TripAdvisor revela opinião dos usuários sobre viagens de avião

TripAdvisor®, o maior site de viagens do mundo *, anuncia os resultados da segunda edição anual da pesquisa Air Travel Survey, sobre viagens de avião. Realizado com 1.600 usuários brasileiros, o levantamento revela que preço é o fator mais relevante na escolha de um voo para 76% dos participantes, enquanto as poltronas continuam sendo a maior queixa para 71%. O estudo também ajuda a definir o perfil dos passageiros e traz dados animadores para o mercado: em comparação com o último ano, mais pessoas pretendem voar para o exterior partindo do Brasil, em 2014.

trip-advisor- logo

“O interesse em voos domésticos e internacionais continua a aumentar apesar de algumas reclamações recorrentes sobre o desconforto dos assentos ​​e o espaço reduzido para as pernas”, diz Bryan Saltzburg, diretor do TripAdvisor Flights. “Também estamos percebendo melhorias em diversos serviços relacionados à aviação civil, como processos mais simplificados de check-in e reservas. Outro ponto que merece destaque é o aumento do uso da tecnologia. Cada vez mais os viajantes estão usando smartphones e aplicativos na hora de pesquisar e reservar passagens”, conclui.

Passageiros citam melhorias nos processos de reserva e embarque

Segundo o estudo, diversos quesitos apresentaram melhorias nos últimos cinco anos. O processo de check-in foi o item mais elogiado. A seguir, os serviços que mais evoluíram, segundo a pesquisa:

  1. Processos de check-in – 62%
  2. Processos de reserva – 34%
  3. Opções de entretenimento a bordo – 32%
  4. Preço das passagens – 29%
  5. Atendimento ao cliente- 27%

Assento ainda é o maior problema

Pelo segundo ano consecutivo, a principal queixa dos viajantes continua sendo direcionada às poltronas das aeronaves, item que incomoda mais, inclusive, do que o preço cobrado pelas passagens. Abaixo, os maiores alvos de reclamações:

  1. Assentos desconfortáveis e pouco espaço entre as fileiras – 71%
  2. Preços das passagens – 62%
  3. Alimentos servidos a bordo – 43%
  4. Atrasos e cancelamentos dos voos- 36%
  5. Longas filas – 33%

Apesar da insatisfação da maioria dos brasileiros com o espaço entre as fileiras, apenas 26% dos entrevistados estariam dispostos a pagar um valor extra para se sentar em uma seção mais confortável em um voo com menos de 4 horas de duração. Já para viagens mais longas, 74% disseram que concordariam em gastar mais com esse mimo – 46% deles disseram que pagariam até R$ 200 para poder esticar as pernas sem incomodar o passageiro da frente

Smartphone se consolida como importante ferramenta de planejamento

O uso de dispositivos móveis para pesquisar opções de voos continua a aumentar. Este ano, 56% dos entrevistados disseram que usaram seus smartphones para esse fim, contra 48% em 2013. De acordo com a pesquisa, os passageiros também usam seus smartphones para (ou como):

  • Fazer check-in – 56%
  • Verificar o status do voo – 45%
  • Cartão de embarque – 30%
  • Reservar voos – 21%

Na minha bagagem de mão não pode faltar….

Uma revista, um livro ou um jornal. Para 63% usuários do Brasil a melhor forma de se distrair durante uma viagem é lendo. No entanto, os respondentes costumam também reservar um espaço na bolsa para outros itens como remédios e até roupas. Abaixo, os itens preferidos das bagagens de mão:

  • Materiais de Leitura – 63%
  • Medicamentos – 54%
  • Tablet – 41%
  • Muda de roupas – 37%
  • Goma de mascar – 31% 

O estudo ainda aponta que o número de pessoas que pretendem voar para o exterior neste ano está em ascensão. Cerca de 80% dos entrevistados disseram que planejam fazer pelo menos uma viagem internacional em 2014, um aumento de 10 pontos percentuais em comparação com o último ano. Com relação às viagens domésticas, os números permanecem quase inalterados e o interesse, elevado: 91% dos respondentes pretendem viajar de avião pelo Brasil em 2014 – em 2013, eram 89%.

Fonte: Assessoria TripAdvisor