Primeira Classe da Qatar no A380 – Doha para Bangkok

Cias Aéreas Primeira Classe 20

Por Fábio Vilela

Chegando em Doha eu tinha aproximadamente o dia inteiro de conexão então optei por sair e passar o dia no Four Seasons, curtir uma piscina e depois retornar à noite. Como agora brasileiro não precisa mais de visto, é uma maravilha – chegar e pimba – entrar!

O bacana do aeroporto Hamad em Doha é que a Qatar tem uma área maravilhosa para passageiros que voam em Business/First. Assim que você já pára seu carro/uber/taxi na entrada sinalizada com o número 1, vem os carregadores de mala para pegar sua bagagem. Quando você entra no salão eles sinalizam se você vai para esquerda (Executiva) ou direita (primeira).

O atendimento aqui foi super cordial, educado e solicito. Refizemos o check-in, despachamos as malas e estávamos prontos para ir para o lounge. Enquanto você faz os trâmites do check-in você recebe toalhas umedecidas – um toque especial – aliás antigamente você recebia chocolates Godiva – mas acho que encerraram. Eu mais uma vez servindo de modelo, rs.

Seguimos em frente para o controle imigratório exclusivo e raio-x. Assim que você termina a inspeção já tem uma escada rolante que te leva diretamente para Al Safwa – super cômodo e conveniente.

Vamos começar a falar do acesso à este lounge Al Safwa – a única forma é voando na Primeira Classe da Qatar ou cias oneworld, ponto! (Inclusive vôos intra-golfo já que são vendidos como First). Quem voa de Business pode usar o Al Mourjan que é fantástico também. Agora se você tem status na oneworld e tiver viajando de econômica pode acessar uma outra sala chamada de First Class Lounge (este é o nome).

Não é permitido levar convidados, e caso você esteja chegando em First e saindo em Business só terá acesso se o seu primeiro trecho tiver sido em um vôo com mais de 5 horas de duração, ou seja, nas rotas que operam o A380 – Paris, Londres, Bangkok, Sydney, Melbourne e Guangzhou.

Eu já tenho outro relato mais completo e detalhado deste lounge aqui no site (clique aqui p/ ler), então vou focar somente no serviço do quarto que utilizei que ainda não tinha avaliado. A sala dispõe de algumas suites e o esquema é first-come first-served, ou seja, ordem de chegada. Não é permitido reservar e o máximo que você pode ficar de forma gratuita é 6 horas. Caso queira ficar mais 6 horas a tarifa é 450QAR  (aprox. R$400). Os quartos ficam na mesma entrada do SPA e há uma mini-recepção para você solicitar o seu.

Uma política o tanto quanto paradoxa no lounge é que os passageiros que queiram usar somente as cabines de chuveiro (que ficam no SPA) não o podem fazer de forma gratuita – tem que pagar, portanto a única forma de tomar banho é reservando um quarto. Caso não haja quartos disponíveis você pode ir pro Al Mourjan  (lounge da executiva) onde o uso dos chuveiros é gratuito.

Existem quartos individuais e quartos duplos e teoricamente não é possível escolher, você é levado para um de acordo com a disponibilidade. Não são permitidos comidas e bebidas nas suítes com exceção de garrafas d’água que já estão disponíveis por lá. Portanto se você estaria na intenção de pedir “room service”, esquece, rs.

Mais uma vez gostaria de salientar algo que já falei aqui no site, mas gosto de reforçar –  “Tamanho não é documento” no quesito individualidade do serviço. Eu não sei o que anda acontecendo com a Qatar mas achei novamente o atendimento no lounge muito superficial e com funcionários com pouca vontade e sem muita simpatia – em todos os aspectos. A comida no restaurante deixou a desejar – tanto no sabor, apresentação e até temperatura, ou seja, mesmo caso do meu vôo para Sydney este ano.

Concordo que Doha é um hub para a cia e que talvez a magnitude deste lounge seja para atender a demanda sem prejudicar o conforto do passageiro, mas mesmo assim acredito que ainda há o que melhorar na prestação de serviço ainda mais em se tratando de um lounge de Primeira Classe. O hard product (instalações, amenidades, espaço) é fantástico e impressionante mas o soft product, que seria o atendimento – deixa a desejar, então a minha conclusão é esta: as vezes o menos é mais.

Faltando pouco mais de 20 minutos para o horário do embarque nós já estávamos no portão de embarque, que tem uma ala específica (inclusive raio-x) para passageiros que voam na Primeira Classe e Executiva.

O embarque aconteceu no horário previsto, respeitando as ordens de prioridades.

