fbpx

Berlim inaugura o seu novo aeroporto após 8 anos de atraso

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Após um atraso de 8 anos e um enorme histórico de defeitos de projeto impensáveis para um país tão avançado tecnologicamente como a Alemanha, finalmente foi inaugurado em 31 de outubro de 2020 o novo aeroporto de Berlim, denominado Aeroporto de Berlim-Brandemburgo “Willy Brandt”, cujo código IATA é BER.

Portas automáticas sem eletricidade, um sistema de contraincêndio inoperante e escadas rolantes muito curtas foram apenas alguns dos mais de 120 mil defeitos que marcaram a história embaraçosa para a Alemanha no que tange à construção desse novo aeroporto. Realmente um completo caos, o qual fez saltar o custo do aeroporto de 2,5 bilhões de euros iniciais para mais de 6 bilhões de euros ao final das obras!

As instalações inauguradas até o momento, contudo, são apenas uma versão reduzida do plano original de inauguração. Um segundo terminal de passageiros não será inaugurado agora visto que, em virtude da crise no setor de aviação causada pela COVID-19, não há demanda que justifique a abertura de todos os terminais de passageiros.

“Ninguém construiria um novo aeroporto agora”, disse Cord Schellenberg, analista de aviação alemão. “Entretanto, talvez essa seja a oportunidade do aeroporto ter uma espécie de abertura suave, dando às autoridades tempo para garantir que tudo esteja funcionando perfeitamente.”, complementou Cord Schellenberg.

Vejam abaixo algumas imagens do novo aeroporto inaugurado em Berlim.

25 November 2019, Brandenburg, Sch’nefeld: The main terminal building of Berlin Brandenburg Airport Willy Brandt (BER). Photo by: Patrick Pleul/picture-alliance/dpa/AP Images

A construção do Aeroporto de Berlim-Brandemburgo começou em 2006 e naquela época a sua inauguração foi planejada para 2012. Entretanto, a poucas semanas da data prevista para a inauguração, vários defeitos estruturais sérios foram identificados, forçando o adiamento da inauguração do aeroporto. Inicialmente, as autoridades responsáveis alegaram que o adiamento era devido a falhas de segurança no sistema de contraincêndio, indicando que os problemas seriam corrigidos em poucos meses. Todavia, defeitos de projeto ainda mais graves vieram à tona, culminando com o adiamento constante da inauguração nos anos seguintes.

Como consequência direta dos sucessivos adiamentos na inauguração do aeroporto, várias lojas, restaurantes e hotéis nas proximidades foram afetados, além de cias aéreas tais quais a Lufthansa e a Air Berlin, essa última tendo decretado falência em outubro de 2017. Nesse ínterim, a Turquia e a China construíram, por exemplo, dois aeroportos muito maiores em Istambul e Pequim em períodos mais curtos do que o atraso para a conclusão do Aeroporto de Berlim-Brandemburgo.

O antigo Aeroporto de Berlim-Tegel, cujo código IATA é TXL, era amado por muitos devido à sua localização central e ao fato do seu terminal principal possuir um icônico formato hexagonal. Porém, as suas instalações ultrapassadas já se encontravam muito aquém do necessário e esperado para uma cidade do porte da Berlim dos tempos modernos. Com a inauguração do novo Aeroporto de Berlim-Brandemburgo, o antigo Aeroporto de Berlim-Tegel será oficialmente fechado no dia 8 de novembro de 2020, data em que ele receberá um voo final da Air France, cia aérea que realizou o primeiro voo comercial regular naquele aeroporto no dia 02 de janeiro de 1960.

Veja abaixo uma foto da vista aérea do Aeroporto de Berlim-Tegel e seu terminal em formato hexagonal característico.

O Governo Federal Alemão planeja reconstruir o Aeroporto de Berlim-Tegel como um verdadeiro “laboratório urbano vivo”, que constituirá um centro experimental para pesquisas e negócios que podem moldar as cidades do futuro. Com esse propósito, foi então criada a Tegel Projekt GmbH, empresa estatal que irá cuidar do desenvolvimento e gestão da Berlin TXL – Urban Tech Republic e do novo bairro residencial denominado Schumacher Quartier.

Dentre as competências dessa nova empresa estatal, incluem-se a revisão do plano diretor e do desenvolvimento da marca, os planos para a construção de edifícios e a infraestrutura técnica, energética e de transporte, bem como o planejamento de vendas do projeto para o público em geral. Os planos reinventam o antigo aeroporto como um campo de testes para novos conceitos de mobilidade, fontes de energia e materiais, bem como novas abordagens para reciclagem e gerenciamento de água.

A Urban Tech Republic terá aproximadamente 1.000 pequenas e grandes empresas engajadas em pesquisa, desenvolvimento e produção. Além disso, mais de 2.500 alunos se instalarão no antigo prédio do terminal, juntamente com a renomada Beuth University of Applied Sciences. Dessa forma, serão estudados os aspectos necessários para sustentar as cidades em crescimento no século 21: o uso eficiente de energia, construção sustentável, mobilidade ecologicamente correta, reciclagem, gerenciamento de sistemas em rede, água limpa e o uso de novos materiais.

Depois de desativadas, parte das instalações aeroportuárias existentes, como edifícios de terminais e hangares, serão reaproveitadas, enquanto os planos também incluirão a construção e entrega de cerca de 5.000 novas residências.

Veja abaixo um foto que ilustra uma parte do projeto arquitetônico descrito acima.

Apesar de ser a maior cidade da Alemanha, Berlim representa um mercado de aviação secundário. A maioria dos voos internacionais que envolvem a Alemanha utilizam os aeroportos de Frankfurt e Munique. É improvável que esse cenário mude no curto e médio prazo, mesmo que as autoridades atualizem os planos do Aeroporto de Berlim-Brandemburgo para que ele seja capaz de receber aeronaves super jumbo tais quais o Airbus A380. Além disso, diferentemente do Aeroporto de Berlim-Tegel, que possuía uma localização bem central, o novo Aeroporto de Berlim-Brandemburgo está situado em Schönefeld, a 18 quilômetros ao sul do centro de Berlim.

O que você achou do novo Aeroporto de Berlim-Brandemburgo? Você chegou a conhecer o Aeroporto de Berlim-Tegel? Você acha que a localização do novo aeroporto de Berlim irá dificultar muito a logística dos turistas?  E quanto ao projeto de revitalização da área do Aeroporto de Berlim-Tegel, você gostou da idéia? Utilize a seção de comentários abaixo e deixe a sua opinião.

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.