Sala VIP Al Safwa First Class Lounge da Qatar Airways – Aeroporto de Doha (DOH)

Chegando em Doha eu estava tão apressado pra ir logo pro novo lounge da Primeira Classe  (já que minha conexão era curta) que acabei esquecendo de tirar foto da recepção dele, sorry! A sala tinha sido aberto fazia 1 semana então minha animação estava a mil.

A funcionária que me pegou na porta do avião me acompanhou até no lounge e me apresentou um dos agentes no balcão. Logo veio um outro funcionário e pegou minha mala e me deu uma senha que era o número do guarda-volumes onde ela iria ficar. Na verdade eu queria ficar com a mala mas ele foi tão insistente que eu deixei.

Vamos começar a falar do acesso à este lounge Al Safwa – a única forma é voando na Primeira Classe da Qatar, ponto! (Inclusive vôos intra-golfo já que são vendidos como First). Quem voa de Business pode usar o Al Mourjan que é fantástico também. Agora se você tem status na oneworld e tiver viajando de econômica pode acessar uma outra sala chamada de First Class Lounge (este é o nome).

Como era minha primeira vez lá um funcionário propôs fazer uma visita guiada comigo para apresentar as facilidades. Preparam-se pois são quase 90 fotos, e por favor rolem a página devagar e leiam minhas descrições hein? Nada de só ver as imagens!

Logo na entrada (ali bem no cantinho vocês conseguem ver a recepção) está o Qatar Duty Free. Sim os passageiros tem a própria loja do free shop com diversos itens, entre roupas, eletrônicos, etc.

IMG_3386

Falando em roupas, os homens tem a disposição um alfaite caso eles optem por comprar alguma roupa que precise de ajuste. Aqui está a salinha onde você é atendido. Tinha água e alguns chocolates. Show né?

Passando pelo Dutyfree você encontra este enorme corredor que vai te levar há diversos ambientes.

O primeiro que eu passei foi o SPA, que infelizmente cobra por absolutamente todos os serviços.

Achei o fato de cobrarem um ponto negativo, afinal as concorrentes oferecem o mesmo serviço – gratuitamente.

Este é o corredor que dá acesso às salas de tratamento, chuveiros e jacuzzi.

Se quiser usar a banheira (que é praticamente pública) o custo é 200QAR que equivale praticamente a nossa moeda – R$205,00.

Os chuveiros também são pagos mas não sei o valor.

Os tratamentos começam a partir de 300QAR e tem diversos tipos.

Olhem esta cama que é toda coberta de areia. Você já sai dali empanado pronto pra ser frito, rs.

Cadeira para pedicure e massagem nos pés.

Area de relaxamento enquanto aguarda ser chamado para o tratamento.

Saindo do SPA fui para uma área reservada somente para quem está viajando com família/crianças. Ela tem um buffet separado do resto do lounge (com opções que os menores gostam) e também salas privativas.

Gente, tudo estava impecável, intacto! Impressionante!

IMG_3379

IMG_3383

IMG_3381 IMG_3382

Aqui está o corredor que dá acesso às salas privativas que falei pra você. Elas são ideais pois tem sofás e TV’s, e você consegue controlar seus filhos, rs.

Lá também tem uma sala reservada para amamentação e para trocar os bebês.

E neste outro cubículo o funcionário me disse que é para quem viaja com empregados – daí eles esperam aqui e não se misturam. (Palavras dele). Praticamente uma prisão né gente?

Continuando mais ao fundo estava a sala de jogos com fliperama, videogames, brinquedos, pébolim, etc.

Até um simulador de F1 com um carro em tamanho real tinha.

Saindo da ala da família fui pra área de orações.

IMG_3387

A sala dos homens é separada da das mulheres.

IMG_3390

Como tinha gente rezando lá dentro não tirei fotos, somente da entrada que é onde você lava seus pés.

E terminando a sessão de amenidades nesta parte do lounge estavam os quartos. A sala oferece diversas suítes (gratuitas) para quem tem conexões longas e precisa de um quarto pra dormir.

Há quartos twins com camas separadas.

Neste em específico o banheiro era para deficiente, não sei se os demais são tão amplos.