Vôo Qatar Airways QR830 – 18/10/2017
Doha (DOH) – Bangkok (BKK)
Assento: 2E – Primeira Classe
Partida: 20:30 / Chegada: 07:20+1 / Duração: 6h35
Aeronave: A380

Como o vôo decolou de noite a iluminação da cabine estava reduzida. E como eu já tenho diversos relatos da F da Qatar aqui no site não vou ficar colocando fotos dos detalhes pois vocês já estão acostumados com esta cabine né? Por isto vou focar no serviço, que foi literalmente uma vergonha.

A disposição dos assentos é 1-2-1 dividido em 2 fileiras totalizando 8 lugares no upper deck (segundo andar do avião). A tripulação deste vôo no embarque foi uma simpatia – mas acho que era só teatro pois depois era uma má vontade que dava até (des)gosto de ver!

Como eu estava acompanhado optamos por sentar na 2E e 2F – as duas do meio. Note que com a divisória levantada você consegue ter privacidade mesmo viajando com desconhecido.

Os assentos não são “suítes” como nas suas competidoras Etihad e Emirates onde os clientes podem fechar as portas e garantir um pouco mais de privacidade.

A cabine não tem compartimento superior de bagagem então você pode guardar objetos menores embaixo do footrest (descanso dos pés) e sua mala de bordo o comissário guarda em um armário.

Ainda em solo foi servido welcome drink com queijos, azeitonas e toalhinhas. Logo depois vieram com o café árabe e tâmaras. A cara de pouco caso e apatia dos tripulantes deste vôo mereciam um prêmio.

Eu pedi o champagne rosé que era o Billecart-Salmon e a Patty pediu Krug.

Antes que a cabine lotasse sentei em uma das cadeiras laterais só para vocês terem uma idéia de espaço entre a poltrona e o apoio para os pés. Realmente é super satisfatório – além do que eu acho a “decoração” e acabamento da First da Qatar uma das mais elegantes do mercado.

O amenity kit oferecido da Brics era Rosa por causa do mês de prevenção ao câncer de mama – tanto os homens quanto mulheres recebiam o mesmo. O pijama e a pantufa são da marca The White Company – ótima qualidade já os produtos de beleza eram da Monte Vibiano.

Os comandos do assento são controlados por este mini tablet que fica no descanso de braço – você também tem botões fixos na poltrona para ajustar as posições.

O voo oferece wifi cortesia de 15 minutos para todos os passageiros (10MB). Para quem está na First você recebe um voucher de 200MB para usar à vontade – que teoricamente não é muita coisa – deveria ser ilimitado. A velocidade também não é grande coisa – poderiam ter optado pela tecnologia da Tmobile, Panasonic ou GOGO ao invés da OnAir.

O fone de ouvido é noise cancelling e de boa qualidade – além disto ele é entregue nesta bolsinha de couro.

O entretenimento de bordo é incrível – tamanho de monitor ideal, touchscreen, programação vasta e qualidade incrível de imagem.

Ainda em solo foi entregue o menu junto com a carta de vinhos – vejamos:

Vou ser repetitivo e falar novamente: As comissárias estavam extremamente apressadas e fazendo tudo sem paciência e de má vontade (mas com aquele sorriso fake no rosto) – detalhe que o voo dura só 6 horas e somente eu (dos 8 passageiros da First) optei por jantar, ou seja, sem motivo para tal afobamento.

Eu optei por pedir todos os pratos – aí que elas ficaram viradas no jyraya mesmo, rs. Mas como eu queria experimentar, tirar fotos e degustar – nem me incomodei com a cara feia.

Começaram com a entrada – 2 pedaços de frango frito com molho agridoce. É sério isto? Na primeira classe? Isto eu como no boteco aqui em Uberlândia quando vou tomar litrão com os amigos – francamente!

Bom, aí você viaja do inferno ao céu em 5 minutos – quando eles trazem o prato de caviar, rs. Ainda pedi a vodka para acompanhar e Krug – claro! Quanto à esta apresentação, acompanhamentos e qualidade – nota 10!

Detalhe para a colher de madrepérola para servir a iguaria.

Logo em seguida veio a sopa – acredito que este verdinho aí era para ser só um toque especial de enfeite, mas colocaram tanto que acabou deixando a sopa “feia”. Ahh, não posso deixar de parabenizar a cia pela quantidade de azeites aromatizados – são 5 disponíveis.

A terceira refeição que pedi foi o famoso “Arabic Mezze” – que já mencionei aqui no site o que é – pequenas porções de comidas típicas do Oriente Médio – é geralmente meu favorito. O sabor estava ÓTIMO e a apresentação também.

