Sala VIP Doméstica GVK Lounge – Aeroporto de Mumbai (BOM)

Eu fiz 3 vôos domésticos com a Jet Airways na Índia e vou fazer o review de apenas um deles pois não justifica falar dos demais sendo que a aeronave foi a mesma e o serviço de bordo também.

No aeroporto de Mumbai clientes viajando na Primeira Classe ou Classe Premiére da Jet Airways tem uma área especial designada para check-in logo que você entra à direita. Apesar de ser bem reservada e bonita, de exclusiva ela não tem nada, veja por exemplo que os sofás e poltronas dos guichês (que servem como uma sala de estar) estavam sendo usados por passageiros para dormir.

img_1268

Ao fazer meu check-in a funcionária disse que não poderia colocar meu cartão da Alitalia para pontuar já que ela e a Jet Airways não eram parceiras? Eu falei “Oi?! Elas são parceiras e fazem parte da mesma aliança – Etihad Partners”. A atendente insistiu que não era possível – eu mostrei na tela do meu celular pra ela e ela falou – “Olha sr. vou colocar o código da Alitalia aqui mas elas não são aliadas”- Eu ignorei e deixei – afinal ela já tinha inserido o FFP na reserva – apesar disto até hoje não recebi minhas milhas, vou ter que fazer uma solicitação manual.

img_1272

Fui então pro embarque doméstico que fica no andar debaixo do saguão – lá tinha uma única fila para raio-x – enorme por sinal – e não há prioridade para passageiros elite. Ah um fato curioso – depois de passar no raio-x, seus pertences (mala de mão, bolsa, etc) são etiquetados com um selo e um carimbo do dia para provar que você foi revistado. Tanto é que na hora de embarcar no portão os atendentes conferem esta tag – então não percam!

Como eu estava de executiva tive acesso ao lounge GVK que fica no terceiro andar – perto dos portões 40-45 – ao lado da loja da Relay.

img_1270

A sala é bem bonita e ampla – por estar em um terminal doméstico chama a atenção. Caso você tenha o Priority Pass ele não dá acesso e você deve se dirigir ao Loyalty Lounge – a sala vip conveniada. Enquanto eu estive lá a sala estava bem vazia – no máximo uns 8-10 passageiros.

img_1284

Após checarem meu boarding pass ganhei acesso e fui conhecer a sala. Tem uma imensa parede “viva” no salão principal com diversas poltronas. O lounge também conta com um SPA e BAR – ambos com serviços pagos. O bar só abre às 11 da manhã e como eu estava lá por volta das 05:00AM não pude ver o que tinha. O wifi é cortesia mas bem lento.

A sala é dividida em 3 grandes seções – a primeira que é esta das fotos – a segunda que é o bar, e a terceira que é o restaurante/buffet. Tinha uma outra ala que estava isolada acredito que seja para alguns passageiros especiais. O lounge também oferece chuveiros para quem quiser tomar banho.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O buffet era bem completo mas enquanto eu estive lá vi alguns restos de comida (acredito que do serviço noturno) no display. Logo quando eu estava saindo eles começaram a repor com o café da manhã – aí veio tudo novinho e bem feito.

Quanto a variedade não dá pra reclamar – muita comida – desde sanduíches, cereais à pratos típicos indianos – e o mais curioso é ver o pessoal comendo frango e macarrão ao curry as 05:00 da manhã – inacreditável!

Aqui vocês conseguem ver melhor as opções do buffet.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bom, para um lounge doméstico – ainda mais na Índia – esta sala atende e muito as necessidade dos passageiros. Aliás, levando em conta a infra estrutura do nosso país, tenho até vergonha de falar que não possuímos salas domésticas decentes nos principais aeroportos do país, não acham?

Avaliação

  • Tamanho:
  • Atendimento:
  • Internet:
  • Conforto:
  • Buffet:
  • Chuveiros:
  • Business Center:
  • Entretenimento:
Média
7,8