fbpx

American Airlines revela seu novo espaço no Aeroporto de La Guardia, em Nova York

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A American Airlines apresentou algumas imagens do seu novo espaço no Terminal B do Aeroporto de La Guardia. O espaço oferecerá uma experiência mais confortável e eficiente aos viajantes e proporcionará uma atualização no local de trabalho para milhares de membros da equipe da empresa em Nova York.

A partir de sábado (13), o novo saguão de embarque e desembarque do Terminal B servirá como principal local de chegada e partida da American no Aeroporto LaGuardia (LGA), incluindo bilheteria, check-in, triagem de segurança e bagagem. Com um design claro e brilhante, ele oferece opções ampliadas de restaurantes e compras, além de conexões diretas com todos os saguões.

“À medida que mais clientes sobem aos céus, a American está pronta para recebê-los em Nova York nesta instalação reinventada, lançada pelo governador de Nova York, Andrew Cuomo, e desenvolvida em parceria com a Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey e com a LaGuardia Gateway Partners.”, disse Jim Moses, vice-presidente da Northeast Hubs and Gateways da American Airlines. “Ao centralizar nossa operação, podemos cuidar melhor de nossos clientes – fornecendo uma experiência melhor a eles”, finalizou.

Programado para ser concluído em 2022, o projeto de remodelação do terminal faz parte de projeto no valor de US$8,2 bilhões para transformar o aeroporto em uma instalação moderna e unificada, com acesso aprimorado ao transporte terrestre, vias de taxi adicionais e as melhores comodidades do setor.

Desenvolvido e gerenciado pelo LaGuardia Gateway Partners, o Terminal B de Chegadas e Saídas é o mais recente marco no projeto de modernização – conectando os clientes através da ponte de pedestres aos portões 40 a 59, aberto em dezembro de 2018.

“Como um dos primeiros inquilinos da história do aeroporto de LaGuardia, estamos entusiasmados por continuar trabalhando com a American Airlines à medida que avançamos nessa nova era moderna do Terminal B da LaGuardia”, disse Stewart Steeves, CEO da LaGuardia Gateway Partners. “Estamos ansiosos para proporcionar uma experiência excepcional para todos os passageiros da American em Nova York”.

Muitos voos continuarão sendo operados nos portões B, C e D no edifício central do terminal original. Após o check-in no novo saguão de desembarque e desembarque, os clientes poderão chegar a todos os portões B, C e D através de uma passarela temporária.

A American também divulgou que, em resposta ao aumento da demanda por passagens aéreas, planeja voar 55% de sua programação doméstica em julho de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado. Isso inclui 95% mais voos na LGA em comparação com maio de 2020.


Cuidado da American Airlines durante pandemia de COVID-19

A American implementou uma estratégia para oferecer aos clientes mais confiança e tranquilidade ao viajar – garantindo que os clientes tenham uma experiência limpa em aeroportos e aeronaves a bordo, sejam atendidos por membros saudáveis ​​e preparados da equipe. Além disso, pede para que seus funcionários e clientes usem máscaras faciais para evitar qualquer tipo de contagio.

A American continua evoluindo e aprimorando sua abordagem para impedir a disseminação do coronavírus (COVID-19) com base nas mais recentes orientações de especialistas em saúde e autoridades governamentais.

Outra ação que a companhia também está fazendo é parceria com organizações comunitárias para ajudar a atender às necessidades dos nova-iorquinos afetados pelo COVID-19. A American e a Hyatt Hotels Corporation, por exemplo, concederam a milhares de profissionais de saúde de NYC Health + Hospitals/Elmhurst férias de três noites gratuitas para ajudá-los a recarregar e reconectar-se com seus entes queridos, assim que puderem. Em abril, os membros da equipe distribuíram 1.000 kits de utilidade para médicos e enfermeiros do Hospital Mount Sinai que estavam em hotéis da região.

Em cooperação com seus clientes generosos, a American levantou mais de US$ 3 milhões para apoiar a Cruz Vermelha Americana e voluntários nas linhas de frente da pandemia do COVID-19. A companhia também contribuiu com mais de meio milhão de libras de alimentos para as comunidades carentes e continua a operar voos somente com carga, transportando suprimentos críticos e equipamentos de proteção individual.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.