fbpx

Air Canada faz oferta para compra da Aeroplan por 2.25 bilhões!

Diversos

Por Alexandre Zylberstajn

Pessoal, tudo bem?

A Air Canada acabou de fazer uma oferta para compra da Aeroplan!

Trazendo isso para o Brasil, seria como se a LATAM fizesse uma oferta para compra de 100% da Multiplus!

Todos os detalhes financeiros da compra estão na página da própria Air Canada.


Entenda os fatos

A Aeroplan é o programa de fidelidade da Air Canada.

Ele foi criado em 1984 e em 2002 se tornou uma empresa separada da Air Canada ( “Spin Off”) e eventualmente foi vendida quase que na integralidade para Aimia (empresa especializada em programas de fidelidade e marketing).

A Aimia comanda toda gestão da Aeroplan, inclusive os acordos comercias com a Air Canada.

No dia 11 de maio de 2017 a Air Canada divulgou o plano de criar um novo programa de fidelidade para seus passageiros a partir de 2020.

As ações da Aimia caíram mais de 70%! Eles perderiam o seu principal parceiro em alguns anos (apesar de ainda serem sócias relevantes de 49% na AeroMexico Club Premier e outras empresas como Nectar).

Desde então a Aimia começou um plano desafiador: tornar o Aeroplan um programa de fidelidade – sem uma companhia aérea.

Semana passada a Aimia anunciou um novo CEO (Jeremy Rabe) e numa entrevista ele contou os novos planos e estrategias, que incluiriam o fretamento de voos para os membros do programa e a possibilidade de usar os pontos para qualquer cia aérea através de um market place. As ações subiram (flecha amarela).

Hoje, a Air Canada fez a oferta de compra da Aeroplan e as ações disparam mais de 30%!

 


Dica: Assistam a entrevista do Jeremy Rabe sobre os planos da Aimia – Achei muito parecido com o SMILES!


ESTRATÉGIA?

A Air Canada sabia exatamente o que aconteceria depois de anunciar o rompimento com a Aimia em 2020. Será que não foi tudo planejado? O anuncio do novo programa, a queda das ações e a oferta de compra num valor mais baixo?


E O MERCADO BRASILEIRO?

Curiosamente, semana passada o Estadão postou uma matéria na qual colocava em dúvida a renovação do contrato entre Multiplus/Latam e GOL/Smiles. A situação é definitivamente diferente por aqui e vou mostrar o principal motivo:

A partir do momento em que a Air Canada vendeu sua participação na Aimia/Air Canada, o interesse no desempenho deles passou a ser muito menor e se tornou puramente “Cliente – Fornecedor”.

Aqui, a Latam e GOL detêm participação relevante na Multiplus e Smiles, colhem os frutos financeiros e trabalham juntos o tempo inteiro. Acho pouco provável que algo parecido aconteça por aqui no médio prazo!


Essa história mostra os desafios e consequências que o spin-off de um programa de fidelidade pode trazer para as cias aéreas e seus clientes. Estou curioso para os próximos fatos!

E ai pessoal, gostaram da abordagem um pouco mais técnica? deu para entender a situação?

 

Hotéis
Hotéis
10% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Chip de Viagem
Chip de Viagem
20% de desconto na compra do chip de viagem!
Supermercado
Supermercado
35% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Seguro Viagem
Seguro Viagem
25% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Vote agora nos melhores do ano!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.