Sala VIP Concorde Room by British Airways – Aeroporto de Nova York (JFK)

Como iria passar o dia todo em Nova York peguei um hotel perto do aeroporto (JFK) para ter um apoio para tomar banho, descansar, etc. Usei o trem (pela primeira vez) que liga o aeroporto à Penn Station e foi uma maravilha – além de mega conveniente. Eu e minha amiga passeamos por NY, almoçamos e voltamos para pegar nosso próximo vôo.

Diferentemente das outras cias da oneworld, a British Aiways opera no T7 no JFK e praticamente comanda boa parte do terminal por lá. Para quem viaja de First ou tem status Emerald, tem uma ala exclusiva para fazer check-in – toda personalizada com o brasão da cia e um enorme símbolo escrito First – juntamente com a logo da BA.

Fui super bem atendido no guichê – que também conta com uma pequena sala de estar – que não pude tirar foto. Com o cartão de embarque em mãos você passa por uma inspeção exclusiva de raio-x mas que estava bem cheia pois os outros elites/classe executiva compartilham da mesma.

O acesso ao Concorde Room é exclusivo para quem voa de Primeira Classe da BA ou tem o cartão Concorde. Caso você tenha status Emerald e/ou esteja viajando em outra cia da oneworld (também em First) o lounge à ser usado é o Galleries First.

Como meu tempo não estava muito grande, eu fiquei só no Concorde Room mesmo (e não fui conhecer os demais) – afinal era bem mais exclusivo e com serviços personalizados.

Na recepção a funcionária te dá as boas vindas, informa a senha do wifi e se diz à disposição para o que você precisar – extremamente educada.

A sala tem um ótimo tamanho – e pela capacidade de assentos de primeira classe nos aviões da BA – acredito que ela dê conta do recado mesmo em horários de pico – já que entre um voo e outro tem algumas horas de intervalo.

Tem bastante luz natural ao redor do ambiente já que praticamente 90% do lounge tem vista.

A sala ainda conta com um pequeno “canto” com 2 computadores e uma impressora além de wifi gratuito.

As vezes considero a decoração de um gosto meio duvidoso – penso que a mistura de materiais e estampas não é sempre harmoniosa.  Apesar de ter diversos sofás falta um cantinho mais privativo caso você queira deitar – afinal você não vai ficar lá relaxado na frente das pessoas né – eu particularmente me sentiria incomodado, rs.

Vale lembrar que por mais exclusivo que seja, o Concorde Room não tem chuveiros e nem SPA – caso queira usar os serviços deve ir para o outro lado do terminal no Galleries Lounge.

Não importa o lugar que você sente na sala, sempre tem um funcionário perguntando se você quer beber ou precisando de algo. O atendimento é impecável, cortês e muito profissional.

O lounge também conta com uma área de restaurante – onde tudo é cortesia – comidas e bebidas.

Vista privilegiada enquanto você come.

Teoricamente nada é self-service no Concorde Room – tudo você precisa pedir – mas nada te impeça que você vá até o balcão do bar e se sirva.

O buffet é simples pois o foco da sala é o à la carte – portanto as opções de “grab-and-go” eram mais limitadas.

Eu fiquei sentado em uma das poltronas da sala tomando champagne e editando umas fotos – então um dos colaboradores veio me apresentar o cardápio para que eu pudesse conhecer o menu e pedir mais tarde caso eu me interessasse.

Quando o primeiro prato estava prestes à ficar pronto ele veio me chamar e falou que a mesa já estava preparada. Tanto a apresentação dos pratos quanto o serviço estavam impecáveis – sem falar no sabor – nota 10!

E claro que o gordinho da lancheira aqui pediu tudo – afinal eu queria experimentar e acima de tudo conhecer para poder mostrar para vocês.

O prato de queijo veio muito grande se comparado a quantidade de comida ali disponível. Poderiam servir em um prato menor que ficaria mais delicado, concordam?

Gostei bastante desta sala – quieta, tranquila e no tempo que eu fiquei lá senti o espaço bem exclusivo e intimista!

Avaliação

  • Tamanho:
  • Atendimento:
  • Internet:
  • Conforto:
  • Buffet:
  • Chuveiros:
  • Business Center:
  • Entretenimento:
Média
8,7