Sala VIP dnata Lounge – Aeroporto de Cingapura (SIN)

Lounges Salas VIP 3

Por Fábio Vilela

Para quem me acompanha nos stories do Instagram (segue lá @fabiovilela) viram que aconteceu um fato muito curioso quando cheguei p/ fazer meu check-in em Cingapura com a Cathay Pacific.

O meu itinerário era SIN-BKK-HKG – tudo emitido no mesmo bilhete, sendo o primeiro trecho em executiva e o segundo em First. Porém ao chegar no balcão a mulher disse que o sistema não estava conseguindo imprimir a etiqueta de bagagem até HKG – que era meu destino final. O sistema só permitia que ela etiquetasse até Bangkok – o que teoricamente não seria um problema, porém minha conexão era bem curta, portanto eu não teria tempo hábil para sair da área segura, pegar mala, fazer imigração, despachar a bagagem de novo e embarcar.

Enfim, mais um episódio onde foi necessário chamar uma supervisora para poder averiguar o que estava acontecendo. Ela tentou também por uns 20 minutos mas foi em vão. Então ela me disse que etiquetaria minha mala manualmente até HKG e que um funcionário da própria cia pegaria minha mala em BKK e redespacharia. Eu achei tudo muito estranho e fiquei com a pulga atrás da orelha. Como eu sou muito desconfiado eu perguntei qual a garantia que eu teria que minha mala iria até HKG sendo que no comprovante de bagagem que ela imprimiu estava só até BKK. Ela então disse que eu poderia confiar que ela informaria todo o staff de BKK que era para retirar minha mala e redespachar. Sério gente, por mais que eu via que ela estava falando a verdade eu não fiquei confortável com a situação e educadamente disse à ela que só sairia do balcão do check-in quando isto estivesse resolvido. Afinal, vai que minha mala se perde, extravia ou sei lá o que?

A supervisora disse que então tentaria com o pessoal do TI e que eu poderia esperar no lounge que eles me dariam uma resposta. Eu novamente neguei, falei que eu estava com tempo suficiente e que poderia aguardar tranquilamente enquanto eles resolviam a situação. Passaram então mais ou menos 1h20 (e eu ainda no balcão) quando ela recebeu um telefone e finalmente conseguiu imprimir a bendita etiqueta da mala até Hong Kong – UFA – valeu a espera!

Mais uma vez eu reitero e reforço isto aqui no site – CHEGUE cedo! Imaginem se eu tivesse chegado em cima da hora pro check-in? Só iria ter dor de cabeça e com certeza não teria calma e cabeça fria o suficiente p/ poder resolver o “perrengue”.

Cartão de embarque em mãos e mala devidamente despachada, fui para o lounge terceirizado que a Cathay usa no aeroporto de Cingapura a que é operado pela dnata. Esta sala também pode ser acessada usando o Priority Pass ou LoungeKey.

A sala fica no mezanino do aeroporto, logo que você passa a imigração sobe as escadas rolantes.

No balcão a funcionária confere sua elegibilidade e te libera o assento juntamente com o código do wifi – que por sinal era PÉSSIMO!

A sala era ampla, com móveis novos e aparentemente estava muito bem cuidada/conservada.

Diversas poltronas e sofás ao redor do ambiente sendo que a maioria deles contavam com tomadas universais.

A sala tinha vista para um pseudo jardim de inverno que também proporcionava luz natural.

Não encontrei business center na sala e tão pouco alguma facilidade de entretenimento.

  

Pro lado direito da sala ao fundo estava o bar com um mesa estilo balcão – tudo no estilo self-service.

O lounge também contava com um bar patrocinado pela CHIVAS – bem bonito por sinal.

Havia uma área mais reservada com iluminação reduzida – acredito que era para descanso.

A área do buffet era ampla assim como a variedade de comidas.

As opções iam de pratos quentes, snacks, sanduíches e até dumplings. É impressionante como as salas no Oriente Médio/Ásia tem sempre uma ótima seleção de pratos né? Já repararam isso?

Apesar de não ser uma sala vip luxuosa, ela atendeu super bem as minhas expectativas (sem levar em conta o wifi). Ambiente agradável, comida boa e espaço adequado.

Como eu ainda tinha mais tempo antes do embarque aproveitei para visitar outros lounges conveniados ao Priority Pass no aeroporto para fazer review p/ vocês. Aguardem os próximos posts!

Avaliação

Média
6.5

3 respostas para “Sala VIP dnata Lounge – Aeroporto de Cingapura (SIN)”

  1. Karl Storrer disse:

    A minha estratégia é, sempre que possível, JAMAIS despachar malas. Normalmente as minhas viagens duram 20 dias e eu sempre programo uma parada final em Miami, antes de retornar ao Brasil, e lá sim eu compro roupas, um ou outro eletrônico, coisas para casa e coloco tudo numa mala jumbo de 20 dólares vendida no Downtown, a qual é doada para o primeiro que aparece quando eu chego no Brasil. Eu acho um péssimo negócio comprar malas caras para despachar, uma vez que elas sempre são tratadas a ponta pés pelos funcionários dos aeroportos, e vira e mexe são danificadas pelos mesmos. Você mesmo já foi vítima com a sua Rimowa. Por mais que eles tenham te dado uma nova, sempre tem a dor de cabeça e a perda de tempo. Outra vantagem de viajar somente com bagagem de mão é não perder tempo nas esteiras rolantes.

    • Leandro disse:

      Vc passa 20 dias viajando só usando uma mala de mão?

      • Karl Storrer disse:

        Na verdade eu levo uma mala de mão e mais uma mochila, e como sempre viajo para onde é verão, levo apenas roupas leves. Cabe bastante coisa. Claro que não escapo de lavar roupas nos hotéis ou em coin laundries. Normalmente fico 2 semanas na Europa e uma na Flórida, onde compro mais roupas e uma mala grande. Então não é tanto aperto assim.

Deixe uma resposta

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis