TAM vai usar o B767-300ER nos vôos entre São Paulo e Rio de Janeiro

Notícias 17

Por Fábio Vilela

Pessoal, ao que tudo indica a partir do dia 23/04 a TAM vai utilizar o B767-300ER em uma das frequências diárias entre os aeroportos de São Paulo (GRU) e Rio de Janeiro (GIG).

Screen Shot 2016-04-11 at 11.10.00

Os vôos já estão disponíveis para compra no site, porém só em classe econômica.

Screen Shot 2016-04-11 at 11.01.05 Screen Shot 2016-04-11 at 11.05.10

Nada mal para fazer um trajeto curto, não acham? Vamos aguardar para saber como serão vendidos/disponilizados os assentos de classe executiva.

17 respostas para “TAM vai usar o B767-300ER nos vôos entre São Paulo e Rio de Janeiro”

  1. Paulo Afonso disse:

    Eu vendo sites de cias asiáticas & o site FR24H, eu vi que a Ásia tem rotas curtas operadas com wides.

    Eu acho que seria um sucesso & viável as rotas domésticas massivas no Brasil serem operadas com wides !

    Não apenas a ponte GIG > GRU, mas outras rotas também !

  2. Carlos Eduardo disse:

    Interessante! Compreendo que a aeronave dispõe de maior numero de assentos e que a demanda para esse trecho é bastante alta, o que nāo faz sentido é voar 767 entre rio e sao paulo e 320 para Lima, por exemplo, perto de 5 horas de voo.

  3. Tamazi disse:

    Fábio, isso já ocorre man, são os voos 3684 no sentido GRU-GIG e o vôo 3687 sentido GIG-GRU.
    A diferença é que alguns dias (22/4 por exemplo) será usado um 777.

    • Frank G disse:

      Durante muitos anos, diversos voos da Varig com MD-11 e B767-200ER e B767-300ER tinham origem no GIG, passando por GRU e depois prosseguindo para outros destinos na América do Norte, Europa ou até mesmo América do Sul. Acredito que a Varig fazia isso, pois no Galeão esses aviões passavam o dia estacionados em frente ao hangar da companhia (atualmente hangar da TAP), provavelmente reduzindo custos com o que eles chamam de pernoite em aeroportos. Diversas vezes peguei esses voos nas etapas GIG-GRU e GRU-GIG pagando muito barato, algo como R$ 60,00 em voos que prosseguiam a MIA, MXP e MAD, sendo que uma das vezes ganhei um upgrade para a First no trecho GIG-GRU em um MD-11. Uma pena que só serviram suco de laranja, pois todo o catering era embarcado somente em GRU e só haviam 15 PAX em todo o avião. Aliás, era normal esses voos saírem com ocupação muito baixa e lotavam em GRU.

  4. Tamazi disse:

    Fábio, isso já ocorre man, são os voos 3684 no sentido GRU-GIG e o vôo 3687 sentido GIG-GRU.

  5. Caio disse:

    A TAM deve estar fazendo isso para evitar que os aviões fiquem “tomando sol”.
    Explico melhor: com o cancelamento de várias rotas, alguns wide ficaram “sobrando” e aí eles alocam em várias rotas, em alguns casos é melhor do que ficar parado no aeroporto (acho que eles pagam por isso).
    Quanto a classe executiva nos voos domésticos, realmente não tem. O que acontece, pelo menos até onde eu saiba, é que pode-se usar as poltronas (pagando-se mais) mas o serviço é de econômica.

  6. Joseph disse:

    Poxa! Bem que a cia poderia usar na rota GRU-REC ou GIG-REC, não é mesmo? Passar cerca de 3:30h em A321, por vezes um A320, não é nada confortável. A Azul, por exemplo, já usa um A330 na rota diária VCP-REC. Vamos lá, TAM, coloca um equipamento mais confortável pra Recife! 😀

  7. Daniel Stur disse:

    Já está funcionando. Amanhã tenho um voo neste trajeto (GIG-GRU) com este avião.

  8. Luiz Claudio disse:

    Pois é, mas eles estão agindo com um pouco de má fé nesse voo. Explico: tenho um bilhete GIG – FRA em classe executiva que fará essa escala/conexão em GRU. Quando o bilhete foi comprado, ainda no final do ano passado, esse trecho seria operado por um A320 e, por ser bilhete de classe executiva, tive assegurado o espaço+ naquele avião. Recentemente fui supreendido com a troca da aeronave que fará o voo e, embora meu bilhete seja classe executiva, eles se recusam a marcar meus assentos nessa classe. Alegam que não existe o “serviço” em voos domésticos. OK, não existe o serviço mas os assentos existem e meu bilhete é executiva!! Porque antes eu tinha direito ao Espaço+ a agora não?? Já fiz vários contatos com eles e ninguém sabe responder.

  9. Filipe Araujo disse:

    Apesar de ser um boa noticia pra nós brasileiros, acho que é uma péssima noticia pra empresa, isso mostra que a estratégia da TAM não foi acertada, pois utilizar um avião pra voos longos em voos curtos pra mim isso é uma só mostra o planejamento equivocado da empresa, o cenário econômico brasileiro fez que essa fosse uma das unica opções da empresa, uma pena. Não sei porque as empresas brasileiras não investem nos clientes estrangeiros como a AA e TAP fizeram com os brasileiros, há tantos lugares maravilhosos pra se conhecer no Brasil, com o cambio desvalorizado aumenta o poder de compra dos estrangeiros, nos voos dessas cias de 80 a 90% são ocupados por brasileiros, é só fazer investimento em MKT no exterior, apesar que a falta de segurança e as enumeras doenças virais no Brasil espanta os estrangeiros! mas acho que o MKT é a unica solução pras cias aérias brasileiras lotarem seus voos e inverterem esse cenário.

  10. Rafael Donnici de Azevedo disse:

    Fabio, não será uma perna de algum voo internacional? A falecida Varig fazia alguns voos como GIG-GRU-LHR, em que se não houvesse ocupação total, vendiam o trecho GIG-GRU separadamente. Este movimento da TAM poderia ser algo neste sentido, para diminuir os custos em caso de voos vazios.

    • Thomas H. disse:

      Eu me lembro, havia um MD-11 da RG fazendo GIG-GRU. Era horrível, pois tínhamos que passar pelo setor de embarque e desembarque internacional, mesmo voando nacional. E as regras eram internacionais (por ex. não dava pra embarcar com líquido, um amigo meu teve que deixar uma garrafa de vodka na segurança).

  11. Orleans disse:

    Poderiam colocar na rota SPO-STGO ne ? seria melhor não acha Fabio ? Usar o A320 nessa rota de quase 4h de voo, não acho legal…

  12. EDUARDO SILVA disse:

    Fábio, pode ter haver com os diversos cancelamentos de rotas internacionais do Rio. Assim eles poderão acomodar os passageiros que chegam nos voos noturnos em GRU com destino à GIG. Pode ser, já que o voo é as 8.

  13. Raphael disse:

    Será que vai rolar upgrade para clientes Black?

Deixe uma resposta

Tudo sobre Programas de Fidelidade
As melhores avaliações de cabines de Primeira Classe e Classe Executiva do mundo
Luxuosas suítes de hotéis