fbpx

Brasil está próximo a integrar o programa americano “Global Entry”

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Depois do Brasil isentar o visto de cidadãos norte-americanos (e também de canadenses, japoneses e australianos), o governo dos EUA sinalizou positivamente a possível entrada do Brasil no Global Entry – o programa de viajantes confiáveis americano.

O que isto significa?

Viajantes “pré-aprovados” e de “baixo risco” que chegam aos Estados Unidos poderão ingressar no país mais rapidamente e com menos burocracia pelo programa.

Com isto, turistas e viajantes a negócios não precisarão passar por entrevistas com agentes imigratórios. Será necessário apenas apresentar os documentos em quiosques eletrônicos – estes mesmos equipamentos permitem escanear documentos, colher impressões digitais e preencher a declaração alfandegária para a retirada de bagagem.

Atualmente o Global Entry está disponível para 11 países, sendo dois deles na América do Sul:

  • Alemanha
  • Argentina
  • Colômbia
  • Coreia do Sul
  • Índia
  • México
  • Panamá
  • Reino Unido
  • Singapura
  • Suíça
  • Taiwan

Para quem se recorda, uma tentativa para a inclusão do Brasil no programa foi feita pela então presidente Dilma Rousseff em 2015, o que acabou não acontecendo.

Vale lembrar que mesmo com a declaração otimista feita pelo governo brasileiro e americano ontem, essa não deverá ser uma tarefa fácil – já que restrições da Polícia Federal e da Receita podem impedir que o programa seja implementado no Brasil.

Se tudo der certo, a entrada do Brasil no Global Entry não isentará os brasileiros do visto, ou seja, apenas facilitará o processo de ingresso do cidadão brasileiro em território norte-americano.

Mesmo assim, consideramos esta notícia um grande avanço. E vocês?

Fonte: Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.