Nesta altura do campeonato, a cada hora que a funcionária vinha me servir, ela já estava bufando – juro para vocês. Enfim, não dei a mínima e continue comendo com calma e apreciando – pois se eu fosse no ritmo dela, ela recolheria meu prato em 5 minutos. Foi realmente bem perturbador a pressão, rs.

Sobre o prato – não gostei do salmão – estava com cheiro forte e o camarão borrachudo.

De prato principal optei pelo filé com crosta de pesto, polenta e molho de mostarda em grãos – tudo ótimo – apresentação sabor e quantidade.

Após o jantar pedi o prato de queijos – que veio somente com um tipo de bolacha mas com diversos cortes – além desta geléia (que eu sempre esqueço o que é/nome), castanhas, cenoura e nabo ou aipo?

Pedi um fondant de chocolate – que é como se fosse um petit gateau – mas ele não vem acompanhado de sorvete – apenas de uma calda de laranja/gengibre e chantilly – uma delícia.

E por fim, o campeão aqui pediu sorvete com frutas e chocolate – sim, nesta hora já estava EXPLODINDO, rs – mas venci a batalha. Ao final do serviço as comissárias também passam distribuindo chocolates Godiva e garrafas d’água.

Para quem me pergunta: “Fábio, mas você come tudo isto?” – Claro que não né gente? Se não eu precisaria voar de Cargo, pois nenhuma primeira classe iria me caber neste ritmo de comilança. Eu geralmente peço, experimento uma garfada ou duas e depois devolvo. E antes que venham os “mimimi” – esta comida vai ser jogada fora de qualquer forma – pois não vai ser reaproveitada, portanto, não me sinto com a consciência pesada de não comer o prato todo.

Terminando de comer fui me trocar no banheiro para poder dormir o pouco de tempo que ainda faltava de vôo. Eu vou depois mostrar fotos do banheiro/bar/detalhes do avião no meu trajeto de volta pois estava de dia e a iluminação melhor – e assim eu fico com conteúdo para fazer a próxima avaliação se não gasto as fotos tudo aqui.

Enfim, antes de ir, solicitei a comissária – a mesma que estava com falta de paciência – que preparasse a cama enquanto eu ia escovar os dentes. Fiquei uns 5-10 minutos no banheiro e quando voltei – a minha cama estava feita – vejam por vocês mesmo.

A minha cara quando eu vi minha poltrona deste jeito.

Sim gente, este foi a maneira que a paciente/educada/prestativa comissária da Qatar preparou minha cama. Vocês acreditam nisto? Eu fiquei tão incrédulo que tive que tirar foto – quem me acompanhou nos stories do instagram pode ver tudo “ao vivo”. E para quem estiver perguntando se ela não estava no meio do processo quando eu cheguei – NÃO! Ela simplesmente deixou assim e nunca mais retornou – INACREDITÁVEL!

Bom, mas como eu sou muito perfeccionista com minhas fotos e já sou um craque em preparar as poltronas para as imagens – eu mesmo coloquei a “mão na massa” e fiz o serviço. Já sou profissional e ficou maravilhoso, vejam!

Mereço ou não um Oscar de flight attendant? Rs.

A poltrona é extremamente larga, então você não se sentirá apertado de forma alguma. Consegui dormir pouquíssimas horas por causa da duração do vôo, então não deu nem para relaxar.

Poltrona na posição cama.

Como eu ainda estava SUPER satisfeito do jantar, optei por não tomar o café da manhã. Acho que a comissária deve ter até pulado de alegria, rs.

Bom pessoal, como vocês puderam ver a Qatar tem um produto bastante competitivo na Primeira Classe do A380 no quesito cabine, conforto e instalações. Infelizmente não posso dizer o mesmo do atendimento que deixou a desejar (aka foi PÉSSIMO) em vários aspectos – cordialidade, individualidade no atendimento e atenção ao passageiro. Mas é assim mesmo, um loteria – um dia tudo está nos conformes, no outro não, e vida que segue, rs. Com certeza voaria de novo, sem problema algum.

E vocês, já tiveram a chance de voar na First do A380 da QR? Como foi a experiência?

Avaliação

Média
8.2

20 respostas para “Primeira Classe da Qatar no A380 – Doha para Bangkok”

