fbpx

Air Canada traz milhares de canadenses de volta para casa

Notícias

Por Gabriel Marinho

Com seus voos especiais operados em colaboração com o governo do Canadá sendo finalizados, a Air Canada saudou os diversos funcionários da empresa que trabalharam para trazer milhares de canadenses de volta para casa. 

O programa, iniciado em 21 de março, repatriou aproximadamente 6.600 canadenses que estavam no Marrocos, Espanha, Equador, Peru, Argélia, Argentina e Colômbia.

“Da noite para o dia, a crise da COVID 19 atingiu o planeta inteiro de uma forma inimaginável, e milhares de nossos companheiros canadenses ficaram presos no exterior devido às inúmeras restrições que rapidamente foram impostas por vários governos”, disse Ferio Pugliese, Vice-Presidente Sênior da Air Canada Express e de Relações Governamentais da Air Canada.

Em estreita cooperação com a Global Affairs Canada, a Air Canada operou um total de 21 voos especiais usando aeronaves de grande porte. Até o momento o programa incluiu:

  • Sete voos de Lima
  • Quatro voos de Quito
  • Três voos de Casablanca
  • Quatro voos de Argel
  • Um voo de Barcelona
  • Um voo de Bogotá
  • Um voo de Buenos Aires

Mais de 300.000 canadenses foram transportados nos voos comerciais da Air Canada

Apesar da redução significativa em sua rede, a Air Canada continua seus esforços de repatriamento em seus voos comerciais regulares. Desde 15 de março, a empresa transportou mais de 300.000 passageiros de volta para o Canadá – a partir da Ásia, Europa, Caribe / América do Sul e Estados Unidos. Isso incluiu canadenses repatriados da Índia, África do Sul, Croácia, Sérvia e Emirados Árabes Unidos por meio de sua ligação aérea Londres-Heathrow.


Transporte de suprimentos médicos e produtos essenciais

Por meio da Air Canada Cargo, a Air Canada continua suas operações para transportar suprimentos médicos e produtos essenciais. Desde 1º de março, a empresa transportou quase 250 toneladas de equipamentos de proteção individual por todo o país.

O primeiro voo cargueiro das aeronaves Boeing 777-300 ER convertidas pela empresa chegou no dia 18 de abril de Xangai, via Narita, com mais de 20 toneladas de máscaras faciais, muitas delas para os profissionais de saúde da linha de frente do Canadá. A partir de 22 de março a Air Canada operou 106 voos de cargas entre a Ásia, a Europa, a América do Sul e o Canadá. A empresa planeja operar até 20 voos de cargas por semana usando uma combinação dos três recém-convertidos Boeings 777 e Boeings 787, além dos voos regulares programados para Londres, Paris, Frankfurt e Hong Kong.

A Air Canada Cargo tem trabalhado com seus parceiros da cadeia de suprimentos e com os remetentes para transportar suprimentos médicos da Ásia e da Europa para o Canadá. A empresa continuará explorando oportunidades adicionais, conforme necessário, em todas as regiões do mundo. Sua divisão de frete tem sido um participante importante, e um elo crucial, nas cadeias de suprimentos globais. As interrupções causadas pela pandemia da COVID 19 estão tornando as capacidades de carga mais importantes do que nunca.


Mais de 14.000 kg de alimentos foram redistribuídos pelo Canadá

Até o momento, a Air Canada e a Air Canada Foundation doaram 14.118 kg de alimentos que originalmente seriam destinados aos voos da Air Canada. Este volume equivale a quase 31.000 refeições que serão redistribuídas para ajudar e apoiar as famílias canadenses em necessidade. Esse esforço nacional de resgate de alimentos através da Second Harvest apoiou diretamente 17 organizações em todo o país, de Vancouver a Halifax, incluindo Leduc & District Food Bank, Leftovers Foundation, DreamMind Inc., entre várias outras.


É impressionante ver o esforço hercúleo das companhias aéreas nesse momento sem precedentes!

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.