Melhor você solicitar um quarto, tomar banho de graça do que pagar o SPA, concorda?

O quarto single é praticamente do tamanho da própria cama – vejam que apertadinho.

O lounge também dispõe de um home theater climatizado e com som acústico.

Voltei pro início do lounge onde estava o business center.

Recepção do lugar.

Tudo é de muito bom gosto e extremamente bem planejado. Os computadores eram iMac e o wifi disponibilizado era do próprio aeroporto – sem senha.

Continuando andando havia pequenas salas nas laterais do lounge com cadeiras e mesas.

Algumas delas com cabines semi-privativas.

Aqui vocês conseguem ter uma noção melhor.

Na cabine você tem uma poltrona e um Tablet (que é fixo na mesa) à sua disposição.

A sala também tem uma ala “externa” que dá pro saguão do aeroporto.

Amei o design dessas cadeiras – me lembrou “Alice no país das Maravilhas”.

No centro do lounge está uma das esculturas mais bonitas que já vi. É uma fonte toda espelhada que possui apenas um fio de água caindo o teto – é simplesmente uma obra de arte.

Atrás dela está o restaurante à la carte e o bar.

IMG_3398

Não consegui ver as opções do menu, mas o funcionário me informou que fazem serviço completo – pães, canapés, entradas, sopas, prato principal, sobremesa, queijos, etc. – Tudo cortesia!

Em uma parte perto das mesas tinha uns doces árabes e cafés.

Adivinhem o que é esta parede espelhada? A ADEGA! Como todo ano tem Ramadam foi o jeito que eles encontraram de esconder as garrafas durante o período. Pensaram em tudo né?

No próprio restaurante tem uma área designada para fumantes.

IMG_3395

Não sei se os charutos que ficavam neste móvel eram cortesia, preciso descobrir depois.

O banheiro “comunitário” do lounge era maravilhoso, impecável e todo de mármore (acho que era mármore). Sempre com um funcionário a disposição pra reorganizar as toalhas e enxugar as pias depois que alguém usa.

Nossa gente, já cansei de digitar! Pronto, vou continuar, rs! Continuando por esta lateral tem mais cadeiras e o buffet principal.

Nele tem um chef preparando saladas e sanduíches além de um sushi-bar. Por mais que você tenha um restaurante completo a la carte eu achei que as opções do buffet poderiam ser maiores e mais variadas afinal as vezes você só quer pegar algo e já sair comendo – coisa rápida.

IMG_3406

O espaço aqui é bem mais modesto, mas é ideal para você que precisa comer rápido entre as conexões.

Os sushis ficam expostos neste display e você não pode se servir – deve solicitar e aí eles arrumam pra você.

IMG_3403 IMG_3404

E aqui as opções das saladas e sanduíches.

 

IMG_3405 IMG_3407 IMG_3408

NOSSA, que tanto de fotoooo! Olha realmente valeu a enorme espera para a abertura deste lounge – ele é realmente incrível. Você consegue ver pelos acabamentos, design e decoração que tudo foi milimetricamente pensado para que o passageiro tivesse a melhor experiência possível.

Bom, mas como nem tudo são flores – preciso confessar uma coisa – achei o lounge grande DEMAIS e isto acaba por prejudicar na personalização do serviço pois você é literalmente uma agulha no palheiro lá dentro. Até os móveis parecem estar dispersos que chega até a causar uma sensação que ainda não mobiliaram tudo de tão espaçoso que é o ambiente.

Um fato que aconteceu comigo (quem me acompanhou no snapchat viu), eu me distrai tanto no lounge que quando eu olhei no visor faltavam exatamente 22 minutos pro meu avião decolar (não pro embarque) e já estava piscando em letras vermelhas – LAST CALL. Aí eu pensei, putz, tô fudido, vou perder o vôo. Larguei meu sushi do jeito que tava, saí catando minhas coisas, fui pegar minha malinha de mão no locker e pedi pra recepcionista ligar no portão e dizer que eu estava chegando que não era para fechar a porta.