  1. Pedro Henrique disse:

    Fabio, tudo bem? Primeiramente parabéns por essa viagem incrível pra Ásia! Estou seguindo seus passos e estou agora em Chiang Mai.
    Vim de Qatar no trecho CDG-DOH first por 65k pts Multiplus e DOH-SIN business por 50k smiles.
    Um fato me tirou do sério em Doha: o voo pra Singapura era às 20:40 do dia seguinte, e ao chegar às 23:45 em first, segui até o Al Safawa – pois como você mesmo escreveu chegando em first e seguindo em business você é legível para o lounge – porém eles barraram minha entrada dizendo que o voo de Paris deveria ter chegado após meia noite, pois segundo as regras o voo de conexão deve ser no mesmo dia. Fiquei indignado, por que minha conexão era muito longa, pedi para chamar o manager, mas nada feito. Tive que passar quase 20 horas no Al Mourjan, que inclusive não possui mais restaurante a la carté como antes, apenas um buffet fraco com as mesmas opções para almoço e jantar. Achei que caiu muito de nível.
    Será que essa regra existe ou implicaram comigo?
    Ou seja, para acessar não basta chegar em first, a conexão tem que ser no mesmo dia do próximo voo, o que limita muito por que varios voos no A380 chegam em doha por volta de 23h, como o de CDG, LHR e BKK.

  2. Christian disse:

    Fábio, qual a sua opinião sobre o ranking do Skytrax? Relatos como o seu nos fazem acreditar cada vez mais q este ranking não é sério…

  3. ERNESTO P disse:

    Eu raramente tenho problemas com a Qatar. Pelo contrario. Devo ter uns 12 voos na executiva e 2 na first. De todos, lembro claramente 1 voo com uma tripulante que depois da metade do voo ficou mal educada e ríspida. Todos os outros me impressionaram pela cordialidade, mesmo com o serviço a qualquer hora do dine on demand que deve ser exaustivo. Acho a tripulação cordial, simpática e esforçada. Devo ter muita sorte. Farei mais 4 voos na first da “promo” Smiles em Abril. Veremos como se comportarão. Talvez pedir todo o cardápio tire as comissárias do sério.

  4. J Paulo Shu disse:

    Deveria ter feito um report para o chefe de cabine. Não esperava isso da Qatar.

  5. Marcos R disse:

    Como você consegue que te sirvam de tudo? Eu fiz o mesmo vôo na mesma classe no ano passado. Apenas dois passageiros na First, eu e minha esposa. No jantar ela escolheu o prato principal e eu escolhi o mesmo…

    A comissária, na má vontade, disse que não tinha mais.
    Haviam embarcado só uma refeição de cada opção!

    Eram apenas dois passageiros e são dois banheiros…depois do jantar na hora que resolvemos usar os banheiros um deles estava ocupado por uma comissária quie permaneceu lá por muito tempo.
    Pode isso, Flabio???

    • Fábio Vilela disse:

      Parece que o problema de má vontade na Qatar é mais comum do que eu penso.
      Conforme eu falei no meu voo tinha 6 passageiros e ninguém comeu, somente eu – portanto acho que foi tranquilo me servirem pois de qualquer jeito tinham embarcado diversas opções para pelo menos 6 pessoas.
      Sobre o seu banheiro – lamentável – não dá para acreditar!

  6. Frederico disse:

    Acho que você deveria enviar essa foto da “cama/poltrona” preparada para a Qatar. É tão absurdo que deveria ser reportado, para que não aconteça novamente. Nunca vi algo assim em uma Primeira Classe.

  7. Fabio Silva disse:

    Uma curiosidade, você come tudo isso? Porque em todos os seus relatos ai, eu vejo muitaaaa comida, rsrs

  8. Marcelo disse:

    Poxa perdi a oportunidade de voar nessa classe por 100 mil pontos smiles.

    Até hoje me arrependo de não ter comprado Paris – Melbourne. kkkkk

    Deveria aparecer outra. rsrsrssrs

    • Fábio Vilela disse:

      Acho difícil viu, rs.
      Mas vamos torcer!

      • Marcelo disse:

        Também acho difícil, mas quando aparecer vai ser somente em datas que não posso viajar. KKKKKKKKKK

        Feliz 2018 para você Fábio!!!!

        • Paulo Lima disse:

          Eu fiz o mesmo trecho no sentido contrário, Bangkok- Doha, e paguei 32500 milhas smiles, quando comprei o trecho, a smiles tinha uma promoção que cada milha comprada virava 3, portanto fiz o trecho por aproximadamente 11000 milhas smiles, (menos de R$ 700,00 na época – nov/15). Acho que não terei mais esta oportunidade por este preço, eheh. No dia estava somente eu e minha esposa na first sozinhos.
          Em relação ao banheiro que vi em um comentario aqui do post, aconteceu o mesmo comigo, porém, até o meio do voo, os 2 estavam liberados, depois percebi que eles trancaram 1 e deixaram apenas 1 disponivel para mim e minha esposa.
          Pelo custo beneficio, nem reclamei na época, porém não é algo de se esperar.

  9. Rodson Santos disse:

    Fabio, a garrafa de Krug, elas trazem só para sua foto ou o passageiro pode solicitar uma para seu consumo?

Deixe uma resposta

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis