fbpx

Boeing vai retomar produção de aeronaves na fábrica de Seattle

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Boeing informou que retomará, na próxima semana, toda a produção de aeronaves comerciais em suas instalações na região de Seattle (Puget Sound). A retomada, que será em fases, ocorre depois da fabricante suspender as operações no mês passado em resposta à pandemia do COVID-19.

A empresa informou que em todos os seus locais tomou precauções extras e instituiu procedimentos para manter as pessoas seguras e combater a disseminação do COVID-19.

“A saúde e a segurança de nossos funcionários, suas famílias e comunidades são nossa prioridade”, disse Stan Deal, presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes. “Essa abordagem em fases garante que tenhamos uma base de suprimentos confiável, que nossos equipamentos de proteção individual estejam prontamente disponíveis e que tenhamos todas as medidas de segurança necessárias para retomar o trabalho essencial para nossos clientes”.

Aproximadamente 27.000 pessoas na área de Puget Sound retornarão para a produção das aeronaves 747, 767, 777 e 787. Em relação ao 737 os trabalhos serão reiniciados visando retomar a produção do 737 MAX.

Os funcionários de Puget Sound (737, 747, 767 e 777) retornarão ao trabalho no terceiro turno do dia 20 de abril, com a maioria voltando ao trabalho até 21 de abril. Os funcionários do programa 787 retornarão no terceiro turno no dia 23 de abril, com a maioria voltando ao trabalho em 24 de abril.


Práticas de higiene e distanciamento

A Boeing informou que as práticas da empresa reforçam a limpeza, a saúde dos funcionários e o distanciamento físico. Alinhadas à orientação federal e estadual, essas práticas incluem:

  • Horários de início de turno escalonados para reduzir o fluxo de funcionários que chegam e saem do trabalho;
  • Controles visuais, como marcações no piso e sinalização para criar distância física;
  • A cobertura de rosto será um requisito para os funcionários das instalações da Boeing em Washington. Os funcionários são fortemente encorajados a trazer sua própria máscara ou cobertura facial; quem não tiver uma máscara disponível receberá uma;
  • Fornecer o equipamento de proteção individual necessário aos funcionários que trabalham em áreas onde o distanciamento físico não pode ser mantido por um período prolongado;
  • Solicitar aos funcionários que realizem exames de saúde antes de virem ao trabalho e ficar em casa se estiverem doentes;
  • Verificações de bem-estar dos funcionários no início de cada turno e triagem voluntária da temperatura em muitos locais de fabricação;
  • Rastreamento de contato quando um funcionário faz um teste positivo para COVID-19 para reduzir o risco para colegas de equipe;
  • Reuniões virtuais contínuas e continuidade do home office para os funcionários que podem trabalhar remoto;
  • Transporte e áreas comuns ajustadas para distanciamento físico;
  • Estações de lavagem das mãos em áreas de tráfego intenso e material de limpeza adicional disponível.

A empresa informou que as medidas continuarão até que as condições permitam o retorno normal dos trabalhos e que continuará monitorando as orientações do governo sobre o COVID-19, avaliando o impacto nas operações da empresa e ajustando os planos à medida que a situação evolui.

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.