Primeiro A350-1000 realiza voo inaugural

O primeiro A350-1000 decolou esta manhã para seu primeiro voo, em Blagnac, Toulouse (França) às 10h42, horário local. O A350-1000 é o maior e mais potente avião de dois motores da Airbus – e o maior e mais eficiente em consumo de combustível widebody do mundo. Equipado com motores turbo Rolls-Royce Trent XWB-97 especialmente desenvolvidos, o primeiro voo do A350-1000 foi realizado sob o sudoeste da França.

A tripulação da cabine foi formada pelos pilotos de teste experimental, Hugues Van Der Stichel e Frank Chapman, e o engenheiro de teste de voo, Gerard Maisonneuve. Patrick du Ché, chefe de testes de operação e integração, Emanuele Costanzo, chefe do desenvolvimento de testes de voo do A350, e Stéphane Vaux, engenheira de teste de voo, foram responsáveis por monitorar todos os parâmetros de teste na estação de instrumentação para testes de voo.

76581751-6811-405d-ae9b-0ad3e17ab536

Beneficiando-se da experiência adquirida na campanha de testes original do A350-900 (realizada em 2014), o programa de desenvolvimento do A350-1000 será mais curto – menos de um ano para as três aeronaves. A campanha geral culminará na certificação de tipo, seguida por sua entrada no serviço, programada para o segundo semestre de 2017.

O A350-1000, junto ao A330neo, é o último membro família widebody líder da Airbus. O modelo oferece níveis de eficiência operacional sem precedentes, baixo ruído e real capacidade para longas distâncias. Com uma fuselagem maior que acomoda 40 passageiros a mais do que o A350-900, o A350-1000 também contém uma wing trailing-edge modificada, um novo trem de pouso com seis rodas e motores Rolls-Royce Trent XWB-97 mais potentes. O A350-1000 apresenta toda a eficiência em consumo de combustível e o conforto de cabine ‘Airspace’ do original A350-900 – mas com um tamanho extra adaptado para rotas mais longas. Até hoje, 11 clientes de cinco continentes realizaram encomendas para um total de 195 aviões A350-1000.