Bom, eu achei que eles poderiam anunciar os vôos no alto falante pelo menos as últimas chamadas – mas não! E olha que o lounge é LOTADO de funcionários, muitos deles ficam andando atrás de você igual assombração perguntando se quer algo, etc. Você vira pro lado aparece alguém, tem hora que até dá susto.

Enfim gente, corri tanto, mas tanto, mas tantoooooo porque vocês sabem o tamanho deste aeroporto né?! Cheguei no avião desfalecendo e fui o ÚLTIMO a embarcar, nossa senhora! Isto nunca aconteceu antes e foi a primeira vez que quase perdi um vôo. Pedi uma água quando entrei e até eu voltar ao normal demorou um pouco.

Mas porque estou contando isto? Justamente para enfatizar que “tamanho não é documento” no quesito individualidade do serviço. Por ex. no First Class Terminal da Lufthansa – apesar de ser 1/5 do tamanho, você tem seu próprio personal assistant que JAMAIS vai te deixar perder seu vôo ou conexão, afinal eles te avisam a hora de embarcar e um motorista te acompanha até a aeronave. Sim pessoal, preciso fazer a comparação pois este é o meu trabalho, afinal a experiência de viajar de First não é somente à bordo e toda a gama de serviços que envolvem a viagem. E não estou apontando esta “falha” só porque quase perdi o vôo não, e sim para analisar melhor todo o sistema por trás da experiência.

O mesmo caso acontece com o lounge da First Class da Emirates em Dubai – a sala é praticamente o 4 andar inteiro do terminal e você fica literalmente perdido lá dentro sem nenhum serviço personalizado – ponto negativo.

Então a minha conclusão é esta: as vezes o menos é mais. Concordo que Doha é um hub para a cia e que talvez a magnitude deste lounge seja para atender a demanda sem prejudicar o conforto do passageiro, mas mesmo assim acredito que ainda há o que melhorar na prestação de serviço ainda mais em se tratando de um lounge de Primeira Classe. O hard product (instalações, amenidades, espaço) é fantástico e impressionante mas o soft product, que seria o atendimento – deixa a desejar.

O que vocês acham? Quero saber a opinião de vocês!

Clique aqui e confira o Trip Report completo
Introdução - Em busca do status Executive Platinum
Sala VIP Admirals Club - Aeroporto de São Paulo (Guarulhos)
Primeira Classe da American Airlines no B777-300ER - São Paulo para Dallas
Classe Executiva da American Airlines no B777-300ER - Dallas para Hong Kong
Classe Executiva da Royal Jordanian no B787 - Hong Kong para Bangkok
Sala VIP THAI Royal Orchid - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Primeira Classe da Qatar Airways no A380 - Bangkok para Doha
Sala VIP Al Safwa First Class Lounge da Qatar Airways - Aeroporto de Doha (DOH)
Classe Executiva da Qatar no B777-300ER - Doha para Cairo (Vendido como Primeira Classe)
Daytour em Cairo com a Cairo Overnight Tours
Four Seasons Cairo Nile Plaza
Cairo VIP Lounge - Aeroporto do Cairo (CAI)
Classe Executiva da Oman Air no B737 - Cairo para Muscat
Sala VIP Oman Air Business Class - Aeroporto de Muscat (MCT)
Classe Executiva da Oman Air no A330 - Muscat para Bangkok
Mandarin Oriental Bangkok
Sala VIP Cathay Pacific First and Business Class Lounge - Aeroporto de Bangkok (BKK)
Classe Executiva da Cathay Pacific no A330 (regional) - Bangkok para Hong Kong
Primeira Classe da American Airlines no B777-300ER - Hong Kong para Dallas
Sala VIP American Airlines Flagship Dining - Aeroporto de Dallas (DFW)
Classe Executiva da American Airlines no B767 - Dallas para Los Angeles
American Airlines Flagship Check-in e Flagship Lounge - Aeroporto de Los Angeles (LAX)
Classe Executiva da American Airlines no B787 - Los Angeles para São Paulo
Conclusão - Quantas milhas gastei e como emiti minhas passagens

Avaliação

  • Tamanho:
  • Atendimento:
  • Internet:
  • Conforto:
  • Buffet:
  • Chuveiros:
  • Business Center:
  • Entretenimento:
Média
9,1