco e diversificar o ambiente.

O lounge fica também no segundo andar, no final do avião e está disponível para os passageiros da executiva e primeira.

Lá você tem um barman à sua disposição preparando drink e servindo coquetéis além de algumas opções de snack’s e canapés.

Este bar é meu favorito à bordo. E o de vocês?

Quase chegando em Doha começou o segundo serviço – salada de pomelo, salmão defumado e maçã -o mix era bem exótico mas não gostei do salmão – pois estava com gosto forte.

Depois pedi o tradicional arabic mezze – que eu AMO – os pães árabes vieram quentinhos – ponto positivo!

E por fim a tábua de queijo – super bem servida por sinal.

Como vocês puderam ver este vôo teve pontos positivos e pontos negativos – destaque especial para o atendimento que foi incrível, personalizado, atencioso e muito profissional. Já o downside fica por conta do fato da Qatar oferecer um serviço completamente inferior pelo fato do voo ser durante o dia. Se o preço fosse diferente, eu até concordaria, mas como o valor é igual o passageiro que faz esta frequência sai prejudicado, concordam? Na minha opinião o serviço precisa ser consistente em todas as rotas/horários – sem distinção.

Aliás, o que vocês acham desta diferenciação?

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
Média
8,4