fbpx

Arábia Saudita anuncia a reabertura das fronteiras com o Catar

Notícias

Por Equipe

A Arábia Saudita vai reabrir suas fronteiras (aéreas, marítimas e terrestres) com o Catar a partir da noite desta segunda-feira (4), conforme dito pelo ministro das Relações Exteriores do Kuwait. O acordo põe fim em uma disputa política traçada em 2017, que levou Riad (capital da Arábia Saudita) a proibir o trânsito entre os países.

Arábia Saudita Catar

A notícia veio da agência estatal de notícias Kuwait, que divulgou o anúncio dizendo que a Arábia Saudita abrirá seu espaço aéreo e suas fronteiras terrestres e marítimas já a partir de hoje. O Kuwait está intermediando as conversas entre a Arábia Saudita e seus aliados e o Catar.


Entenda o fechamento das fronteiras

Arábia Saudita e seus aliados (Bahrein, Egito e Emirados Árabes Unidos) romperam laços políticos, comerciais e de transporte com o Catar em junho de 2017, acusando o país de apoiar radicais islâmicos e o Irã. O Catar, em contrapartida, nega as acusações e diz que o boicote dos países vizinhos visa minar sua soberania na região.

Por conta do fechamento das fronteiras, o Catar teve seu espaço aéreo limitado, o que gerou um um grande impacto para a Qatar Airways, já que a companhia aérea foi impedida de usar o espaço aéreo de países vizinhos. Em uma publicação que fizemos em julho de 2020, exemplificamos esse fechamento do espaço aéreo mostrando uma rota entre São Paulo e Doha. Veja abaixo o desvio que as aeronaves tinham que fazer para respeitar o espaço aéreo da Arábia Saudita e seus aliados:

Como pode ser visto acima, o avião dá uma volta pela Turquia, passando pelo espaço aéreo do Iêmen e do Iraque, antes de chegar ao destino final Doha.


Corte Internacional de Justiça disse que o fechamento das fronteiras era “ilegal”

Também em julho do ano passado, os juízes da Corte Internacional de Justiça (CIJ) rejeitaram, por unanimidade, um pedido de Arábia Saudita, Barein, Egito e Emirados Árabes Unidos contra uma decisão adotada pela Organização da Aviação Civil Internacional (ICAO), em 2018, a favor do Catar. O tribunal também confirmou que a ICAO tem jurisdição no espaço aéreo.

A ICAO disse, em 2018, ter competência legal para resolver um conflito a pedido do Catar, que acusa seus vizinhos de violarem um acordo que regula a liberdade de movimento de aeronaves comerciais. Os juízes do CIJ deram razão à ICAO, ao assegurar que ela “tem jurisdição” neste caso e que o pedido feito pelo Catar é “admissível”.

O governo do Catar parabenizou a decisão da CIJ, informando “que tem o direito de contestar as restrições do espaço aéreo impostas perante o órgão de aviação da ONU”. Os Emirados Árabes Unidos emitiram uma declaração prometendo continuar lutando na ICAO, dizendo que “agora apresentarão um caso jurídico à ICAO, apoiando o direito de fechar seu espaço aéreo para aeronaves do Catar”.


O que a reabertura de fronteiras muda nos países?

Além da permissão do trânsito entre os países através dos meios aéreos, marítimos e terrestres, o que permite que aeronaves sobrevoem o espaço aéreo da Arábia Saudita e do Catar, o acordo também pode favorecer futuros voos entre os países, por exemplo.


Como a notícia foi publicada recentemente pela Reuters, nos próximos dias devem surgir novas atualizações e mais decisões concretas sobre o acordo.

Hotéis
Hotéis
10% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Supermercado
Supermercado
35% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Seguro Viagem
Seguro Viagem
25% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Prêmio Passageiro de Primeira 2022
Vote agora nos melhores do ano!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.