Singapore Airlines reiniciará voo direto na rota Cingapura-EUA com o novo A350

A Singapore Airlines assinou acordo para operar um novo modelo de aeronave da Airbus A350 que permitirá viagens de longa distância e o retorno dos voos diretos da companhia entre Cingapura e Estados Unidos.

A Singapore Airlines tem 63 pedidos firmes do A350-900s e o novo acordo com a Airbus incluirá sete A350-900ULR, que terão alcance de até 8.700nm. A SIA também tem 20 novas opções de compra, sendo que quatro serão convertidas para pedidos firmes do A350-900. Dessa forma, sobe para 67 o número de encomendas do Airbus A350.

Screen Shot 2015-10-20 at 07.16.47

As entregas da aeronave A350-900ULR estão programadas para 2018, permitindo o relançamento dos voos diretos mais longos do mundo com as rotas Cingapura-Los Angeles e Cingapura-Nova York. A aeronave contará com novos produtos de cabine que estão em desenvolvimento atualmente. Voos diretos de outras regiões dos Estados Unidos para Cingapura também estão sendo considerados.

“Nossos clientes solicitaram o retorno dos voos diretos Cingapura-EUA e estamos satisfeitos que a Airbus ofereceu a aeronave certa para trabalharmos de uma maneira comercialmente viável,” afirma o CEO da Singapore Airlines, Goh Choon Phong.

“Esse é mais um exemplo do nosso comprometimento em ultrapassar as expectativas dos nossos clientes e permanecer à frente em inovação e qualidade do serviço. A medida também fortalece Cingapura como um hub, permitindo uma conectividade rápida e conveniente entre América do Norte e o Sudeste Ásiatico”.

O Presidente e CEO da Airbus,  Fabrice Brégier, adicionou: “estamos animados para trabalhar com a Singapore Airlines e relançar esse serviço premium de voo direto aos EUA. O A350 é a plataforma perfeita e flexível para essas operações, oferecendo economia nas rotas mais longas. O interior da aeronave é mais amplo e silencioso e fornecerá o ambiente perfeito para os passageiros aproveitarem o famoso sistema de entretenimento da Singapore Airlines”.

O acordo ocorre no momento em que a Singapore Airlines se prepara para receber o primeiro A350-900 no início de 2016, seguindo a política de manter uma frota nova e moderna.

A Singapore Airlines operou voos diretos entre Cingapura-Los Angeles e Cingapura-Nova York até 2013, quando as aeronaves A340-500s foram aposentadas da frota da companhia.


Eu fiz este vôo antes dele ser extinto – ele era operado por um A340-500 somente com classe executiva e na época em 2013 era o mais longo do mundo. Veja meu relato aqui! Agora já posso começar a programar outro!